x
Últimas Notícias
0

Com grande safra, estoque de suco de laranja do país saltará após mínima histórica

Ações e Financeiro19.05.2017 12:50
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
Com grande safra, estoque de suco de laranja do país saltará após mínima histórica

Por Roberto Samora

SÃO PAULO (Reuters) - Os estoques globais de suco de laranja do Brasil, maior exportador mundial, devem terminar a temporada 2017/18 (julho/junho) com volumes entre 200 mil e 300 mil toneladas, o que significa um aumento de pelo menos 185 por cento na comparação com a projeção para o fechamento da safra atual, que deve encerrar com os menores níveis da história, afirmou nesta sexta-feira a associação de exportadores CitrusBR.

O crescimento se deve a uma forte recuperação esperada na safra de laranja 2017/18 da região citrícola de São Paulo e sudoeste de Minas Gerais, que deverá atingir 364,47 milhões de caixas de 40,8 kg, aumento de quase 50 por cento ante a fraca temporada anterior. Nesta área, estão situadas as principais unidades exportadoras de suco do Brasil.

Com uma safra maior, a produção de suco de laranja congelado e concentrado (FCOJ equivalente) poderia ter forte aumento para 1,1 milhão de toneladas, segundo uma estimativa preliminar que considera a média de rendimento industrial das últimas cinco safras. Em 2016/17, a produção somou 648 mil toneladas, uma queda de 18,4 por cento ante 2015/2016.

O aumento deve ajudar a repor os estoques de suco de laranja do Brasil, "mas sem gerar excedentes", destacou o diretor-executivo da CitrusBR, Ibiapaba Netto.

"O ciclo da cadeia do suco de laranja é muito longo, por isso acreditamos que teremos um equilíbrio nos estoques nos próximos 12 a 18 meses", ressaltou ele em nota.

O executivo explicou que uma previsão mais acurada sobre os estoques em 17/18 será possível após o acompanhamento do desenvolvimento dos frutos ao longo dos próximos meses e variáveis como rendimento industrial, consumo interno de fruta e demanda por suco.

Na melhor das hipóteses (300 mil toneladas), os estoques ainda seriam inferiores aos verificados em junho de 2016, quando somaram 351 mil toneladas. No mesmo período, em 2012, após uma safra abundante, somaram mais de 660 mil toneladas.

A produção total de pouco mais de 1 milhão de toneladas de suco projetada para 17/18 ainda ficaria acima da atual demanda média anualizada de 964 mil toneladas.

Questionado sobre as perspectivas de demanda para a nova safra, Netto afirmou que "é possível" que cresça em relação a 2016/17, "principalmente porque neste ano tivemos restrição na oferta, o que dificultou o ritmo de embarque".

"A esperança para todo setor é que a receita cresça, principalmente porque teremos mais suco disponível. Mas, obviamente, essa é relação que depende totalmente do mercado... porém, acreditamos que os fundamentos estejam bastante sólidos", disse ele, ressaltando que a associação não faz cenários relacionados a preços.

Os contratos futuros do suco de laranja congelado e concentrado negociados em Nova York estão nas mínimas desde maio de 2016, cotados a aproximadamente 140 centavos de dólar por libra-peso, após um pico histórico em novembro do ano passado, de mais de 230 centavos.

As exportações da commodity do Brasil, que responde por cerca de 80 por cento dos embarques globais de suco de laranja, somaram no acumulado da safra de julho de 2016 a abril de 2017 cerca de 1,3 bilhão de dólares, queda de 12 por cento ante o mesmo período do ano passado, amenizada pelos preços mais altos, uma vez que os volumes embarcados recuaram 21 por cento na esteira da menor produção.

(Por Roberto Samora)

Com grande safra, estoque de suco de laranja do país saltará após mínima histórica
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material  relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de registro no futuro, a critério Investing.com.

 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Escreva o que você pensa aqui
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
Postar
Postar também no :
1000
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
Postar 1000
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
 
 
 
Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Anexar um gráfico a um comentário
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Registrar-se com Google
ou
Registrar-se com o e-mail