Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

McDonald’s vs. Starbucks: Qual Rede de Restaurantes É Melhor no Atual Ambiente?

Por Investing.com (Haris Anwar/Investing.com)Ações11.01.2022 10:31
br.investing.com/analysis/mcdonalds-vs-starbucks-qual-rede-de-restaurantes--melhor-no-atual-ambiente-200447027
McDonald’s vs. Starbucks: Qual Rede de Restaurantes É Melhor no Atual Ambiente?
Por Investing.com (Haris Anwar/Investing.com)   |  11.01.2022 10:31
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 

As ações de redes de restaurantes podem servir de refúgio para investidores de longo prazo durante turbulências de mercado. Suas opções de refeições de baixo custo, presença global e estabilidade de resultados são alguns dos pontos fortes que as protegem da extrema volatilidade que pode afetar as ações de alto crescimento durante períodos de incerteza.

Hoje, vamos analisar duas redes globais de fast food, a Starbucks (NASDAQ:SBUX) (SA:SBUB34) e o McDonald’s (NYSE:MCD) (SA:MCDC34), a fim de determinar qual delas oferece maior valor diante da intensificação da liquidação dos mercados e da especulação de que o Federal Reserve apertará a política monetária de forma mais agressiva para combater a inflação.

1. Starbucks

Desde meados do ano passado, a tendência mostra claramente que o interesse dos investidores pela rede de cafeterias conhecida por seus Frappuccinos e Pumpkin Spiced Lattes está caindo. A ação, depois de disparar até a máxima recorde de meados de julho, acumula queda de mais de 10% nos últimos seis meses, ficando atrás de outras grandes operadoras de restaurantes. Os papéis da SBUX fecharam ontem a US$106,03.

Starbucks semanal
Starbucks semanal

Essa fraqueza ocorre após uma notável reviravolta durante a pandemia, quando a empresa sediada em Seattle viu seus negócios serem abalados pela disseminação mundial da Covid-19, forçando os clientes a ficar em casa, e os estabelecimentos comerciais, a fechar as portas.

Enquanto as vendas retornam gradativamente aos níveis pré-pandemia, a Starbucks enfrenta novos desafios por causa da escalada de preços das commodities e transportes, além da inflação de salários. Muitos analistas acreditam que esses ventos contrários continuarão pressionando as margens da Starbucks e contendo sua recuperação, especialmente no momento em que ela não planeja desacelerar seus esforços de investimento para capturar participação de mercado.

Como parte do plano de roubar vendas da concorrência, a Starbucks pretende gastar US$2 bilhões com dispêndio de capital neste ano durante sua expansão agressiva, principalmente na China.

Em nota recente, Christopher Carril, analista da RBC Capital Markets, rebaixou a perspectiva da ação da Starbucks para “na média do mercado”, dizendo que o aumento das pressões de custo terá impacto:

“O atual investimento em seus colaboradores está no centro da estratégia operacional e dos princípios da SBUX e provavelmente é a decisão certa para a empresa no longo prazo. Continuamos acreditando que esse é o caso, mas, em vista da magnitude das pressões de custo no ano fiscal de 2022, consideramos que é possível haver um prolongamento do debate sobre o timing de um retorno para a meta atual da SBUX de margem operacional de 18-19%”.

Em nota similar, Brian Bittner, analista da Oppenheimer, disse o seguinte:

“Nossa análise atualizada sugere que as previsões de LPA em 2022 e 2023 carecem de alavancas de alta para impulsionar o desempenho. Enquanto 2022 é um “ano de investimento” bem telegrafado, Wall Street já considera uma margem maior e um crescimento do LPA em 2023".

2. McDonald’s

A marca de restaurantes conhecida pelos Big Macs, Egg McMuffins e batatas fritas está se mostrando uma aposta muito melhor na atual rotação para ações de valor e segurança. Ao contrário da SBUX, as ações da MCD atingiram a máxima recorde na semana passada, depois de entregar um retorno de cerca de 25% no ano passado. Os papéis do McDonald’s fecharam a segunda-feira a US$264,41.

McDonald's semanal
McDonald's semanal

Uma razão para essa força é que o MCD superou a maioria dos restaurantes durante a pandemia, graças aos seus serviços de delivery e retirada em loja. Além disso, um novo sanduíche de frango, elevações de preços e um robusto programa de fidelidade estão impulsionando as vendas da companhia nos EUA, onde a rede possui mais de 13.000 estabelecimentos.

As vendas comparáveis da empresa se expandiram 12,7% no trimestre encerrado em 30 de setembro, superando as estimativas dos analistas de cerca de 10%.

Piper Sandler, em nota recente, atualizou a classificação de MCD de neutra para acima da média, dizendo que a companhia está em melhor posição para enfrentar os desafios representados pelo atual ambiente inflacionário.

A nota disse o seguinte:

“Embora as pressões de custo e desafios operacionais enfrentados pela indústria como um todo sejam reais, acreditamos que o McDonald’s está em posição única para se aproveitar do seu tamanho, escala, capacidades operacionais e investimentos em curso para ganhar participação de mercado, à medida que segue as tendências de consumo de alto nível destacadas”.

Na nota citada pela CNBC.com, a Piper Sandler disse que fez uma pesquisa recente e descobriu um forte desejo de voltar aos restaurantes, com preferências apontando que o McDonald’s teria um excelente ano.

A nota disse ainda:

“Nossa pesquisa ressalta uma preferência sustentada e perto do pico entre os consumidores que desejam visitar restaurantes através do canal de drive-thru. Em termos de culinária, os resultados indicam uma demanda constante e persistente por hambúrguer e opções de frango”.

Esses sentimentos positivos também se refletem na pesquisa feita com 37 analistas pelo Investing.com, dos quais 27 classificam o MCD como acima da média.

Investing.com - Estimativas consensuais
Investing.com - Estimativas consensuais

Gráfico: Investing.com

O preço-alvo médio de 12 meses na ação é de US$274,55, um potencial de alta de quase 4%.

Conclusão

O MCD está se saindo muito melhor na atual busca por segurança do que a Starbucks.

A preferência dos investidores pela gigante do fast-food mostra que sua ação será menos impactada por eventos macro nos próximos meses, à medida que o mercado lida com um Fed mais rígido e as operadoras de restaurantes continuam enfrentando inflação mais alta, escassez de mão de obra e desequilíbrios entre oferta e demanda.

McDonald’s vs. Starbucks: Qual Rede de Restaurantes É Melhor no Atual Ambiente?
 

Artigos Relacionados

Thiago Bisi
IBOV Fecha em Queda de 2,34%   Por Thiago Bisi - 18.05.2022

Análise gráfica (técnica) do Ibovespa, Índice, Dólar e Ações. Pitacos iniciais: IBOV, WINM22, EWZ, SMLL, DJI, ESFUT, NMFUT, QRFUT, HSI, JPN225, GER30, UK100, FEF2!, CL2!, UKOIL,...

McDonald’s vs. Starbucks: Qual Rede de Restaurantes É Melhor no Atual Ambiente?

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Ana Paula Kostik
Ana Paula Kostik 14.02.2022 8:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
nao preciso nem ler pra saber que o McDonald's é melhor atualmente, pois não troco no almoço ou jantar um lanche com carne por um copao de leite. o Starbucks é ótimo, mas nao podemos comparar os negócios.
Igor Hendges
Igor Hendges 11.01.2022 11:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Olhando em uma visao fundamentalista eu iria de MCD por ter mais margem de lucro e maior geracao de caixa operacional.Todavia o endividamento de ambas chama a atencao
Danilo V. Boas
Danilo V. Boas 11.01.2022 11:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Restaurante?
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail