Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Dólar emenda 2ª semana de ganhos com ambiente local conturbado e expectativa por BCs

Moedas17.09.2021 18:04
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Cédula de dólar dos EUA 22/06/2017 REUTERS/Thomas White

Por José de Castro

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em alta contra o real nesta sexta-feira, com investidores mais uma vez evitando exposição antes do fim de semana e de dias que terão como destaque reuniões de política monetária pelo mundo, inclusive no Brasil e nos EUA.

Ainda que tenha fechado a sessão mais caro, o dólar ficou a uma boa distância das máximas do dia, quando foi acima de 5,34 reais, passada parte da reação inicial ao decreto do presidente Jair Bolsonaro que elevou IOF para custear o aumento do valor do novo Bolsa Família --movimento visto no mercado como eleitoreiro.

"A medida, que pegou o mercado de surpresa, está sendo digerida por investidores e, antes de mais nada, coloca em evidência as dificuldades do governo em aprovar fontes de financiamento permanentes para o seu novo programa social", disse em nota Victor Beyruti, que integra a equipe econômica da Guide.

O dólar à vista subiu 0,42%, a 5,2875 reais, máxima desde o último dia 8 (5,3236 reais).

No pico do dia, foi a 5,348 reais (+1,57%), depois de na mínima tocar 5,2516 reais (-0,26%).

Em meio ao intenso noticiário político, operadores terminaram a semana já em modo espera por decisões de política monetária dos próximos dias, com destaque para as reuniões dos bancos centrais brasileiro e norte-americano.

Do lado doméstico, o foco é saber se o BC manterá ritmo forte de alta de juros, o que ajudaria a taxa de câmbio. O Credit Suisse elevou de 8,25% para 9,75% a expectativa para a taxa Selic terminal em 2022.

Nos EUA, a atenção está voltada para se o Fed dará indícios sobre quando cortará a oferta de dinheiro barato em curso desde o ano passado --o que reduziria a disponibilidade de dólares, exercendo pressão de alta na moeda.

Em relatório, estrategistas do Citi mantiveram recomendação "overweight" (acima da média) para o real, bem como para divisas de mercados emergentes, citando que no caso brasileiro a comunicação do Banco Central continua "hawkish" (inclinada a mais altas de juros), o que deve seguir como o principal determinante para o câmbio no curto prazo.

Na semana, o dólar avançou 0,37%, evitando uma correção mesmo depois de ter saltado 1,62% na semana anterior --quando o mercado sentiu o baque da escalada da crise político-institucional após o 7 de Setembro.

Não por acaso, o dólar fechou nesta sexta no maior patamar desde o dia 8, quando os preços dos ativos reagiram violentamente à deterioração da perspectiva local, antes de algum ajuste na sessão seguinte com a divulgação de carta à nação pelo presidente Bolsonaro.

Em meio ao clima mais arisco, o dólar sobe em setembro 2,23%. Em 2021, a cotação se valoriza 1,85%. A expectativa é que a volatilidade cambial se mantenha, especialmente adentrando 2022, o que pode bater na economia real --o que pioraria a avaliação para a taxa de câmbio.

A gestora Rio Bravo baixou suas projeções para o crescimento da economia em 2021 e 2022, argumentando que o cenário econômico brasileiro não deve melhorar de forma "considerável" até o fim do ano que vem, sem perspectiva de alívio "real" no campo político e com a proximidade das eleições presidenciais.

Dólar emenda 2ª semana de ganhos com ambiente local conturbado e expectativa por BCs
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (3)
Ricardo Santos
Ricardo Santos 17.09.2021 19:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aparentemente, dólar elevado até 6 meses após alguém decente sentar na cadeira de presidente
Athanase Patsea
Athanase Patsea 17.09.2021 18:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aparentemente Dolar para cima noa próximos dias...
Mant Neuman
BombeiroAmigo 17.09.2021 18:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Depois da burrada com o juros que está descontrolando a inflação, o Rei da Rachadinha resolveu fazer populismo com aumento de impostos, o que pode gerar mais descontrole econômico ainda.... Burradas dignas de uma Argentina e Venezuela....
Ricardo Santos
Ricardo Santos 17.09.2021 18:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O que se esperar de um Bozo na caideira presidencial?!?
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail