Últimas Notícias
Investing Pro 0
OFERTA de Ano-Novo: Até -40% no InvestingPro+ GARANTA A OFERTA

FTX: A queda de um império!

br.investing.com/analysis/ftx-a-queda-de-um-imperio-200453375
FTX: A queda de um império!
Por Luiz Pedro Andrade de Oliveira   |  14.11.2022 15:24
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
 
FTT/USD
0,00%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Se você acompanha pelo menos de longe o mercado de criptoativos, viu que a semana passada foi cheia de emoções, assim como nos mercados globais.

No mercado cripto, houve um movimento que representou o começo de algo muito preocupante.

Contextualizando de forma rápida o fato, recentemente, a FTX, segunda maior corretora do mercado de criptoativos, veio a decretar falência após diversas tentativas de salvar o pescoço.

Isso tudo aconteceu em menos de uma semana!

Como exemplo, para se entender a gravidade da situação, é como se a Nasdaq (NASDAQ:NDAQ) (BVMF:N1DA34) nos EUA decretasse falência, ou o BTG Pactual (BVMF:BPAC11) aqui no Brasil fizesse o mesmo, de forma inesperada para todo o mercado. Essa é a representatividade que a FTX tinha para o mercado cripto.

Vamos para a parte factual do que aconteceu.

A queda do império FTX e Alameda Research

Todos os rumores começaram quando o Changpeng Zhao (CZ), CEO da Binance, espalhou um temor no mercado acerca da FTX, falando que a empresa poderia ter problemas quanto à liquidez.

Em seguida a esse anúncio, declarou que a Binance começaria a liquidar todos os tokens FTT (token da corretora FTX) no balanço da Binance, por medo do risco de liquidez da corretora.

CZ detinha cerca de US$ 2 bilhões em FTT, token da corretora FTX, por ter sido um investidor no começo da corretora, lá em 2019, e ter vendido sua participação em 2021, recebendo parte do pagamento em tokens FTT.

Fonte: CZ via Twitter/ Reprodução

A base para esse temor de CZ seria um relatório da CoinDesk, site de notícias e estudos de cripto, alertando sobre os possíveis problemas de liquidez da Alameda Research, braço de Venture Capital da corretora FTX.

O relatório mostrava que Alameda teria mais dívidas do que capital líquido para honrar, e boa parte do balanço da Alameda estava em FTT, tokens da FTX.

Para se ter ideia do quão grave era a situação: dos US$ 15 bilhões de saldo da Alameda, US$ 6 bilhões estavam no token FTT. Uma concentração surreal e ilíquida que representa nada menos que o dobro da oferta circulante de FTT.

Com isso, o mercado entrou em desespero e os usuários da FTX começaram a pedir resgate dos seus saldos que estavam na corretora.

Além disso, esses anúncios iniciaram uma queda no token FTT.

Fonte: CoinMarketCap

Com as quedas, veio a liquidação de alguns dos ativos que Alameda e FTX tinham em seus balanços, trazendo mais incertezas aos investidores quanto à sua liquidez.

Com o preço do FTT caindo rapidamente, aumentava a tensão quanto à liquidez da FTX e se os fundos dos usuários estavam seguros. Consequentemente, o Sam Bankman-Freid, CEO da FTX, anunciou, no dia 08/11/2022, que faria uma transação estratégica com a Binance para resolver a crise de liquidez que a corretora FTX estaria passando, com inúmeros saques sendo efetuados a todo instante.

Cerca de US$ 6 bilhões foram retirados em 72 horas antes que os saques fossem interrompidos na tarde de 8 de novembro.

Mais tarde naquele dia, a Binance concordou em adquirir a FTX e conter quaisquer preocupações de liquidez caso ela passasse em uma rigorosa auditoria.

Sim, isso mesmo, o concorrente que “derrubou” a FTX, expondo suas falhas, concordou em comprá-la – com algumas condições!

CZ se manifestou no Twitter declarando que a Binance havia assinado uma Carta de Intenção (Letter Of Intent, ou LOI) não vinculante para a compra da FTX. Ou seja, ele iria realizar a avaliação dos balanços da FTX e, se estivesse de acordo, compraria a corretora. Caso contrário, ele apenas não compraria, sem nenhum tipo de penalidade.

Menos de 24 horas depois, após revisar o balanço da FTX, a Binance se afastou do acordo alegando que “os problemas estão além de nosso controle ou capacidade de ajudar”. Eles também citaram explicitamente “relatos sobre fundos de clientes mal administrados e supostas investigações de agências dos EUA” como outros motivos.

Fonte: Binance via Twitter/ Reprodução

Sam informou aos investidores, no dia 09/11/2022, que a FTX precisaria pedir falência, com um rombo de até US$ 8 bilhões.

Infelizmente, os danos desse colapso do mercado se espalharam por toda parte devido à importância da FTX e à sua rede de investimentos que a Alameda Research apoiou usando o token FTT.

O que fazer diante disso?

O momento exige extremo cuidado para nós, investidores do mercado cripto.

Tinha uma reserva de caixa robusta na minha carteira, que segurou boa parte da queda e me deu a oportunidade de comprar uma quantidade interessante de bons ativos, não correlacionados com o fato da Alameda e da FTX, a preços muito baixos.

Isso nos rendeu um lucro de mais de 30% em um dos ativos adicionados à carteira em meio ao caos.

Nesses momentos, é extremamente relevante separar o que é ruído do que é fato e, além de ter extrema cautela, saber onde alocar seu dinheiro no mercado de criptoativos.

O pior ainda pode estar por vir. A Alameda e a FTX devem começar a liquidar boa parte de seus ativos em breve, e a investigação criminal está em curso para investigar se houve má-fé. Muitos clientes devem processar a FTX e, pelo caminho que se trilha, deverão ter ganho de causa.

O momento é de cautela e sabedoria!

Por fim, o recado mais importante: evite ao máximo deixar os seus saldos em corretoras! Faça a sua própria custódia!

Espero você do outro lado!

Um abraço

FTX: A queda de um império!
 

Artigos Relacionados

Lucas Bento Sampaio
Cunha ascendente em Ethereum Por Lucas Bento Sampaio - 14.09.2022

Olá Investidor,Em compasso de espera para o Merge, o ETH/USD formou um padrão de cunha ascendente. Em geral, as cunhas são seguidas pela continuidade do movimento anterior, no...

FTX: A queda de um império!

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail