Últimas Notícias
Investing Pro 0
🚨 Nossos dados Pro revelam a melhor ação da temporada de balanços Acesse dados

Com risco para Petrobras, vale investir na ExxonMobil?

Por Victor BuenoAções05.12.2022 13:54
br.investing.com/analysis/com-risco-para-petrobras-vale-investir-na-exxonmobil-200453830
Com risco para Petrobras, vale investir na ExxonMobil?
Por Victor Bueno   |  05.12.2022 13:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
 
CVX
+0,01%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
XOM
-0,04%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
CL
+1,24%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
PRIO3
+1,87%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
PETR4
+3,03%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
SHEL
-0,90%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

ExxonMobil (NYSE: XOM); BDR: EXXO34) figura entre as principais petroleiras que multiplicaram os lucros no terceiro trimestre, impulsionados pelos altos preços da gasolina e do diesel.

dúvida agora é se os preços globais de petróleo e gás vão permanecer altos no médio prazo, devido aos estoques baixos e à desaceleração global (impulsionada pelas restrições de Covid-19 na China).

Caso esse cenário se confirme ou não, saiba se vale a pena investir nas ações da gigante americana.

Um pouco sobre a Exxon

ExxonMobil é uma das maiores produtoras de petróleo do mundo, sendo a maior dos Estados Unidos. A companhia foi formada em 1999 por meio da fusão entre a Exxon e a Mobil, duas empresas resultantes da divisão da Standard Oil Company — que, inclusive, foi a primeira de Óleo e Gás a se estabelecer no Brasil, em 1912, tornando-se famosa por sua marca de postos de combustíveis Esso.

Marca Esso.
Marca Esso.
Marca Esso. Fonte: ExxonMobil

A companhia tem operações tanto em Upstream (exploração e produção de petróleo) quanto em Midstream (processamento e transporte) e Downstream (refinarias, postos de combustível etc.), atuando em diversos países e com centenas de subsidiárias menores espalhadas pelo mundo.

Atualmente, a Exxon possui uma capacidade de produzir mais de 3,7 milhões de barris de óleo por dia, o que representa uma produção aproximadamente +50% maior do que a Petrobras e ~74x superior à Prio.

Gráficos apresentam capacidade de produção.
Gráficos apresentam capacidade de produção.
Capacidade de produção. Fonte: ExxonMobil

Os principais números do 3T22

Como as petrolíferas brasileiras, a ExxonMobil e seus pares internacionais vêm se beneficiando do aumento do preço do barril de petróleo, que foi negociado em 2022 por uma média de cerca de US$ 100 (chegando próximo a US$ 130 no início do ano).

A elevação resultou em um crescimento ainda mais acelerado para os resultados da companhia em comparação ao que foi visto em 2021, quando seus números ainda estavam em recuperação após os piores momentos da pandemia.

Com isso, a Exxon segue entregando recordes em suas divulgações trimestrais, tendo apresentado o maior lucro da sua história no 3T22, que atingiu US$ 19,7 bilhões no período — um crescimento de +191% em relação ao mesmo período de 2021.

Já o Ebitda da empresa alcançou US$ 25,7 bilhões no último trimestre, praticamente estável se comparado ao segundo trimestre do ano (2T22), mas que representa o dobro do que foi apresentado no 3T21. Agora, a Exxon acumula um Ebitda de US$ 79,7 bilhões nos últimos 12 meses.

Crises do petróleo e gás


Os resultados das petroleiras americanas, porém, incomodaram o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que acusou as companhias de “se aproveitarem” de um momento global delicado para aumentarem os seus lucros. Biden até propôs a cobrança de um novo imposto sobre resultados extraordinários no setor.

Mas, como dito anteriormente, a elevação do preço da commodity, que se deve principalmente à guerra do Leste Europeu, impactou de maneira positiva o lucro de praticamente todas as empresas de Óleo e Gás pelo mundo. Não foi algo isolado.

Ninguém manda na Exxon


Sem entrar em juízo de valor sobre ideologias e motivações, mas pelo menos uma parte do incômodo de Biden pode ser explicado pelo fato de que as petroleiras americanas não são estatais e, com isso, o governo não colhe os frutos de seus resultados nesses momentos (por isso a proposta de um novo imposto).

No Brasil, diferentemente da terra do Tio Sam, o governo possui uma participação relevante na maior petroleira do país (Petrobras (BVMF:PETR4)), o que garante a ele o direito de receber uma parte considerável dos resultados da empresa por meio de dividendos — além, obviamente, de ter poder nas decisões da companhia.

Não à toa, o dividend yield (indicador que mede o percentual de dividendos pagos por uma empresa em relação ao preço de sua ação) atual da Petrobras está em mais de 65%, enquanto o da ExxonMobil, em cerca de 3%.

 

O que esperar adiante?

Para os próximos trimestres e anos, a tendência é que os resultados da Exxon permaneçam positivos ao passo que não existem grandes sinalizações de que o preço do barril de petróleo deve deixar seus elevados patamares atuais (~US$ 90) no curto prazo.

Com uma possível manutenção dos altos números que vêm sendo divulgados pela petroleira, suas ações (XOM e EXXO34) também devem permanecer em alta, mantendo o comportamento histórico de seguir de perto os resultados da companhia.

Gráfico apresenta Ebitda e cotação das ações da ExxonMobil.
Gráfico apresenta Ebitda e cotação das ações da ExxonMobil.
Ebitda e cotação das ações da ExxonMobil. Fonte: Bloomberg

Pontos de risco

Porém, para os investidores interessados nas ações da empresa, é preciso destacar dois pontos de atenção.

primeiro deles está relacionado exatamente aos resultados da Exxon, que apesar da tendência de se manterem em alta, não devem apresentar o mesmo forte crescimento e, consequentemente, a mesma valorização de suas ações, que já subiram +88% em 2022.

segundo já está atrelado aos fundamentos da companhia, que apesar de estarem longe de serem ruins, não trazem uma grande visibilidade de crescimento para a empresa no longo prazo, ao passo que já ocupa o posto de uma das maiores petroleiras no mundo e não existe uma expectativa de aumento relevante de produção para os próximos anos.

Valuation

Atualmente, vemos as ações da Exxon sendo negociadas a 6x Ebitda, o que, definitivamente, não é caro — principalmente quando comparamos o valor com uma média histórica da bolsa americana de 11x Ebitda.

Por outro lado, olhando para os seus principais pares ocidentais (Chevron  (BVMF:CHVX34)(NYSE:CVX) nos EUA e Shell na Inglaterra), vemos que o múltiplo é semelhante ao de sua concorrente americana, porém representa praticamente o dobro do EV/Ebitda da Shell (NYSE:SHEL).

Isso sem colocar a Petrobras na comparação, que mesmo apresentando características diferentes, negocia a menos de 2x Ebitda. Porém, todas essas empresas possuem um ponto em comum: fortes resultados, mas sem grandes perspectivas em relação a aumento de produção.

Gráfico apresenta Ebitda e EV/Ebitda das maiores petroleiras do Ocidente.
Gráfico apresenta Ebitda e EV/Ebitda das maiores petroleiras do Ocidente.
Ebitda e EV/Ebitda das maiores petroleiras do Ocidente. Fonte: Bloomberg

Nossa preferência

Nossa preferência está para companhias que tragam visibilidade de crescimento no longo prazo e que, ainda assim, sejam negociadas por múltiplos bastante atrativos.

Por isso, dentro do setor, destacamos nossa preferência para três petroleiras “juniors” da nossa bolsa: 3R Petroleum (BVMF:RRRP3), Prio (PRIO3 (BVMF:PRIO3)) e Petrorecôncavo (BVMF:RECV3).

Agora é a sua vez. Me conta se você prefere investir nas grandes e consolidadas empresas do setor (majors) ou naquelas menores e que ainda possuem um grande potencial de crescimento (minors)?

Gráfico apresenta visibilidade de aumento de produção das três petroleiras “juniors”.
Gráfico apresenta visibilidade de aumento de produção das três petroleiras “juniors”.
Visibilidade de aumento de produção das três petroleiras “juniors”. Fonte: 3R, Prio e Petrorecôncavo

Espero que este conteúdo te ajude a tomar as melhores decisões quanto aos seus investimentos.

Grande abraço

Com risco para Petrobras, vale investir na ExxonMobil?
 

Artigos Relacionados

Matheus Lima
A expectativa de Suzano para 2023 Por Matheus Lima - 06.02.2023 3

A Suzano (BVMF:SUZB3) é uma das maiores empresas de celulose e papel do mundo, com sede no Brasil. Fundada em 1924, a empresa iniciou suas atividades como fábrica de fósforos e, ao...

Com risco para Petrobras, vale investir na ExxonMobil?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Bruno Botta
Bruno Botta 11.12.2022 19:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Gosto muito de petrorio... tem bons números.
06.12.2022 7:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Muito bom
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail