Últimas Notícias
Investing Pro 0
OFERTA Cyber Monday: Até -54% no InvestingPro+ GARANTA A OFERTA

Últimas Notícias

Poucos clientes do Credit Suisse fecharam contas, diz presidente-executivo de unidade suíça

Reversão de colapso da confiança no Reino Unido exige reviravolta na política econômica, dizem economistas

Economia 27.09.2022 10:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Ilustração mostra moedas de libra afundando na água 23/05/2022 REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração
 
USD/BRL
-0,03%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
EUR/USD
+0,89%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Andy Bruce e Kate Holton

LONDRES(Reuters) - A confiança dos investidores no Reino Unido só vai se recuperar se o ministro das Finanças, Kwasi Kwarteng, desistir do plano econômico que desencadeou enorme turbulência nos mercados financeiros, alertaram importantes economistas, investidores e bancos nesta terça-feira.

A libra atingiu uma baixa histórica de 1,0327 dólar na segunda-feira e os títulos do governo britânico foram vendidos em um ritmo feroz, conforme os mercados perderam a confiança no novo governo da primeira-ministra Liz Truss. Alguns provedores de hipotecas, incapazes de precificar empréstimos, suspenderam as vendas.

O economista norte-americano Larry Summers disse que o primeiro passo para recuperar a credibilidade era "não dizer coisas incríveis", depois que Kwarteng sugeriu que haveria mais cortes de impostos além dos 45 bilhões de libras em cortes financiados por dívidas que ele anunciou na semana passada.

Summers, ex-secretário do Tesouro dos EUA, apontou o aumento das taxas de juros sobre a dívida britânica como uma "marca de que a credibilidade foi perdida" e disse que a crise afetará a viabilidade de Londres como centro financeiro global.

"Meu palpite é que a libra ficará abaixo da paridade com o dólar e o euro", acrescentou.

Huw Merriman, parlamentar conservador que apoiou o rival de Truss, o ex-ministro das Finanças Rishi Sunak, na corrida para se tornar primeiro-ministro, disse que a vencedora parece estar "perdendo nossos eleitores com políticas contra as quais advertimos".

"Para o bem de nosso país e a subsistência de todos em nosso país, ainda espero estar errado", disse ele no Twitter.

O parlamentar conservador Andrew Bridgen disse à BBC Radio que conversou com Kwarteng desde sexta-feira e que espera que ele corte os gastos do governo nas próximas semanas.

Em resposta à turbulência, o Banco da Inglaterra e o Tesouro divulgaram declarações após o fechamento das bolsas de Londres na segunda-feira, na esperança de tranquilizar os investidores, com o banco central dizendo que não hesitaria em aumentar as taxas de juros, se necessário.

Isso imediatamente derrubou a libra ainda mais, já que alguns investidores apostaram em um aumento emergencial da taxa, embora a moeda tenha se recuperado parcialmente nesta terça-feira.

Os rendimentos dos títulos do governo britânico também caíram acentuadamente, mas revertendo apenas parcialmente os aumentos históricos observados na sexta e na segunda-feira.

O economista Allan Monks, do maior banco dos Estados Unidos, J.P. Morgan, disse que a intervenção verbal do BoE e do Tesouro foi "medida".

"Mas ainda não há um sinal claro de que a fonte do problema -a estratégia fiscal do governo- esteja sendo revertida ou reconsiderada", disse Monks.

"Isso precisará acontecer antes de novembro para evitar um resultado muito pior para a economia."

Chris Scicluna, chefe de pesquisa econômica da Daiwa Capital Markets, disse que não há razão para que os mercados dêem ao governo o benefício da dúvida antes do anúncio fiscal de Kwarteng no final de novembro.

"O mercado pode forçar sua mão e ainda pode haver um aumento de taxa de emergência antes da próxima reunião do BoE", disse ele, referindo-se ao próximo anúncio de política monetária agendado para 3 de novembro.

(Reportagem adicional de Kylie MacLellan)

Reversão de colapso da confiança no Reino Unido exige reviravolta na política econômica, dizem economistas
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (2)
Lamir M B Carvalho
Lamir M B Carvalho 27.09.2022 12:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O Capital é democrático e aberto a todos os que criarem atratividade para o mesmo fluir.
FRANCISCO ATAIDE
FRANCISCO ATAIDE 27.09.2022 11:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se os "mercados" fazem isso na Inglaterra e com a libra, vejo que é inútil reclamar, como tenho feito aqui, pois a ditadura do mercado financeiro é global. Fraqueza politica, liberalismo, falta de controle e tecnologia criaram esse monstro, que mina a democracia, concentra renda e impedem a ascensão social até nos países ricos.
Daniel Sr
Daniel Sr 27.09.2022 11:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ah sim, o correto é acabar com os mercados e fazer uma planificação da Economia a la URSS, algo eficientissimo para a Economia e o bem estar geral. A falta de memória é uma praga mesmo....
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail