Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Coreia do Norte lança míssil balístico intercontinental após visita de Biden à Ásia

Gerais 25.05.2022 09:10
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Míssil balístico disparado pela Coreia do Norte durante teste, em imagem divulgada pela agência oficial norte-coreana KCNA em 10 de outubro de 2021 KCNA via REUTERS

Por Hyonhee Shin e Soo-hyang Choi

SEUL (Reuters) - A Coreia do Norte disparou três mísseis nesta quarta-feira, incluindo um que se acredita ser seu maior míssil balístico intercontinental, depois que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, encerrou uma viagem à Ásia onde concordou com novas medidas para deter o país com armas nucleares.

O vice-conselheiro de segurança nacional da Coreia do Sul, Kim Tae-hyo, disse que a Coreia do Norte também parece ter realizado vários experimentos com um dispositivo de detonação em preparação para seu sétimo teste nuclear, mas que é improvável que o teste ocorra nos próximos dias.

Em resposta aos lançamentos de mísseis, os Estados Unidos e a Coreia do Sul realizaram exercícios de disparo real, incluindo testes de mísseis superfície-superfície envolvendo o Sistema de Mísseis Táticos do Exército dos EUA (ATACMS) e o Hyunmoo-2 SRBM sul-coreano, disseram militares dos dois países.

Eles também fizeram outras demonstrações militares de força, como dezenas de caças em uma formação "Elephant Walk", destacando a política mais dura do novo presidente sul-coreano, Yoon Suk-yeol, sobre os testes de armas acelerados da Coreia do Norte.

Seu antecessor, o liberal Moon Jae-in, apostou em uma tentativa malsucedida de se envolver com Pyongyang, mas começou a realizar mais demonstrações de força militar nos últimos dias de seu governo este ano, depois que a Coreia do Norte testou uma série de mísseis.

Yoon, que tomou posse em 10 de maio, garantiu promessas em uma cúpula com Biden no fim de semana de que os EUA aumentariam os exercícios militares conjuntos e implantariam mais "ativos estratégicos" --normalmente bombardeiros, submarinos ou porta-aviões com capacidade nuclear-- para a região se necessário para deter a Coreia do Norte.

"A demonstração de força de nossos militares foi destinada a destacar nossa determinação de responder firmemente a quaisquer provocações norte-coreanas, incluindo um lançamento de ICBM, e nossa capacidade e prontidão esmagadoras para realizar um ataque cirúrgico na origem da provocação", disse o chefe do Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul em um comunicado.

Em um telefonema com o secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, o chefe de defesa da Coreia do Sul pediu a implantação de ativos estratégicos norte-americanos e disse que ambos os lados concordaram em reforçar a dissuasão dos EUA para combater as provocações norte-coreanas, disse o Ministério da Defesa de Seul.

A Coreia do Norte realizou uma série de lançamentos de mísseis este ano, de armas hipersônicas a testes de disparo de seus maiores mísseis balísticos intercontinentais (ICBMs) pela primeira vez em quase cinco anos.

Autoridades de Washington e Seul também alertaram recentemente que a Coreia do Norte parecia pronta para retomar os testes de armas nucleares pela primeira vez desde 2017, possivelmente durante a visita de Biden, sua primeira à Ásia como presidente.

Coreia do Norte lança míssil balístico intercontinental após visita de Biden à Ásia
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail