Últimas Notícias
Investing Pro 0
OFERTA Cyber Monday: Até -54% no InvestingPro+ GARANTA A OFERTA

Credit Suisse recupera parte das perdas após afundar nesta segunda; entenda

Ações 03.10.2022 12:20
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.
 
CSGN
-4,17%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
UBSG
-1,06%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Geoffrey Smith 

Investing.com – As ações do Credit Suisse afundaram na abertura das negociações em Zurique nesta segunda-feira e o custo do seguro contra uma quebra da instituição explodiu, depois que as garantias fornecidas pela alta gerência do banco, ao longo do fim de semana, não conseguirem acalmar os temores em relação à sua estabilidade.

Às 12h17 de Brasília, os papéis do Credit Suisse (SIX:CSGN) recuperaram parte das perdas e se desvalorizavam 0,70%, mas chegaram a tocar no dia uma nova mínima histórica, após seus contratos de swap de crédito, que rastreiam o custo do seguro contra um não pagamento da sua dívida pelos próximos cinco anos, atingirem a máxima recorde em torno de 350 pontos-base, de acordo com algumas cotações.

O Credit Suisse está enfrentando dificuldades para superar diversos obstáculos comerciais nos últimos anos. Além dos enormes prejuízos causados por sua exposição às gestoras Archegos Capital Management e Greensill Capital, que faliram, vários reveses relacionados à sua reputação agravaram ainda mais credibilidade da instituição, como a briga entre o então CEO Tidjane Thiam e o diretor-geral de gestão de patrimônio, Iqbal Khan. Thiam deixou o banco em desgraça, enquanto Khan resolveu desertar e ingressar no rival UBS (SIX:UBSG).

LEIA MAIS: Credit Suisse à beira da falência? Rumores preocupantes para assistir de perto

Os rumores mais recentes envolvem temores de que o banco possa estar do lado errado de operações com derivativos de taxas de juros de longo prazo, que dispararam nas últimas semanas.

O CEO Ulrich Koerner, que deve anunciar uma grande reestruturação da companhia no fim deste mês, escreveu uma carta aos colaboradores, na sexta-feira, garantindo que o banco tinha um balanço sólido o suficiente para resistir à atual volatilidade. O periódico Financial News afirmou que documentos do Credit Suisse apontavam para um excedente de capital regular de US$ 100 bilhões e expectativas de que seu índice de capital principal, uma medida de força financeira, permanecerá bem acima dos níveis mínimos regulatórios, entre 13% e 14% durante o resto do ano.

“O banco está atualmente executando diversas iniciativas estratégicas, como potenciais desinvestimentos e vendas de ativos”, declarou Koerner em seu memorando. “O objetivo é criar um grupo mais ágil e focado, com uma base de custo absoluta significativamente menor”.

A divulgação do memorando, ampliado e exagerado nas redes sociais, já havia provocado uma reviravolta das ações e nos CDS da companhia na sexta-feira.

O Financial Times noticiou, na segunda-feira, que Koerner e outros altos executivos passaram grande parte do fim de semana fornecendo garantias similares aos maiores investidores do banco, enquanto o Daily Telegraph informou que órgãos reguladores do Reino Unido entraram em contato com seus homólogos na Suíça para saber mais sobre a situação do banco.

O Telegraph disse que o banco “está satisfeito por não ter havido grandes desdobramentos recentes e que a especulação foi motivada pelo comunicado do sr. Koerner”.

Credit Suisse recupera parte das perdas após afundar nesta segunda; entenda
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Welington Felic
Welington Felic 03.10.2022 14:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fala pr o credit que o Brasil avaliou o rating deles e o rebaixará pra menos.Mas se precisar de ajuda tamoos ai com 360 bi de merreca de dolar… vai?!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail