Últimas Notícias
Investing Pro 0
OFERTA de Ano-Novo: Até -40% no InvestingPro+ GARANTA A OFERTA

BC pode investigar efeito da volatilidade da inflação e não apenas seu nível, diz Campos Neto

Dados Econômicos 25.11.2022 17:15
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto 12/04/2022 REUTERS/Adriano Machado

Por Bernardo Caram

BRASÍLIA (Reuters) - Pensamos em investigar a possibilidade de olhar a volatilidade da inflação ao invés de observar apenas seu nível, disse nesta sexta-feira o presidente da autarquia, Roberto Campos Neto, ao mencionar um estudo produzido pelo Banco de Compensações Internacionais (BIS) sobre o comportamento dos preços em diferentes economias.

Em evento promovido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Campos Neto afirmou que as pressões inflacionárias globais estão mais persistentes, argumentando que por conta de uma adaptabilidade menor da oferta, sempre que houver choque, a inflação será mais volátil.

O presidente do BC afirmou que o estudo do BIS mostra que países que têm a inflação baixa permitem aumentar a oferta de moeda na economia gerando um efeito menor na inflação. Ele disse considerar o estudo "interessante", mas disse que ele "não demonstra causalidade" e fez a ressalva.

"Uma coisa que a gente está pensando em investigar é: ao invés de olhar simplesmente o nível de inflação, olhar a volatilidade da inflação. Porque se a gente está dizendo que a oferta vai ser menos adaptável daqui para frente, a gente está dizendo que os diversos choques virão pela frente, a inflação será mais volátil”, disse.

Ao fazer as afirmações sobre o estudo, Campos Neto não disse se essa análise da volatilidade poderia trazer impactos sobre a política monetária.

Em recado sobre a questão fiscal, ele disse que colocar mais dinheiro na economia vai gerar maior volatilidade de inflação, reafirmando que "não vencemos a batalha da inflação ainda" e dizendo ser "importante persistir".

O ex-ministro Fernando Haddad, cotado para ser o futuro ministro da Fazenda do novo governo, também participou do evento, como representante do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, e falou logo após Campos Neto.

Campos Neto também disse na apresentação que "não podemos ter política monetária de um lado e política fiscal do outro", ressaltando que a incerteza em relação ao arcabouço para as contas públicas no Brasil fez o mercado passar a ver elevações de juros à frente.

"Tem uma incerteza em relação ao arcabouço fiscal que, uma vez sanada, (...) o mercado possa entender que a trajetória da dívida é sustentável, e a gente consiga reverter o quadro recente", disse.

"Usamos a política fiscal como parte da nossa modelagem, mas é importante destacar que grande parte do trabalho já foi feito", acrescentou.

O presidente do BC argumentou que a desinflação global não será linear, ao contrário do que o mercado precifica. Segundo ele, há uma primeira queda, com recuo de preços de alimentos e energia, mas indicou que a difusão elevada da alta de preços dificulta a manutenção dessa tendência.

Ele também apresentou visão positiva ao avaliar que inflações no mundo parecem ter chegado a um pico e estão se acomodando ou caindo.

Campos Neto disse ainda que a moeda brasileira tem respondido menos aos movimentos de preços internacionais das commodities.

BC pode investigar efeito da volatilidade da inflação e não apenas seu nível, diz Campos Neto
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (11)
roberto gadioli
roberto gadioli 26.11.2022 8:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
esse por.queira do dólar a r$ 6,00, INFLAÇÃO NAS ALTURAS e preços com +200% de alta, tipo diesel.
Marcelo Cunha
Marcelo Cunha 25.11.2022 15:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
wederlan eustaquio de souza
wederlan eustaquio de souza 25.11.2022 14:52
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se começarem a maquiar a inflação, ai vai ser Veneuela direito!!!
Maura Carvalho
Maura Carvalho 25.11.2022 14:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E a pergunta que não quer calar até quando o BC vai penalizar o país com uma tx de Juros de 200% da inflação, beneficiando apenas os rentistas. Brasil único pais do mundo com juros exorbitantes, 50% de tudo que arrecadou em 2021 foi para dívidas. Auditoria da dívida já!
Mostrar respostas anteriores (7)
Lucas Nodari
Lucas Nodari 25.11.2022 14:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Maura Carvalho  redução de juros irresponsável foi o que fizeram no governo da Dilma, com a brilhante ideia de incentivar a exportação, enquanto que aquela redução de juros em 2019 foi por que a inflação da recessão da Dilma estava finalmente contida, por causa das reformas do governo Temer. O nível de 2% só aconteceu quando iniciou a pandemia e certamente foi um erro descer tanto, por que os rendimentos ficaram muito baixos e junto com a bolha no mercado de ações americano, investidores levaram capital pra fora, desvalorizando o real. O BC foi um dos primeiros a reagir à inflação causada pelos estímulos econômicos na pandemia, o FED demorou para reagir, tanto que no inicio desse ano tivemos o menor valor do dólar, isso antes do FED começar a aumentar os juros por lá.
Francis SR
Goldman888 25.11.2022 14:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Maura Carvalho  Pare de defender político LADRÃO, CORRUPTO e INCOMPETENTE..!!! Quanto mais você faz isso, PIOR O PAÍS FICA...!!! Esta é a COLHEITA..!!! A Selic poderia até cair, mas na prática isto não faz diferença no JURO FUTURO, está na estratosfera devido à qualidade técnica do NOVO GOVERNO. Não existe MOEDA FORTE e JURO BAIXO num país de DÍVIDA ALTA, ESTADO GASTÃO E DEFICITÁRIO e POPULAÇÃO com baixo nível educacional e SEM CULTURA DE POUPANÇA (fora os outros problemas como insegurança jurídica e as maluquices de sujeitos como BOULOS que AFASTAM o CAPITAL ESTRANGEIRO DE LONGO PRAZO).
Lucas Nodari
Lucas Nodari 25.11.2022 14:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Francis SR  Boa, é justo isso, estado gastão, ineficiente e com bastante corrupção eleva o risco do país, pois é visto como uma situação onde o país poderia dar um calote. O país nunca conseguiria ter uma economia estável sem capital do exterior, não importa a manobra que o pessoal alinhado ao PT tente usar para justificar, na prática só iria degradar a economia. E depois disso, um governo como o do PT por si só, sem mecanismos bem estabelecidos de controle de gastos, nunca conseguiria controlar uma inflação crescente, pois requer tomar medidas impopulares. No fim quem vai se dar mal é aqueles mais pobres de qualquer jeito, PT não tem projeto de longo prazo, é tudo para o imediato, dane-se as consequências, isso apenas indica que eles ou são muito mal informados e desqualificados para gerenciar o país, ou são maliciosos e querem se beneficiar com o caos.
Maura Carvalho
Maura Carvalho 25.11.2022 14:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Francis SR , não defendo político, muito menos as atrapalhadas o PT, mas os números não mentem, de 7 tri de divida o Brasil pagou 1,9 em 2021, em plena pandemia, quase 20% atrelada a Selic, o dinheiro dos impostos estão indo para o sistema financeiro, é extremamente necessário a revisão destes valores e um limite para a dívida, como em todos os países desenvolvidos do mundo. Até o BC já declarou que o aumento dos juros recordes de 591,9 BILHÕES nos últimos 12 meses estão diretamente ligado a selic.
Maura Carvalho
Maura Carvalho 25.11.2022 14:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Lucas Nodari , cada ponto na selic representa 36,5 bilhões anual a mais na dívida publica, por isso nenhum BC do mundo tem juros maior que a inflação, isso é coerência.
Lucas Ferreira
Lucas Ferreira 25.11.2022 14:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
o Haddad será usado como boneca inflável pelo ladrão.
Lucas Ferreira
Lucas Ferreira 25.11.2022 14:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
vai tirar e colocar onde quiser
Cláudio Santos
Cláudio Santos 25.11.2022 14:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
agora faz o L... povo burro que elegeu o ladrão
Daniel Augusto
Daniel Augusto 25.11.2022 14:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Desse jeito esta ofendendo o Burro... acredito não existir palavras para descrever como igualar um petista a algo.
fabio garcia
fabio garcia 25.11.2022 14:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
imagina o PT, com a mão no cofre ,kkkkkkkk faz um L aí 51% vão sofre mais que sandinha enlatada sem respirar kkkk
Jackson Fernandes
Jackson Fernandes 25.11.2022 14:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O spread do real digital resolverá a maior parte dos problemas fiscais e monetários. Grandes instituições.
Joao Nunes
Joao Nunes 25.11.2022 14:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Lula ladrão presidiário e condenado. a ralé vermelha vai comer capim que é a comida indicada para eles.
Estevan Cabeda
Estevan Cabeda 25.11.2022 14:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Seu Tinhoso
Abraão Lincoln
Abraão Lincoln 25.11.2022 14:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem come capim é gado seu bucha!!!
Joao Nunes
Joao Nunes 25.11.2022 14:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Abraão Lincoln burro come capim kkkkkk
Vlademir Antonio Belle Belle
Vlademir Antonio Belle Belle 25.11.2022 14:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ou seja,a picanha vai virar pica......
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail