Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Economia verde é responsável por 22% da carteira de crédito dos bancos

Bolsonaro deve sancionar Orçamento com R$4,9 bi para fundo eleitoral e corte de R$ 3 bi em outras áreas

Economia21.01.2022 16:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Prédio do Congresso Nacional visto sob a moldura de arcos do Palácio do Planalto em Brasília 03/03/2021 REUTERS/Adriano Machado

Por Bernardo Caram e Marcela Ayres

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro deve sancionar o Orçamento de 2022 com a previsão de 4,9 bilhões de reais para alimentar o fundo eleitoral, mas será necessário promover um corte imediato de 3 bilhões de reais em outras áreas do governo, informaram à Reuters duas fontes da equipe econômica que acompanham a finalização do texto.

Após a entrada em vigor do Orçamento, o governo deve fazer um remanejamento nas contas para ampliar o valor do fundo para as campanhas eleitorais de 4,9 bilhões de reais para 5,7 bilhões de reais.

De acordo com os dois membros da pasta, que falaram à Reuters sob condição de reserva, deve ser mantida no texto a verba de 1,7 bilhão de reais para reajustes salariais e reestruturação de carreiras de servidores. O governo previa a concessão desses benefícios a profissionais da segurança pública, mas recentemente tem afirmado que o martelo não foi batido sobre o tema.

O prazo formal para sanção do projeto de lei orçamentária, aprovada pelo Congresso em dezembro, se encerra nesta sexta-feira.

O texto original do Executivo fixava um montante de 2,1 bilhões para o fundo eleitoral, mas o projeto foi alterado pelos deputados e senadores, ampliando essa destinação para 4,9 bilhões de reais.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), etapa anterior da formulação das contas federais, permitia que o fundo de campanha fosse de até 5,7 bilhões de reais.

De acordo com as duas fontes do Ministério da Economia, o valor de 4,9 bilhões de reais será mantido na sanção do texto. Depois, haverá a suplementação nessa conta para que o valor do fundo alcance 5,7 bilhões de reais.

EMENDAS DE RELATOR PRESERVADAS

Nas últimas semanas, cálculos da equipe econômica apontavam que o Orçamento aprovado pelo Congresso precisaria de um corte de até 9 bilhões de reais para recompor gastos subestimados pelos parlamentares, incluindo despesas com pessoal e verbas para a Receita Federal e outros órgãos.

Agora, os dois membros da pasta afirmam que será feito um corte imediato de 3,1 bilhões de reais para recompor despesas obrigatórias com a folha salarial do funcionalismo. O restante da insuficiência poderá ser recomposto por meio de remanejamentos feitos ao longo do ano.

De acordo com uma das fontes, esse veto atingirá emendas parlamentares indicadas por comissões do Congresso e despesas discricionárias de ministérios. As emendas indicadas pelo relator do Orçamento, fixadas em 16,5 bilhões de reais, devem ser preservadas.

A cifra de 1,7 bilhão reservada para reajustes salariais foi incluída no Orçamento após pressão de Bolsonaro para que o governo conceda o benefício a policiais federais, policiais rodoviários federais e agentes penitenciários. A autorização da verba deflagrou uma onda de protestos em outras categorias do serviço público.

A equipe econômica é contra a concessão dos reajustes. Nesta semana, Bolsonaro afirmou que há possibilidade de que servidores federais sejam contemplados com aumentos salariais apenas em 2023.

Bolsonaro deve sancionar Orçamento com R$4,9 bi para fundo eleitoral e corte de R$ 3 bi em outras áreas
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (15)
Michel Gil
Michel Gil 23.01.2022 20:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O investing de forma suja fazendo campanha para o luladrao o cara nao pode nem sair na rua. Exemplo vai no google e coloca o maior ladrao do mundo e olha o resultado. Isso é um absurdo vcs deveriam ser mais isentos.
Douglas Ferraz Passos
Douglas Ferraz Passos 23.01.2022 16:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Sem fundo nao ha governabilidade, tem que haver uma reforma politica mas quem proprio vai cortar na propria carne?! Bolso nao tem alternativa...
Edson Pinheiro Thibes
Edson Pinheiro Thibes 22.01.2022 14:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Este cara só pensa no seu própio eu. É um ser desprezível. Fundo eleitoral? vivemos momentos de trevas, nunca visto desde 1984.
welington felix
welington felix 21.01.2022 21:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É aconselhável parar de ler no título,no..." Bolsonaro DEVE"...Deixa a especulação pra eu fazer no mercado de capitais.
Fernando Felipe Veladas
Fernando Felipe Veladas 21.01.2022 18:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
cortar nos salários dos sanguesugas
Mant Neuman
BombeirAristides 21.01.2022 18:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Isso nunca!!! Chega a ser uma afronta para eles... O Rei da Rachadinha chegou a aumentar o proprio salário e dos milicos amigos em plena pandemia, nunca cortaria nada das mordomias dele e amigos!!
Ana Paula Rope
Ana Paula Rope 21.01.2022 18:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
As matérias da imprensa são sempre especulativas contra o presidente. Se ele vetou Fundão 5.7BI, o congresso recorre ao STF, a culpa e pressão é de quem? Obviamente o presidente vai ter que chegar num valor pq a lei vigente desde o governo petista prevê o tal fundão justamente para proibir a contribuição por caixa 2 de PJ.
Ana Paula Rope
Ana Paula Rope 21.01.2022 18:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Corrigindo o Congresso derrubou o veto do Presidente. Esse pais está uma bagunça! Ninguém respeita mais o executivo.
JONATAS B ALVES
JONATAS B ALVES 21.01.2022 18:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem são os líderes do governo no congresso? Veja primeiro como eles votaram e como eles solicitaram para a base votar a mando do próprio mito e depois venha esclarecer aqui pra gente.
JONATAS B ALVES
JONATAS B ALVES 21.01.2022 18:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem são os líderes do governo no congresso? Veja primeiro como eles votaram e como eles solicitaram para a base votar a mando do próprio mito e depois venha esclarecer aqui pra gente.
JONATAS B ALVES
JONATAS B ALVES 21.01.2022 18:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Quem são os líderes do governo no congresso? Veja primeiro como eles votaram e como eles solicitaram para a base votar a mando do próprio mito e depois venha esclarecer aqui pra gente.
Claudio rocha
Claudio rocha 21.01.2022 18:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
alí ninguém não tá nem aí se é da base aliada ou da oposição, eles só vão satisfazer interesse próprio, e não estão nem aí pra quem vai pagar a conta
Norton Palomares
Norton Palomares 21.01.2022 18:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
BEEEUUUUUUU BRESIDENTHIIIII
Mamoru Uehara
Mamoru Uehara 21.01.2022 17:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
so falta ele esquecer.
Maurício Resende
Maurício Resende 21.01.2022 17:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O que importa é eleição, economia a gente vê depois. Tchá tchá 👉👉👉
Tobias Bundchen
Tobias Bundchen 21.01.2022 17:36
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Centrao é o câncer do país !!!!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail