Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Dirceu Machado

Inscrito: 14/12/15


Comentários de Dirceu Machado
Petróleo Dispara, Mas Opep+ Descarta Aumentar a Oferta; O que Esperar do Mercado? 08.10.2021 17:54
PSVM11- Porto Sudeste * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta sexta-feira 08.10.2021 17:44
PSVM11- Porto Sudeste * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Ibovespa ronda 113 mil pontos com dados de emprego dos EUA e inflação no Brasil no radar 08.10.2021 17:43
PSVM11- Porto Sudeste * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Petrobras eleva gasolina e gás de cozinha em 7,2% 08.10.2021 17:42
PSVM11- Porto Sudeste * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Shell responde por 95% das compras e reforça papel no setor 08.10.2021 17:38
PSVM11- Porto Sudeste * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Preços do petróleo atingem máxima de sete anos com fim das esperanças de liberação da REP 08.10.2021 17:37
PSVM11- Porto Sudeste * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Plantio de soja em MT avança a 20,3% e está adiantado ante média história, diz Imea 08.10.2021 17:36
PSVM11- Porto Sudeste * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Ouro fecha em baixa, diante de alta nos juros dos Treasuries após payroll 08.10.2021 17:36
PSVM11- Porto Sudeste * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Petróleo fecha em alta, com ajuda do recuo do dólar e mercado de energia no radar 08.10.2021 17:35
PSVM11- Porto Sudeste * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Açúcar bruto salta na ICE com alta na gasolina da Petrobras e exportações indianas 08.10.2021 17:35
PSVM11- Porto Sudeste * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Lula diz que aumentos de combustíveis mostram que Petrobras pode mais que Bolsonaro 08.10.2021 17:35
PSVM11- Porto Sudeste * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Roberto Castello Branco é eleito vice-presidente do conselho da Omega Energia 08.10.2021 17:34
PSVM11- Porto Sudeste * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Veja as indicações de carteiras ESG para outubro 08.10.2021 17:33
PSVM11- Porto Sudeste * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
BB Investimentos inicia cobertura sobre B3 com indicação de compra 08.10.2021 17:32
PSVM11 * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Ibovespa fecha em alta de mais de 2% em dia de ajustes com IPCA e payroll na pauta 08.10.2021 17:31
PSVM11 * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
Ibovespa ronda 113 mil pontos com dados de emprego dos EUA e inflação no Brasil no radar 08.10.2021 12:11
Porto Sudeste (PSVM11) * 06/10/21 Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP). Mas de Araxá até Belo Horizonte, ainda continua dependendo de caminhões
CNI reduz previsão de PIB industrial; inflação é vista como maior problema atual 07.10.2021 20:49
A Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) está preparando um novo ciclo de investimentos na sua operação. A maior produtora de produtos de nióbio do mundo vai investir R$ 7 bilhões a partir do ano que vem. Os aportes serão usados no aumento da sua capacidade produtiva na unidade em Araxá (MG). A capacidade atual é de 150 mil toneladas/ano e a meta é chegar a 210 mil toneladas em cinco anos.A empresa pretende produzir 100 mil toneladas em 2021 e se aproximar dos níveis de 2019. Naquele ano, a CBMM produziu 91 mil toneladas de produtos de nióbio. Já no ano passado, com a pandemia, a produção comercializada ficou em 72 mil.Segundo o presidente da empresa, Eduardo Ribeiro, os aportes serão necessários para atender os novos mercados que a companhia está criando, como o de baterias para carros elétricos. “Até 2030, queremos ter 35% do nosso negócio nesse segmento. Hoje, 90% da produção é destinada ao mercado siderúrgico, com ferronióbio. Não adianta criarmos novas frentes s
Porto Sudeste ON 07.10.2021 12:23
A Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) está preparando um novo ciclo de investimentos na sua operação. A maior produtora de produtos de nióbio do mundo vai investir R$ 7 bilhões a partir do ano que vem. Os aportes serão usados no aumento da sua capacidade produtiva na unidade em Araxá (MG). A capacidade atual é de 150 mil toneladas/ano e a meta é chegar a 210 mil toneladas em cinco anos.A empresa pretende produzir 100 mil toneladas em 2021 e se aproximar dos níveis de 2019. Naquele ano, a CBMM produziu 91 mil toneladas de produtos de nióbio. Já no ano passado, com a pandemia, a produção comercializada ficou em 72 mil.Segundo o presidente da empresa, Eduardo Ribeiro, os aportes serão necessários para atender os novos mercados que a companhia está criando, como o de baterias para carros elétricos. “Até 2030, queremos ter 35% do nosso negócio nesse segmento. Hoje, 90% da produção é destinada ao mercado siderúrgico, com ferronióbio. Não adianta criarmos novas frentes s
Porto Sudeste ON 07.10.2021 11:54
Maior produtora mundial de nióbio, insumo usado na produção de aço, a Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) estuda uma mudança logística para o transporte do produto em Minas Gerais que deve reduzir custos e dar mais segurança à operação. A empresa pretende transportar por trem sua produção das minas de Araxá (MG) até portos do Rio de Janeiro e de São Paulo, de onde saem navios carregados para clientes da Europa, Ásia e América do Norte. Parte do trajeto até os portos já feito pelos trilhos. Há quatro anos, a CBMM fechou um contrato com a MRS, que administra a linha férrea que conecta Belo Horizonte a portos dos dois estados. Com isso, a empresa passou a ter possibilidade de transportar suas cargas por trilhos desde a capital mineira aos portos de Itaguaí (RJ) e de Santos (SP).
Prata 06.10.2021 17:32
ANP autorizou o Porto Sudeste (Mubadala & Trafigura-PSVM11) a operar granéis líquidos - petróleo e derivados, na modalidade "Ship to Ship" atracado 📈 Fato Relevante publicado em 17/09/2021- diário oficial da União 16/ 09/ 2021.
Ouro 06.10.2021 17:32
ANP autorizou o Porto Sudeste (Mubadala & Trafigura-PSVM11) a operar granéis líquidos - petróleo e derivados, na modalidade "Ship to Ship" atracado 📈 Fato Relevante publicado em 17/09/2021- diário oficial da União 16/ 09/ 2021.
BR Properties está perto de lançar fundo imobiliário de R$530 milhões 06.10.2021 17:31
ANP autorizou o Porto Sudeste (Mubadala & Trafigura-PSVM11) a operar granéis líquidos - petróleo e derivados, na modalidade "Ship to Ship" atracado 📈 Fato Relevante publicado em 17/09/2021- diário oficial da União 16/ 09/ 2021.
Entrevista: Atenta a parcerias, Hidrovias do Brasil destaca potencial do Arco Norte 06.10.2021 17:30
ANP autorizou o Porto Sudeste (Mubadala & Trafigura-PSVM11) a operar granéis líquidos - petróleo e derivados, na modalidade "Ship to Ship" atracado 📈 Fato Relevante publicado em 17/09/2021- diário oficial da União 16/ 09/ 2021.
Índice de Commodities do Banco Central sobe 2,33% em setembro ante agosto 06.10.2021 17:16
ANP autorizou o Porto Sudeste (Mubadala & Trafigura-PSVM11) a operar granéis líquidos - petróleo e derivados, na modalidade "Ship to Ship" atracado 📈 Fato Relevante publicado em 17/09/2021- diário oficial da União 16/ 09/ 2021.
Ibovespa, Petrobras, Vale, BTG Pactual, Locaweb e Gerdau 06.10.2021 17:03
ANP autorizou o Porto Sudeste (Mubadala & Trafigura-PSVM11) a operar granéis líquidos - petróleo e derivados, na modalidade "Ship to Ship" atracado 📈 Fato Relevante publicado em 17/09/2021- diário oficial da União 16/ 09/ 2021.