⌛ Perdeu a alta de 13% da ProPicks em maio? Assine agora e receba mais cedo as ações de Junho.Desbloquear ações

Ativa Investimentos atualiza carteira de FIIs revisando alocações de papéis

Publicado 02.06.2020, 10:49
Atualizado 02.06.2020, 11:34
IFIX
-
RBED11
-
JSRE11
-
FAMB11B
-
BPAC11
-
UBSR11
-
HFOF11
-
TGAR11
-
CARE11
-
FTCE11B
-
RBRP11
-
CVBI11
-
BTLG11
-
VVPR11
-

Por Gabriel Codas

Investing.com - A Ativa Investimentos divulgou nesta terça-feira a atualização de sua carteira recomendada de fundos imobiliários, optando por não realizar troca de ativos. Assim, os analistas apenas reequilibraram os pesos dos papéis que fazem parte do portfólio.

Em maio a carteira recomendada obteve um crescimento de +5,0% e o IFIX, seguindo sua retomada gradual, apresentou +2,1% de retorno., com +0,24% do CDI. No acumulado do ano, a Carteira Ativa FII apresenta um retorno de -13,2%, contra -16,9% do IFIX e +1,5% do CDI.

No mês passado, o melhor despenho ficou para Edifício Almirante Barroso FII (SO:FAMB11B), com ganhos de 16,7%, com Brazilian G D Care Services FII (SA:CARE11) ficando na ponta oposta, com queda de 16,9%.

Para a corretora, o cenário de incerteza no mercado financeiro global, ainda que notório, segue apresentando melhoras devido aos sinais de reabertura econômica por todo o mundo. No Brasil, toda a discussão em torno do cenário político contribui para a elevação do nível de incerteza.

Na visão dos analistas, no aspecto econômico, observa-se de maneira positiva o interesse do ministro Paulo Guedes em estabilizar a economia brasileira, pautada na agenda de reformas e compromisso com a responsabilidade fiscal. Quanto ao lado político, as recentes tensões em alguns setores do governo acabam gerando maior nível de incerteza aos agentes econômicos.

Para junho, a corretora revisou as alocações por ativo. A principal alteração foi a diminuição na exposição da carteira em Fundos de Recebíveis, de 36% para 25%. A estratégia é de maior cautela devido à possíveis inadimplências resultantes da crise econômica gerada pela pandemia do novo Coronavírus.

Composição: 15% - Rio Bravo Renda Educacional (SA:RBED11); 10% - VBI CRI (SA:CVBI11), BTG Pactual Logística (SA:BTLG11), CHSG Renda Urbana e TG Ativo Real (SA:TGAR11); 8% - JS Real Estate Multigestão (SA:JSRE11) e V2 Properties (SA:VVPR11); 6% - RBR Properties (SA:RBRP11); 5% - Hedg TOP FOFII 3  (SA:HFOF11), UBS BR Recebíveis (SA:UBSR11) e BTG Pactual (SA:BPAC11) FOF; 4% - CHSG Real Estate e REAG Renda Imobiliária.

Hotel Glória

Um dos símbolos do Rio de Janeiro, o Hotel Glória foi comprado pelo Opportunity Fundo de Investimento Imobiliário (SO:FTCE11B) por cerca de R$ 90 milhões. O FFI é o principal do Opportunity e tem patrimônio estimado em R$ 2 bilhões. As informações são do site Brazil Journal.

A publicação informa que a SIG Engenhariadeve ficar com 10% a 20% de equity e participará de uma concorrência para tocar a obra.

O Glória pertencia ao fundo soberano Mubadala, que recebeu o hotel como pagamento da dívida de Eike Batista em 2013.

O site informa ainda que o Opportunity quer fazer do do Glória um residencial com serviços “pay per use” — de forma a não onerar o condomínio, com apartamentos de diversos metragens, restaurante, co-working e piscina.

Últimos comentários

Carregando o próximo artigo...
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.