Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

'Bolsonaro não está dando presente, está emprestando até ganhar a eleição'

Política21.10.2021 17:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. 'Bolsonaro não está dando presente, está emprestando até ganhar a elei

O relator do Auxílio Brasil na Câmara, deputado Marcelo Aro (PP-MG), diz ao Estadão/Broadcast que a solução do presidente Jair Bolsonaro de pagar dois auxílios temporários para turbinar a política social até dezembro de 2022 é claramente eleitoreira e pode prejudicar os beneficiários, que ficam sem nenhuma garantia de recebimento dessas parcelas a partir de janeiro de 2023. "Ele não está dando um presente, está emprestando até ganhar a eleição", critica. Aro fala ainda sobre a necessidade de o novo programa oferecer uma porta de saída para os beneficiários. Confira os principais trechos da entrevista.

O programa Bolsa Família é considerado bem-sucedido. O sr. vê problema nele para mudar o modelo?

É um programa importante, que cumpriu seu papel histórico. Porém, qualquer programa social tem de ir além da proteção social e dar um segundo passo para a transformação social. Que dê porta de saída do programa social.

De que forma?

Se uma pessoa hoje que recebe o Bolsa Família for contratada com carteira assinada, está fora do programa. Se perder o emprego depois de dois meses, vai para o final da fila. Do jeito que escrevi o texto, ela manterá o benefício por dois anos mesmo com o emprego.

Especialistas dizem que o programa está pulverizado, com benefícios que tiram foco do auxílio básico.

O grosso do Orçamento vai para o tripé básico e o restante, para as bonificações. Vamos zerar a fila e atender 17 milhões de família.

O sr. disse querer colocar no texto da MP os valores dos benefícios e das linhas de extrema pobreza.

Para colocar valores, preciso identificar a fonte de receita. Para isso, precisaria trabalhar em conjunto com o Ministério da Economia. E eles não jogam junto com o Parlamento. Não tenho informação nenhuma. Se subir a faixa de extrema pobreza de R$ 89 per capita para R$ 105, que é minha vontade, quantos novos impactados teremos? Não sei. Tem cabimento decidirem fazer dois auxílios temporários extrateto e o relator do programa receber a notícia pela imprensa?

É um desenho eleitoreiro?

Não tenho dúvida. Se vão fazer dois benefícios temporários até dezembro de 2022, não estão fazendo política de Estado.Para quem está na ponta, sem dinheiro para comprar comida, o dinheiro não tem carimbo eleitoral ou não eleitoral.

Qual é o prejuízo de se ter um programa temporário?

É, depois de ele findar, regredir. Eu serei contra os valores que Bolsonaro vai anunciar? Não, sou favorável. Mas vou me posicionar com a crítica. Ele não está dando um presente, está emprestando até ele ganhar a eleição. Se o governo estivesse preocupado com a camada mais vulnerável, buscaria uma solução permanente. (O beneficiário) vai chegar em outubro de 2022 (quando ocorrerão as eleições) felizão com o presidente. Deu dezembro, 'amigão, agora você volta a receber os R$ 189'. E aí?

Em março, com quase 4 mil mortos por covid-19 por dia, o auxílio foi de R$ 250 em média. Com a pandemia melhorando, vai ser de R$ 400?

Fico feliz que o presidente ouviu meus apelos para um tíquete que de fato impacte a vida do mais vulnerável. Ele chegou a falar em R$ 300, falei 'é pouco'. Aumentou para R$ 400, quem sabe ele escuta a minha voz, que falava desde o começo em R$ 500. Só acho que tem que ser política de Estado, não pode ser temporário.

Como fazer algo permanente de R$ 500 se um de R$ 400 tem parte fora do teto de gastos?

Com organização, planejamento e decisão estratégica do Ministério da Economia. O Brasil precisa entrar no debate de quem priorizar.

Só o governo ou Congresso também?

O governo é que propõe, sobretudo nessas grandes matérias. O governo poderia ter proposto ideias melhores, priorizado aqueles que de fato precisavam. Tem quatro anos de governo, e ele mandou uma medida provisória para mudar o programa social do País faltando um ano para o governo terminar. Sou favorável a benefício de R$ 500, mas dentro do teto. Vemos imagens de pessoas em busca de ossos e restos de comida.

Há engajamento do Congresso para resolver esses problemas?

O Parlamento tem essa preocupação, mas as grandes mudanças estruturais do País vêm como proposição do Executivo.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

'Bolsonaro não está dando presente, está emprestando até ganhar a eleição'
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (16)
Robison Luis
Robison 24.10.2021 10:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O desgoverno deste vagabundo incompetente é horrível, o pior da história do nosso país, e ainda assim ele consegue acreditar que comprando votos ao preço de 400 reais as pessoas que vão receber irão realmente votar nele.
Mant Neuman
BombeiroAristide 23.10.2021 9:21
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Precisa ser muito otário para acreditar que um auxílio que tem recurso até o fim da eleição é feito pensando no povo.
Francisco Aguiar
Francisco Aguiar 23.10.2021 9:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
*Brasil resistindo e suplantando completamente a pandemia, ao desespero das tetas vazias, ao desespero da esquerda-canhota derretendo a olhos vistos, ao desespero da imprensa maldita que não recebe mais PROPINA! O presidente BOLSONARO olhando firmemente, de verdade, para classe pobre, para a massa desvalida com um auxílio de 400,00 que fica e ficará todo, todinho, aqui no nosso BRASIL, dentro de nossas fronteiras, na nossa economia ao invés de ser literalmente doado, como fizeram os corruptos e ladrões petistas e comunas que DOARAM todo o nosso dinheiro, SOMAS E CENTENAS DE BILHÕES DE REAIS para CUBA, para VENEZUELA, e para BOLÍVIA, para os amigos do tal maldito FORO de SP. Em 2022 vamos tirar TODOS os pache cuzinhos, nonhos, alcolumbres da politica. COM BILHÕES de investimento, em 2022, vamos avançar AINDA MAIS em nosso Brasil. Parabéns Guedes por não se acovardar como os ratos que zarparam. VIVA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA BOLSONARO!*🇧🇷🇧🇷
Paulo Pozo
Paulo Pozo 22.10.2021 15:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Perdoais o estadaõ .eles nao sabe o que fala
Regis Oliveira
Regis Oliveira 22.10.2021 11:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
que canal de notícias tendencioso.....são esquerdista escancarado
Allan Cezar
Allan Cezar 22.10.2021 10:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Ele era do partido socialista (PSC), a ideologia dele sempre foi de esquerda. O presidente abraçou o Paulo Guedes para vender seu liberalismo falso e se eleger contra o PT. A esquerda deveria estar feliz, mas não está porque não sabe ser esquerda, sabe apenas ser "do contra" quando não está no poder. Como criança mimada. Eu não voto nele, pois Bolsonaro é claramente um esquerdista.
Gilson Mendonça
Gilson Mendonça 22.10.2021 9:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Criolo - Mariô - "Eles dão o doce para depois tomar..."
Antenor Reis
Antenor Reis 22.10.2021 9:42
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
e eu não tenho dúvidas disso, só até esse maluco ganhar as eleições
elton szweryda santos
elton szweryda santos 22.10.2021 7:22
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
quanta mesquinhes nos comentários e na matéria, esse pessoal que recebe é muito, muito pobre, miseráveis
Milton Heyde de Macedo
Milton Heyde de Macedo 22.10.2021 4:48
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O congresso votou e aprovou as emendas de relator de 30 bilhões fundo eleitoral 4 bilhões fundo partidário de 4 bilhões e NÃO VOTOU NADA quanto ao bolsa família mais robusto porque só pensa em corrupção, apenas 400 deputados e 50 senadores por isso o Brasil está onde está!!
Rogerio Falha Sanches
Rogerio Falha Sanches 21.10.2021 19:30
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Não sou economista mas basta pensar um pouco que deu um tiro na cabeça! Aumentar em 100 reais fez e fará disparar dólar, inflação, juros e na contramão recessão e desemprego ! E isso é que vai contar na hora do voto
Gerson Santos
Gerson Santos 21.10.2021 19:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
ele vai cair e do cavalo ...
Mant Neuman
BombeiroAristide 21.10.2021 19:01
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
No desgoverno da Rachadinha não tem roubo pq a lei anti corrupção é alterada. Não tem calote pois alteraram a lei dos precatórios. Não tem furo do teto pois rasgaram a lei do teto de gastos. Desgoverno corrupto e sem lei.
Mamoru Uehara
Mamoru Uehara 21.10.2021 19:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
so besta pra votar nele e depois perderem o bolsa familia. pq depois que ganhar vai retirar tudo. pq nunca mais iria ganhar
Ricardo P Silveira
Ricardo P Silveira 21.10.2021 17:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
#BolsonaroSocialista não passa de um Lula sem barba nessa VENEZUELA que se transformou ; )
Mant Neuman
BombeiroAristide 21.10.2021 17:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Auxilio até 2022 é roubo!!!!
Ronny Petterson
Ronny Petterson 21.10.2021 17:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
roubo foi oque PT fez por 13 anos seu tonto
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail