Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Preços dos alimentos atingem maior patamar em uma década

Dados Econômicos03.12.2021 12:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
Preços dos alimentos atingem maior patamar em uma década

Os preços internacionais dos alimentos subiram 27% em novembro e atingiram o nível mais elevado em 10 anos. Todas as categorias avaliadas registraram avanços expressivos no mês passado quando comparadas ao desempenho registrado no mesmo período de 2020. Esse foi o quarto mês consecutivo que os preços dos alimentos registram alta e, mais uma vez, os óleos vegetais foram os grandes responsáveis pela valorização do índice geral.

Apesar da tendência de alta ainda se manter e os atuais patamares estarem em níveis muito acima de 2020, os preços dos alimentos sinalizaram no mês passado certa estabilidade em comparação aos resultados de outubro. O índice geral subiu apenas 1%, puxado pelo avanço das cotações dos lácteos e dos cereais. Os preços da manteiga e do leite em pó subiram pelo terceiro mês consecutivo diante da baixa disponibilidade para exportação com a queda da captação na Europa e a menor produção na Oceania. Na ponta da demanda, a procura pelos importadores se manteve aquecida, o que acabou por alavancar ainda mais os derivados do leite.

No caso dos cereais, as cotações do trigo alcançaram o patamar mais alto desde maio de 2011, em meio ao aumento da demanda e de uma oferta mais restrita. A queda na qualidade do produto da Austrália por conta das chuvas e as incertezas sobre possíveis mudanças nas políticas de exportação da Rússia contribuíram para alavancar os preços do cereal.

Os preços das proteínas de origem animal seguem em queda. O índice de preços caiu mais 0,9% em novembro e já acumula quatro meses seguidos de desaceleração. A menor demanda da China por carne suína, proveniente principalmente da Europa, levou os preços do produto ao quinto mês consecutivo de queda. No caso da carne de cordeiro, o aumento da oferta australiana para exportação pressionou as cotações. A carne bovina viu seus preços se estabilizarem em novembro, depois de meses de queda, influenciada pela desvalorização do produto do Brasil. O cenário foi compensado pela valorização do produto australiano, que sentiu a menor disponibilidade de animais para abate.]

Depois de atingirem seu maior nível em outubro, os preços dos óleos vegetais registraram uma queda margina de 0,2% em novembro. Apesar do movimento, o atual patamar ainda é 51% mais alto do que o registrado no mesmo período do ano passado. No mês passado, as cotações do óleo de soja e canola registraram uma leve queda, influenciados por uma demanda mais fraca nos países importadores e também pela queda das cotações do petróleo.

Por outro lado, os preços do óleo de palma se mantiveram praticamente estáveis, equilibrados entre uma demanda mais fraca por conta dos novos casos de Covid-19 na Europa e pela estratégia de países produtores de antecipar cortes na produção.

Ver mais em Bloomberg Línea Brasil

Preços dos alimentos atingem maior patamar em uma década
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Paulo Avanço
Paulo Avanço 06.12.2021 8:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Cesta basica 79 reais é muito barato!
Ricardo P Silveira
Ricardo P Silveira 03.12.2021 16:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Obrigado, #BolsoCaro ; )
JOÃO JORGE
JOÃO JORGE 03.12.2021 16:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Parece que é tudo importado!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail