Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

Saiba Como Analisar Fundos Imobiliários Para Começar a Investir

Publicado 30.04.2021, 12:45
Atualizado 09.07.2023, 07:32

Por Gabriel Barbosa e Luiz Augusto F. Amaral*

Para fechar nossa série sobre noções básicas de fundos imobiliários, vamos responder à principal dúvida: como começar a investir em FIIs e assim viver de renda?

É possível investir em um fundo em dois momentos. Em uma oferta primária, quando o gestor está constituindo e/ou listando o fundo, o chamado IPO, captando novos recursos para a aquisição de novos imóveis ou novos ativos mobiliários, no caso de FOFs ou fundos de recebíveis. As demais captações para o crescimento do fundo são conhecidas como follow-on, nesse caso corretoras de valores ou bancos fazem esse processo de oferta de novas cotas do fundo e assim apresentam a oportunidade de investimento para as pessoas que desejam aderir.

O segundo momento para se investir é comprando as cotas do fundo no mercado secundário, ou seja, na Bolsa de Valores (SA:B3SA3). Basicamente o fundo é negociado na bolsa como se fosse uma ação, temos de um lado investidores dispostos a vender suas cotas por um determinado preço e do outro lado investidores dispostos a comprar, e quando os valores batem a transação é efetivada. Para isso, o investidor interessado na compra precisa ter uma conta aberta em uma corretora e saber o ticker do fundo - o código que o identifica, por exemplo, o ticker do fundo da TRX é o TRXF11, e colocar uma ordem de compra por meio do seu home broker, sistema que conecta o usuário ao pregão online. Importante verificar quais as taxas cobradas para comprar ou vender cotas, lembrando que existem corretoras que zeraram esse custo para a negociação de Fundos Imobiliários.

É preciso analisar com bastante critério o fundo escolhido antes de efetivar a compra. Para isso, existem diversas fontes de análise, como casas de research, os relatórios gerenciais de fundos, analistas especializados, dentre outros. Nesse momento você deve avaliar o histórico, experiência e qualidade da gestora, a forma como as informações são apresentadas, a existência de um bom relatório gerencial (que costuma ter periodicidade mensal), verificar se tem um bom site de relacionamento com os investidores, a qualidade dos imóveis e/ou ativos mobiliários que compõe a carteira, o tamanho do fundo, sua liquidez no mercado secundário e alguns indicadores como a relação de preço (P) sobre valor patrimonial (VP).

Essa relação de P/VP nada mais é do que o preço da cota negociado no mercado secundário sobre o valor patrimonial daquela cota (a informação do valor patrimonial é facilmente obtida no relatório gerencial do fundo). Quanto maior esse número, maior é o prêmio que o mercado já está pagando sobre aquele patrimônio, e consequentemente menor potencial de valorização da cota.

Outro fator importante a ser avaliado, mas em hipótese alguma de maneira isolada, é o dividend yield (DY), ou seja, quanto de rendimento mensal você vai receber em função do preço que você comprou a cota. Importante destacar que a análise deve contemplar a maior quantidade possível dos aspectos aqui abordados, pois informações parciais podem levar um investidor incauto a comprar cotas de um fundo que está proporcionando um dividendo alto em função de ume rescisão contratual, por exemplo, e no término daquele período pode ter uma queda substancial de seus rendimentos. Esse é um exemplo que pode prejudicar o retorno total do investimento.

Para fecharmos esse artigo, reforçamos sempre a importância da diversificação. Nunca coloque todos os ovos na mesma cesta. Escolha diferentes tipos de fundos, segmentos e gestores. Com isso, o investidor estará exposto a diversos imóveis, mercados e diferentes estratégias, o que certamente vai mitigar o risco de um eventual problema pontual em um dos fundos, e o balanço geral do investimento estará mais estável, seguro e previsível. É importante também o cuidado em limitar a diversificação na medida do que é possível acompanhar dos fundos investidos.

Esperamos com isso ter contribuído com o conhecimento básico sobre essa classe de ativos e assim participar da jornada dos investidores na busca por viver de renda com fundos imobiliários!

*Gabriel Barbosa é responsável pela Estruturação, Distribuição e Relação com Investidores dos Fundos da TRX.  
Luiz Augusto F. Amaral é sócio-fundador e CEO da TRX.

Últimos comentários

qual a melhor corretora no momento para começar a investir ?
Gosto do Banco Inter
qual a melhor corretora no momento para começar a investir ?
XP - Tenho tido uma boa experiência com eles
Como Não Tenho Experiência nesse Mercado Essa relação de P/VP! Tomei Como Exemplo: TRXF11  Valor Patrimonial por Cota:   R$ 105,63 Valor de Mercado Na Bolça: R$ 107,50 Nesse Caso Em Especifico e Arriscado Investir? Cotação do dia 30/04/2021
To satisfeito com BRCR11
Parabéns! informações importantes para quem está iniciando.
Muito superficial
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.