Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Governo dos EUA atinge teto da dívida em meio a impasse no Congresso

Publicado 19.01.2023, 15:54
Atualizado 19.01.2023, 15:55
© Reuters. Sede do Departamento do Tesouro dos EUA, em Washington
30/08/2020
REUTERS/Andrew Kelly

Por David Morgan

WASHINGTON (Reuters) - O governo dos Estados Unidos atingiu seu limite de endividamento de 31,4 trilhões de dólares nesta quinta-feira, em meio a um impasse entre a Câmara dos Deputados, controlada pelos republicanos, e os democratas do presidente Joe Biden, que pode levar a uma crise fiscal em alguns meses.

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, informou aos lideranças do Congresso, inclusive o presidente da Câmara dos Deputados, Kevin McCarthy, que seu departamento começou a usar medidas extraordinárias de gestão de caixa que podem evitar a inadimplência até 5 de junho.

Os republicanos, com uma maioria recém-conquistada na Câmara, pretendem usar o teto da dívida federal determinado pelo Congresso para exigir cortes de gastos de Biden e do Senado, liderado pelos democratas.

Yellen alertou que a data de junho está sujeita a "considerável incerteza" devido ao desafio de prever pagamentos e receitas do governo com meses de antecedência.

"Peço respeitosamente ao Congresso que aja prontamente para proteger a plena fé e o crédito dos Estados Unidos", disse Yellen aos líderes do Congresso em uma carta nesta quinta-feira.

Mas não houve sinal de que os republicanos ou os democratas de Biden estejam dispostos a ceder.

© Reuters. Sede do Departamento do Tesouro dos EUA, em Washington
30/08/2020
REUTERS/Andrew Kelly

"É algo que deve ser feito sem condições. Não devemos negociar em torno disso. É dever básico do Congresso fazer isso", disse a secretária de imprensa da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, a repórteres .

Em vez disso, os republicanos estão buscando um plano de "priorização da dívida" que buscaria evitar a inadimplência, insistindo ao Tesouro para priorizar o pagamento da dívida e possivelmente outras prioridades, como Previdência Social e Medicare, caso o limite seja violado durante as negociações. Os republicanos esperam concluir a legislação até o final de março.

(Reportagem de David Morgan, reportagem adicional de Jeff Mason)

Últimos comentários

Não era só imprimir mais dinheiro? ,😏
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.