Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Geração de energia a partir do lixo pode avançar além do mercado regulado, diz Aneel

Commodities08.12.2021 11:45
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Usina de geração de energia com resíduos sólidos em Vancouver; tecnologia já é dominada em outros países, mas ainda busca espaço no Brasil REUTERS/Lindsey Wasson

SÃO PAULO (Reuters) - A geração de energia elétrica a partir de resíduos sólidos urbanos pode ganhar impulso além dos leilões regulados, em negócios envolvendo usinas híbridas com outras fontes e contratação direta pelas distribuidoras, disse nesta quarta-feira o diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Sandoval Feitosa.

Em seminário para discutir alternativas para a fonte, Feitosa disse que a Aneel enxerga "janelas regulatórias" que poderão viabilizar mais usinas de geração a partir do lixo no futuro.

Hoje, existem 31 projetos de recuperação energética de resíduos outorgados pela Aneel, que somam 220 megawatts (MW) de potência.

Embora várias iniciativas já viessem sendo estudadas nos últimos anos, o principal marco para a fonte foi o leilão de energia nova A-5 realizado em setembro deste ano, que contratou uma usina da Orizon (SA:ORVR3) Valorização de Resíduos. Localizado em Barueri (SP), o empreendimento vendeu 12 MW no certame, ou 75% de sua capacidade total, e receberá investimentos de cerca de R$ 500 milhões.

Segundo o diretor da Aneel, já há outras formas de monetizar a geração a partir dos resíduos. Como exemplo, citou a modalidade de geração distribuída, mais conhecida por ter impulsionado a fonte solar no país.

Também podem ser oportunidades as usinas híbridas, que ganharam regulamentação pela Aneel há duas semanas, e a contratação direta pelas distribuidoras de energia, disse Feitosa. Em relação ao último caso, a Aneel deverá concluir a regulação na última reunião de diretoria deste ano, acrescentou.

Despachável e limpa, a fonte é vista como uma alternativa para avançar na agenda ambiental, acelerando o fim dos lixões e reduzindo emissões de gases estufa, e para diversificar a matriz elétrica, possibilitando ainda uma redução de perdas de energia e a otimização dos sistemas de distribuição e transmissão.

Também presente no seminário, o secretário de planejamento do Ministério de Minas e Energia, Paulo Cesar Domingues, afirmou que o governo continuará incentivando a fonte e habilitando-a nos leilões do mercado regulado.

A pasta também trabalhará na sustentabilidade econômico-financeira dos projetos, de forma que os custos dos empreendimentos, ainda mais altos do que outras fontes, não sejam totalmente alocados nos consumidores.

Ainda de acordo com o secretário, o MME incentivará outras tecnologias inovadoras, como hidrogênio verde e eólicas offshore. Ele reiterou a previsão de publicação de um decreto para permitir as eólicas no mar até o fim deste ano.

 

(Por Letícia Fucuchima)

Geração de energia a partir do lixo pode avançar além do mercado regulado, diz Aneel
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail