Últimas Notícias
0

Cielo tem queda de 18% no lucro do 2º tri, com recuos em volume de transações e recebíveis

Ações31.07.2018 07:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. .

Por Aluisio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - Uma nova rodada de queda no volume de transações com cartões de débito e nas receitas com antecipação de recebíveis fizeram a Cielo (SA:CIEL3) registrar queda no lucro do segundo trimestre, com a líder no mercado de meios de pagamentos no Brasil sofrendo crescente concorrência no setor e gastando mais para defender mercado.

A Cielo informou nesta segunda-feira que seu lucro ajustado do período somou 817,5 milhões de reais, recuo de 17,8 por cento ante mesma etapa de 2017. A companhia também anunciou que vai pagar 3,5 bilhões de reais em dividendos e juros sobre capital próprio referentes a este ano.

O desempenho operacional da companhia medido pelo Ebitda (lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização, na sigla em inglês) foi 1,147 bilhão de reais de abril a junho, queda de 10,3 por cento na comparação anual. A margem Ebitda seguiu a trajetória já longa de declínio, caindo seis pontos percentuais ano a ano, para 39,2 por cento.

O volume de transações de contas pagas por meio dos terminais da Cielo no trimestre foi 5,9 por cento menor do que em igual etapa do ano passado, movimento puxado pelo recuo nas operações com cartão de débito.

Além de lidar com a lenta recuperação da economia doméstica, a Cielo também enfrentou os efeitos da greve dos caminhoneiros, em maio, que impactaram "negativamente os números", embora a empresa não tenha detalhado o impacto.

A base de terminais de pagamentos (POS) da empresa caiu 1,77 milhão para 1,6 milhão em 12 meses encerrados em junho. A queda não foi maior devido ao início da venda de terminais Stelo, para microempreendedores. O movimento reflete em parte o esforço da Cielo de se concentrar em clientes maiores, limpando da base clientes que movimentam menos e dão pouca receita.

Consequentemente, além da queda na captura de transações, a Cielo teve no segundo trimestre uma queda anual de 29,4 por cento na aquisição de recebíveis, para 405,2 milhões de reais. Isso porque grandes clientes demandam menos antecipação de recursos.

Além da queda na receita, as despesas operacional subiram 14,2 por cento, para 428,3 milhões de reais, com um salto de 105,5 por cento nos gastos com vendas e marketing.

Os números chegam poucos dias após o diretor-presidente da Cielo, Eduardo Gouveia, ter surpreendido o mercado ao anunciar a renúncia ao cargo no último dia 13, após um ano e meio no comando da companhia, alegando questões familiares. Clovis Poggetti Junior, vice-presidente de finanças e de relações com investidores, acumula o cargo interinamente.

A saída se deu num momento de forte pressão sobre a Cielo, diante da multiplicação de rivais no mercado de meios eletrônicos de pagamentos e de ações regulatórias do Banco Central destinadas também a ampliar a concorrência.

Apesar da pressão concorrencial, a Cielo afirmou em seu relatório de resultados que a saída de Gouveia "em nada muda os passos a serem dados pela companhia" e que "trabalha para sustentar a sua liderança".

Falando à Reuters, Pogetti Junior afirmou que a empresa já vendeu 100 mil unidades dos terminais da Stelo, o que já ajudou a base total de equipamentos da empresa a subir entre abril e jnho, a primeira alta em 10 trimestres.

O executivo revelou ainda que a partir de agosto a Cielo passará a vender cartões pré-pagos para atender comerciantes de pequeno porte e microempreendedores.

"Com isso vamos atender principalmente clientes que não têm conta bancária", disse o executivo.

Segundo ele, o mercado de meios de pagamentos segue sofrendo os efeitos da elevada 'mortalidade de clientes', pequenos lojistas que fecham as portas, especialmente devido ao cenário ainda adverso da economia.

(Por Aluísio Alves)

Cielo tem queda de 18% no lucro do 2º tri, com recuos em volume de transações e recebíveis
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Registrar-se com Google
ou
Registrar-se com o e-mail