Últimas Notícias
Investing Pro 0
🚨 Nossos dados Pro revelam a melhor ação da temporada de balanços Acesse dados

Últimas Notícias

Entradas em fundos de investimento baseados em criptomoedas seguem em alta; Brasil cai

Ipea: demanda por bens industriais sobe 0,9% de março pra abril

Economia 27.06.2022 19:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.

Agência Brasil - O Indicador de Consumo Aparente de Bens Industriais, divulgado hoje (27) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), registrou alta de 0,9% em abril deste ano, na comparação com o mês anterior. Entre os componentes do consumo aparente, a produção interna destinada ao mercado nacional, denominada bens nacionais, cresceu 0,2%, enquanto as importações de bens industriais cresceram 3,3% no mesmo mês.

“No trimestre móvel, o indicador avançou 0,2% na margem, com queda de 0,3% na produção de bens nacionais e redução de 0,4% nas importações de bens industriais”, indica a pesquisa, elaborada por Leonardo Mello de Carvalho, técnico de Planejamento e Pesquisa da Diretoria de Estudos e Políticas Macroeconômicas (Dimac) do Instituto.

Na comparação com abril do ano passado, a demanda interna por bens industriais caiu 3,7%. Com isso, o trimestre móvel registrou queda de 5% em relação ao mesmo período de 2021. No acumulado em 12 meses com fim em abril, a demanda interna cresceu 1,7% e as importações de bens industriais avançaram 18,7%, enquanto a produção industrial, medida pela Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), acumulou queda de 0,3%.

Grandes categorias

De acordo com o Ipea, nas grandes categorias econômicas, o crescimento em abril foi disseminado. Com exceção da demanda por bens de capital, que recuou 3,3% na margem, todos os demais segmentos tiveram crescimento, destacando bens de consumo duráveis e semi e não duráveis, que subiram 3,5% e 1,2% sobre março, respectivamente. O trimestre móvel encerrado em abril teve desempenho heterogêneo, com destaque também para a demanda por bens de consumo semi e não duráveis (alta de 2,1%), destacou Carvalho.

No que se refere às classes de produção, a demanda interna por bens da indústria de transformação evoluiu 0,9% em abril sobre março. Já a indústria extrativa mineral caiu 1,6% na margem e 8,2% no trimestre móvel. No acumulado em doze meses, as indústrias extrativas subiram 19,6%.

A análise setorial revela que 15 dos 22 segmentos tiveram variação positiva. Os melhores resultados foram observados nos segmentos de aparelhos elétricos e de petróleo e derivados, com altas de 13,4% e 5,7% na margem, respectivamente. Já em relação ao trimestre móvel, 14 segmentos apresentaram crescimento na comparação dessazonalizada, com destaque para o consumo aparente de outros equipamentos de transporte (alta de 9,1%).

Na comparação interanual, oito segmentos mostraram crescimento em abril ante o mesmo mês de 2021. O segmento de químicos foi o destaque, com alta de 12,6%. Em relação ao resultado acumulado em 12 meses, 13 segmentos registraram alta, destacando farmoquímicos, outros equipamentos de transporte e máquinas e equipamentos, com expansão de 13%, 11,9% e 8,1%, respectivamente.

Ipea: demanda por bens industriais sobe 0,9% de março pra abril
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail