Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Inflação na zona do euro em dezembro é confirmada em recorde de 5,0% por energia

Dados Econômicos 20.01.2022 07:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Pessoas caminham em rua de Amsterdã, Holanda 07/10/2020 REUTERS/Eva Plevier

BRUXELAS (Reuters) - A alta dos preços ao consumidor na zona do euro saltou a uma máxima recorde em dezembro, confirmou nesta quinta-feira a agência de estatísticas da União Europeia, devido ao aumento da energia e a gargalos na cadeia de oferta conforme a economia se recupera dos lockdowns da pandemia.

A agência de estatísticas da UE, Eurostat, informou que os preços ao consumidor nos 19 países que usam o euro subiram 0,4% em dezembro sobre o mês anterior e saltaram 5,0% na base anual, o mesmo que a preliminar publicada em 7 de janeiro.

A energia foi responsável por 2,46 pontos percentuais do aumento anual e os serviços mais caros contribuíram com 1,02 ponto. Os bens industriais excluindo energia responderam por 0,78 ponto, e alimentos, álcool e tabaco contribuíram com mais 0,71 ponto.

Sem os voláteis preços de energia e alimentos, ou o que o Banco Central chama de núcleo da inflação, os preços subiram 0,4% no mês e 2,7% no ano.

O BCE quer manter a inflação ao consumidor em 2% no médio prazo, mas tem subestimado as pressões de preços e foi criticado por isso por algumas de suas próprias autoridades.

(Reportagem de Jan Strupczewski)

Inflação na zona do euro em dezembro é confirmada em recorde de 5,0% por energia
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (7)
Fernando Borelli
Fernando Borelli 20.01.2022 13:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Culpa do Bolsonaro é do PG. kkkkkkk. A esquerdalha pira!
Antonio Araujo da Silva
Antonio Araujo da Silva 20.01.2022 9:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Inflação altíssima para os padrões europeus.
Danilo Ferreira
Danilo Ferreira 20.01.2022 9:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se tivesse igual a nossa inflação causada pela baixa da Selic(agro é tech agro é pop agro é tudo) destruição da Amazônia, negacionismo..Lá já teria guerra civil.
Ricardo Muradas
Ricardo Muradas 20.01.2022 9:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Inflação na Europa de 5 %  equivaleria a 25 % no Brasil , é agora , KKKKKKKKKKKKKK
Leonardo Ferreira
Leonardo Ferreira 20.01.2022 8:58
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A culpa é de Bolsonaro. Só sendo mito para suportar essa narrativa...
Ricardo Messias
Ricardo Messias 20.01.2022 8:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A culpa também é do Bolsonaro!!!!!
Amaury Carrapato
Amaury Carrapato 20.01.2022 8:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
pensei q era só no Brasil
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail