Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Últimas Notícias

Equipe da SEC recomenda procedimentos contra Vale sobre gestão no desastre de Brumadinho

Dólar esboça queda com exterior e dados de varejo, mas instabilidade persiste

Moedas08.07.2020 11:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
2/2 © Reuters. . 2/2

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar tentava firmar queda ante o real nesta quarta-feira, depois de um começo de pregão instável no qual replicou a volatilidade vista nas várias últimas sessões.

Às 11:26, o dólar recuava 0,65%, a 5,3504 reais na venda. A moeda abriu em queda de cerca de 0,6%, zerou o movimento, foi à máxima do dia ao subir 0,17%, tornou a cair até a mínima do dia (queda de 1,24%) antes de desacelerar as perdas.

"O BC deveria prestar atenção. A volatilidade intradiária nesse tamanho fez com que os robôs de opções de dólar parassem de colocar preço no mercado. Volatilidade é custo Brasil", disse o gestor Alfredo Menezes, da Armor Capital.

No começo do mês, o diretor de Política Econômica do Banco Central, Fabio Kanczuk, afirmou que a autoridade monetária estava tentando identificar a causa do aumento elevado da volatilidade do câmbio e se ela era eficiente ou não, reconhecendo que esse movimento destoava do nível de volatilidade visto em outros países emergentes.

Há debates no mercado sobre a causa principal para isso, com alguns analistas lembrando a incerteza sobre o "lower bound" e eventuais influências suas no dólar.

O "lower bound" é o patamar de juros abaixo do qual a política monetária perderia eficácia ao estimular a economia. No fim de junho, o presidente do BC, Roberto Campos Neto, disse que o BC entendia o "lower bound" como algo muito dinâmico. A autoridade monetária tem sinalizado que o próximo movimento na Selic será um corte residual.

Em apresentação nesta quarta, Campos Neto afirmou que os fluxos de capitais tendem a se acomodar e melhorar as contas externas do país. Mais fluxo é mais oferta de dólar, o que tenderia a baixar o preço da moeda. Em 2020, contudo, o fluxo cambial ao Brasil segue negativo.

No geral, o sentimento seguia fragilizado pelo ressurgimento de casos de Covid-19 no mundo e pelos riscos de seus potenciais efeitos econômicos.

Christopher Lewis, analista do DailyForex, avalia que a marca de 5,50 reais tem oferecido resistência nas últimas semanas, mas que é "apenas questão de tempo" antes de a moeda superá-la. Esse movimento abriria caminho para a região de 5,60 reais e, eventualmente, para máximas próximas de 6 reais.

"Acho que o nível de 5,0 será uma barreira significativa que deveria atrair muita pressão compradora. No fim, acho que neste momento é muito mais fácil comprar o par dólar/real do que vendê-lo, devido a todos os riscos associados com o Brasil e a América Latina", disse.

Na B3, o dólar futuro tinha queda de 0,52%, a 5,3525 reais.

O dia era marcado ainda pelo resultado das vendas no varejo no Brasil, cujo crescimento acima do esperado para maio fortalecia esperanças de que o pior para a atividade tenha ficado para trás.

As vendas no varejo saltaram 13,9% em maio sobre abril, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), enquanto analistas consultados pela Reuters projetavam acréscimo de 6,0%. Na comparação anual, houve queda de 7,2%, abaixo do tombo de 12,1% previsto.

O BTG Pactual (SA:BPAC11) digital classificou os resultados como "muito acima da expectativa" e avaliou que, apesar do cenário "ainda repleto de incertezas, o forte crescimento deve animar investidores, na medida em que indica uma recuperação da atividade econômica".

Mais cedo, a Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgou que o IGP-DI subiu 1,60% em junho, mais que o esperado, com os preços do atacado acelerando e voltando a se elevar no varejo. A combinação de dados econômicos melhores e leituras de inflação mais altas pode barrar expectativas adicionais de cortes de juros pelo Banco Central, evitando nova deterioração nas análises de risco/retorno para o real.

No exterior, o índice do dólar ante uma cesta de moedas tinha queda de 0,5%. O dólar caía ainda mais contra divisas de risco como peso mexicano e peso chileno --que, assim como o real, se beneficiam de momentos de maior apetite por risco.

(Por José de Castro)

Dólar esboça queda com exterior e dados de varejo, mas instabilidade persiste
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Sidnei Horst
Sidnei Horst 08.07.2020 12:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Lamentavel o uso de robos para especular o cambio e o governo deixar isso passar batido, so mostra a falta de capacidade desse Campos Neto, era so dar umas pauladas na sequencia do dolar que os malandrinho parariam de especular... basta perderem alguns milhoes e aprenderiam, e parariam de fazer mal Pais e a economia em geral... gente que nao agrega nada so tira dinheiro dos outros e travam o bom funcionamento dos negocios!
rosely Almeida
rosely Almeida 08.07.2020 11:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Dólar é melhor ter mas a cotação futura só com bola de cristal!
Lafaete Carvalho
Lafaete Carvalho 08.07.2020 10:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Dolar vai volra para os 5 reais
Pedro Hurwicz
Pedro Hurwicz 08.07.2020 10:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
volara e musica italiana
ivan vargas
ivan vargas 08.07.2020 10:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail