Últimas Notícias
Investing Pro 0
🚨 Nossos dados Pro revelam a melhor ação da temporada de balanços Acesse dados

Dólar sobe 1,89% e fecha a R$ 5,4105 com espera por PEC e fala de Haddad

Moedas 26.11.2022 05:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters Dólar sobe 1,89% e fecha a R$ 5,4105 com espera por PEC e fala de Haddad
 
USD/BRL
+2,02%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
WDOc1
+2,01%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

A novela em torno da PEC de Transição e a falta de declarações mais firmes em favor da responsabilidade fiscal por parte do ex-ministro Fernando Haddad, principal nome cotado para ocupar o ministério da Fazenda, azedaram o humor do mercado nesta sexta-feira, 25. Em alta desde a abertura dos negócios, alinhado ao fortalecimento da moeda americana no exterior, o dólar ultrapassou o teto de R$ 5,40 ao longo da tarde em meio à fala de Haddad em almoço da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), no qual o petista compareceu como representante do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva.

Com máxima a R$ 5,4245, o dólar à vista encerrou o dia em alta de 1,89%, cotado a R$ 5,4105 - acima da linha de R$ 5,40 no fechamento pela primeira vez desde o último dia 17. Apesar de oscilações fortes nas últimas sessões, a divisa termina a semana com variação modesta (+0,66%). Em novembro, o dólar acumula ganhos de 4,73%. Houve melhora na liquidez na volta do feriado de Dia de Ação de Graças ontem nos EUA, com o contrato de dólar futuro para dezembro movimentando mais de US$ 10 bilhões.

Em fala no almoço com banqueiros, Haddad disse que a prioridade de Lula na largada do mandato é a reforma tributária, criticou a "desorganização do orçamento público" no governo Jair Bolsonaro, mas não tocou na questão do teto dos gastos. O ex-ministro afirmou que "não é possível continuar crescendo 0,5% ao ano", ecoando, ainda que indiretamente, a fala de Lula de que é preciso haver metas de crescimento.

Em seguida, Haddad disse a jornalistas que não foi à Febraban discutir a PEC de Transição, mas que Lula "é de diálogo e nunca se opôs à responsabilidade social e fiscal". Seria "mais prudente", contudo, debater a nova âncora fiscal após o desenlace da PEC, segundo ele. "Vamos analisar as demandas da sociedade, analisar também o impacto disso do ponto de vista de juros futuros, de trajetória de dívida e de atendimento da população para chegar a um denominador comum", afirmou o petista. "O presidente Lula foi eleito há 25 dias; PEC não é coisa simples".

Haddad disse que não foi convidado para ser Ministro da Fazenda e que sua relação com o ex-presidente do Banco Central Pérsio Arida, cotado para eventual dobradinha com o petista na equipe econômica, é "ótima desde sempre". Especula-se que Arida possa ocupar o ministério do Planejamento, que deve ser recriado, ou secretária executiva da Fazenda, com Haddad como ministro.

Para o CIO da Alphatree Capital, Rodrigo Jolig, o mercado está "caindo na real" de que Haddad deve ser realmente o próximo ministro da Fazenda, após ter representado Lula na Febraban. Ele considera que o real até tem se comportado bem recentemente na comparação com a Bolsa e, em especial, os juros futuros, que refletem mais o risco fiscal. "Bolsa e juros estão relativamente piores. Dólar deve ter mais espaço para subir se confirmado tudo Haddad na Fazenda", afirma.

Fontes disseram ao Broadcast que o senador Tasso Jereissati protocolou hoje no Senado PEC que amplia em R$ 80 bilhões o limite para gastos em 2023, vista como alternativa ao texto proposto pela equipe de transição de governo. Dado o impasse, voltou a circular a ideia de aprovação de crédito extraordinário para bancar as despesas com o Bolsa Família em 2023. A presidente do PT, Gleisi Hoffman, descartou a possibilidade de um "Plano B" de PEC e disse que vai insistir no caminho da política.

Dólar sobe 1,89% e fecha a R$ 5,4105 com espera por PEC e fala de Haddad
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (6)
Nelson Sousa
Nelson Sousa 27.11.2022 16:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Faz o L ai gadao!
Theo Sck
Theo Sck 26.11.2022 9:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Deviam escalar o Palocci na economia e Delcidio Amaral no combate a corrupcao…kkk
Gabriel Papi
Gabriel Papi 26.11.2022 7:28
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Lula ladrão (corrupto e quadrilheiro) roubou a eleição!
Gabriel Lousada
Gabriel Lousada 26.11.2022 7:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Um desastre se Haddad assume a fazenda. O cara ja falou que ira ocupar terra em SP....
André Paiva
André Paiva 26.11.2022 6:55
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Faz o L mané
Walber Gonçalves
Walber Gonçalves 26.11.2022 6:17
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Lulinha, meu filho, não insista no Haddad, na economia. Pelo amor que vc tem à cachaça.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail