Soja Futuros - Out 21 (SJCc1)

26,87
+0,26(+0,98%)
  • Fechamento Anterior:
    26,61
  • Compra/Venda:
    0,00/0,00
  • Var. Diária:
    25,38 - 32,50
  • Tipo:Commodities
  • Grupo:Agrícola

Soja NY Futuros - Visão Geral

Fechamento Anterior
26,61
Mês
Out 21
Tamanho do Tick
0,01
Abertura
26,79
Contrato
5.000 bushels
Valor do Tick
4,5
Var. Diária
25,38-32,5
Tipo de Liquidação
Financeira
Código Base
-
Var. 52 semanas
18,89-36,65
Data da liquidação
28/10/2021
Ponto Base
1= $450
Variação em 1 ano
15,82%
Último dia de rollover
-
Meses
HJKMNQUX
Qual sua opinião sobre Soja Futuros?
ou
O mercado está atualmente fechado, a votação está disponível somente quando o mercado estiver aberto.

Soja NY Futuros Notícias

Soja NY Futuros Análises

Resumo Técnico

Tipo
5 min
15 min
Hora
Diário
Mensal
Médias MóveisCompra ForteCompraNeutroVendaCompra
Indicadores TécnicosCompra ForteCompra ForteCompraVenda ForteCompra
ResumoCompra ForteCompra ForteNeutroVenda ForteCompra
  • 1000,00 vai rapido
    0
    • 980,00 em novembro com certeza.
      5
      • E dolar a 2 reais ?
        1
    • difícil está agora... Mas dias melhores virão aguardem safra americana bem abaixo a produção manipulação está aí cai quem quer 🌱🌱🌽🌽🌾🌾
      2
      • Soja Paranaguá (disponível) R$ 168,00. É brabo mas é queijo...kkk....
        0
        • Pior é quem falou pra segurar quando estava 15, agora é abixo de 12 e com boas chances de cair até os 10, dependendo do andamento da colheita americana. O problema da expectativa de alta é que muita gente segura, aí quando começa o tombo fica difícil segurar com os estoques acima do que deveriam estar..
          1
          • E tbm o clima lá ñina está aí um risco para produtores.... contratos futuros.
            3
            • Bom dia... manipulação é grande e forte realidade dos grãos são outras vamos ver se eles vão segurar o rojão!!!!
              4
              • Senhores produtores devem , ficar atentos com a crise energetica eRisco altissimo da bolha imobiliaria, chineses irao tirar o pé das comodities, a fim de recuperar o rombo ! Muito cuidado com soja podendo vir abaixo de 100,00
                7
                • Queda em cima de queda.......vamos parar aonde q os insumos tão cada dia mais alto.Qusto muito elevado por hct
                  1
                  • A verdade é que, em Chicago, o preço está em queda desde o começo de junho. No começo de julho quis testar uma alta, mas perdeu e tem ou caído ou andado de lado desde então. É o câmbio que tem segurado os preços aqui no Brasil. Com os últimos dados de emprego dos EUA, o dólar desvalorizou. Mas com recuperação econômica lá, ainda que lenta, e nós caminhando para um ano eleitoral, acredito que o dólar pode subir um pouco. Com isso, as quedas lá vai pesar menos aqui. Caso ocorra o contrário, estaremos em uma situação ruim, onde compramos os insumos com o custo apreciado e venderemos a produção com o preço depreciado. A sugestão é travar pelo custo em contratos a termo. Quem se dispor fazer hedge via mercado futuro ou via opções, vai dormir mais tranquilo. Com o preço em queda, as opções de compra ficam mais baratas. Travar com contrato a termo e buscar opções de compra ao mesmo preço é uma estratégia interessante nesse momento.
                    2
                  • Eu acredito em alguma suba ainda!Mas pra nós aqui não tem muitos fatores q poderam elevar os preços denovo em aqueles patamares.
                    0
                  • Pouco provável vermos algo perto de 200. Temos pressão de baixa por conta da safra americana e da demanda chinesa, mas pressão de alta por conta do dólar que tende a subir. Acredito que o preço deverá se manter estável em torno dos 150 por mais um tempo. Para o começo do ano que vem, já temos uma queda brusca nos prêmios dos portos aqui, o que vai pressionar os preços.
                    1
                • alguém acredita q vai subirou vai continuar caindo?
                  1
                  • O mercado já precificou o relatório do USDA. A partir de agora, uma vez que os estoques estão normalizados, o preço responderá primeiramente à colheita americana. Compare o andamento da colheita com o mesmo período do ano passado e com a média dos últimos 5 anos. As divergências irão direcionar o preço. Em menor monta, durante a colheita americana pelo menos, o preço pode reagir ao andamento do plantio no Brasil.
                    1
                • Tao jogando fogo em gazolina
                  1
                  • agora vai para o fundo do poco
                    0
                    • Que lixo
                      0
                      • Muito lixo
                        0
                    • 26,xx até fim do mês!
                      0
                      • Agora vai
                        0
                        • Quebrei no mercado fisico
                          0
                          • Quantas tonelada
                            0
                            • Um contrato de soja da CBOT equivale a pouco mais de 136 toneladas.
                              1
                          • iniciou a subida em "V"...KKK
                            2
                            • USDA está sem crédito nenhum brefe..... cuidado com notícias a realidade dos grãos são outras 🌾🌾🌽🌽🌱🌱
                              5
                              • Caindo novamente....Mas vai parar aonde desse jeito 😕
                                0
                                • O mercado ainda está digerindo o incremento de 2 milhões de toneladas que o USDA fez no estoque da safra 20/21. Além disso, com a colheita lá indo bem (pouco acima da média dos últimos 5 anos, para o período) e o plantio aqui indo dentro do esperado, a tendência é de que não tenhamos grandes apreciações desse preço tão cedo, salvo por algum evento extraordinário.
                                  2
                                • Na sua opnião como ficará o mercado para este Mês, tendo em vista a alta precificação meses anteriores, acredita-se que volte a patamares exorbitantes ou não
                                  0
                              • Mercado físico, é hora de vender parte?
                                5
                                • Eu vendi tudo o que ainda tinha na semana passada.
                                  1
                              • Semana Dourada na China, feriado de sete dias, feriadão! Aí que me refiro! ...kkk...
                                0
                                • com a escassez de alimentos, a procura será maior ainda análise o empresário do ramo das proteínas animal e vegetal vc acha quer ver seus estoques no chão aí vem mané falando que tem estoques sobrando.... safra Brasil trigo e milho perdida
                                  5
                                  • Na verdade não existe escassez de alimentos,somente manobras de especulacão no mercado mundial.Veja o caso da Holanda, um pais com 41.000 kilometros quadratos, é o segundo maior esportador de alimentos no planeta!! E toda esta producão numa area um pouco maior que a cidade de São Paulo.
                                    3
                                  • Emile, concordo em partes, a Holanda é um grande exportador agrícola, principalmente de legumes, maior ou dos maiores em batatas, cebolas, tomates, etc. Mas essa questão de segundo em valor, entram também as flores, sementes de legumes, que tem altíssimo valor agregado e não são alimentos. Mas realmente a falta de alimento está longe de ocorrer, o mercado se regula, se a carne começar a custar em todo mundo o que custa na europa, vai começar a sobrar soja...mas seguimos, o mercado se regula..
                                    1
                                • coisas sem controle no mundo: fogo de morro a cima, e soja ladeira a baixo....
                                  4
                                  • Praga de urubu, não mata cavalo gordo....kkk...
                                    0
                                • Vejo uma boa oportunidade para quem quer fazer um cash.( mercado físico).
                                  3
                                  Aviso Legal: A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos neste site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Todos preços de CFDs (ações, índices, futuros), criptomoedas e divisas não são fornecidos por bolsas de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços de mercado o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. Por esse motivo, a Fusion Media não é responsável por quaisquer perdas em financeiras ou em negociações sofridas como resultado da utilização desses dados.
                                  A Fusion Media - ou qualquer entidade ou pessoa envolvida com a Fusion Media - não aceitará qualquer responsabilidade por perdas e/ou danos resultantes do uso de informações contidas neste site, incluindo dados, cotações, gráficos e sinais de compra/venda. Por favor, informe-se sobre os riscos e custos associados à realização de operações nos mercados financeiros, pois esta é uma das formas de investimento mais arriscadas que existem.
                                  A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.