Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta segunda-feira

Economia 14.01.2019 08:33
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Investing.com - Confira as cinco principais notícias desta segunda-feira, 14 de janeiro, sobre os mercados financeiros:

1. Exportações Chinesas registram maior queda em 2 anos

As exportações chinesas caíram inesperadamente em mais de dois anos em dezembro, enquanto as importações também se contraíram, apontando para uma fraqueza ainda maior na segunda maior economia do mundo e na deterioração da demanda global.

As exportações de dezembro da China caíram 4,4% em relação ao ano anterior, com a demanda da maioria dos seus principais produtos em queda.

As importações caíram 7,6%, a maior queda desde julho de 2016.

Os números decepcionantes reforçaram os receios que as tarifas sobre os produtos chineses impostas pelos EUA, estariam começando a pesar na economia da China.

Somando-se às preocupações dos formuladores de políticas, os dados também mostraram que a China registrou seu maior superávit comercial com os Estados Unidos em 2018, o que poderia levar o presidente americano Donald Trump a aumentar a pressão sobre Pequim em sua complicada disputa comercial.

2. Mercado futuro dos EUA aponta para abertura em baixa

O mercado futuro dos EUA apontava para uma abertura abrupta no início desta semana de negociações, já que as preocupações com a desaceleração econômica na China deixaram os investidores mais pessimistas.

Às 08h35, O índice blue chip futuros do Dow caía 226 pontos, ou cerca de 0,9%, os futuros do S&P 500 recuavam 24 pontos, ou quase 0,9%, enquanto o índice futuro de tecnologia Nasdaq 100 indicava queda de 78 pontos ou cerca de 1,2%.

Do outro lado do Atlântico, mercados europeus começavam a semana estavam sob pressão, já que as ações do setor de artigos de luxo e do setor tecnologia lideravam a queda. Entre os índices nacionais, o DAX da Alemanha e o CAC da França 40 caíam quase 0,8%.

Mais cedo, na Ásia as ações fechavam em baixa, com as bolsas em Hong Kong e China com a pior performance.

3. Citigroup inicia temporada de ganhos do 4º trimestre

A temporada de ganhos do quarto trimestre em Wall Street começa nesta manhã, quando o Citigroup (NYSE:C) se torna o primeiro dos principais bancos dos EUA a divulgar seus resultados trimestrais às 11h00 (horário de Brasília).

Os analistas estão prevendo lucros por ação (LPA) de US$ 1,55 com receita de US$ 17,5 bilhões. O mesmo período do ano passado teve US$ 1,14 em lucro por ação e US$ 17 bilhões em receita.

O JPMorgan Chase (NYSE:JPM) e o Wells Fargo (NYSE:WFC) devem divulgar seus ganhos na terça-feira, seguidos pelo Bank of America (NYSE:{{243|BAC}) } e Goldman Sachs (NYSE:GS) na quarta-feira e Morgan Stanley (NYSE:MS) na quinta-feira.

Outras grandes companhias que apresentarão seus resultados desta semana serão Netflix (NASDAQ:NFLX), UnitedHealth (NYSE:UNH), American Express (NYSE:AXP), Blackrock (NYSE:BLK), Delta Airlines (NYSE:DAL) e United Continental (NASDAQ:UAL).

4. A cotação do petróleo cai no meio ao nervosismo sobre desaceleração da China

Em commodities, a cotação do petróleo caía cerca de 2%, com o petróleo Brent ficando abaixo de US$ 60 por barril, em meio a preocupações com a desaceleração da demanda na esteira dos sombrios dados comerciais chineses.

A nação asiática é o segundo maior consumidor mundial de petróleo bruto.

Os contratos futuros de petróleo Brent estavam cotados a US$ 59,41 por barril, queda de US$ 1,07, ou cerca de 1,8% de seu último fechamento.

Contratos futuros do petróleo bruto West Texas Intermediate recuavam US$ 1,02, ou cerca de 2%, a US$ 50,57 o barril.

5. May faz apelo final antes do voto do Brexit

A primeira-ministra britânica Theresa May fará um último esforço para convencer os legisladores rebeldes a apoiar seu acordo sobre o Brexit, advertindo que a saída do Reino Unido da União Européia está agora em perigo.

May fará uma declaração ao parlamento às 13h30 (horário de Brasília) antes que os legisladores continuem seu debate sobre seu acordo do Brexit, informou a Sky News.

O caminho futuro do Brexit é incerto, já que o parlamento deve votar o acordo de May na terça-feira. Os resultados possíveis incluem um acordo de última hora, uma saída desordenada, um novo referendo ou a permanência no bloco.

A libra esterlina em queda, com o par GBP/USD caindo para 1,2832 no início do que se espera que seja uma semana altamente volátil.

-- Com Reuters.

Fique por dentro das 5 principais notícias do mercado desta segunda-feira
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail