Últimas Notícias
0

Japão rejeita exigência de desculpas por "mulheres de conforto" sul-coreanas

Mundiais12.02.2019 09:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Secretário-chefe de gabinete japonês, Yoshihide Suga, em entrevista coletiva em Tóquio

TÓQUIO (Reuters) - O Japão disse nesta terça-feira que apresentou uma queixa à Coreia do Sul depois que um parlamentar sul-coreano disse que o imperador japonês deveria se desculpar às "mulheres de conforto" obrigadas a servir em bordeis militares japoneses durante a Segunda Guerra Mundial.

As relações entre o Japão e a Coreia do Sul, ambos aliados dos Estados Unidos, azedaram em meio a uma desavença crescente sobre seus históricos na guerra – o que inclui a ocupação japonesa da península coreana entre 1910 e 1945 e o uso das mulheres de conforto, muitas delas coreanas.

O presidente da Assembleia Nacional sul-coreana, Moon Hee-sang, disse em uma entrevista à Bloomberg na semana passada que o imperador japonês Akihito, "como filho do principal culpado por crimes de guerra", deveria pedir desculpas às mulheres antes de renunciar no final de abril.

Este seria um sinal de que Tóquio quer encerrar a longa disputa, disse Moon.

O Japão lutou na Segunda Guerra Mundial em nome do imperador Hirohito, pai de Akihito.

O secretário-chefe de gabinete japonês, Yoshihide Suga, disse em uma coletiva de imprensa na capital nesta terça-feira que os comentários de Moon foram "extremamente lamentáveis".

"Protestamos fortemente, já que seus comentários têm um conteúdo absolutamente inadequado e são extremamente lamentáveis", disse Suga.

"Ao mesmo tempo, exigimos um pedido de desculpas e a retirada de seus comentários."

Também nesta terça-feira o Ministério das Relações Exteriores sul-coreano disse que Moon estava salientando a necessidade de Tóquio mostrar uma "atitude sincera" para curar as feridas.

Em 2015 a Coreia do Sul chegou a um acordo com o Japão para resolver a disputa, segundo o qual este último se desculpou às vítimas e providenciou o equivalente a 9 milhões de dólares a um fundo para ajudá-las.

Mas algumas vítimas recusaram o dinheiro, dizendo que as desculpas não foram sinceras, e em 2017 o atual governo de Seul disse que o acordo é falho.

"Nosso governo continuará se esforçando para fomentar relações voltadas para o futuro, ao mesmo tempo incentivando uma solução inteligente para questões do legado histórico", disse o porta-voz do ministério, Roh Kyu-deok, em um boletim.

O relacionamento entre os dois gigantes do leste asiático também se deteriorou depois que o principal tribunal da Coreia do Sul se pronunciou no ano passado a favor dos sul-coreanos que pedem indenizações de empresas japonesas pelo trabalho forçado durante a guerra.

(Por Kaori Kaneko; reportagem adicional de Hyonhee Shin em Seul)

Japão rejeita exigência de desculpas por "mulheres de conforto" sul-coreanas
 

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias ou ataques pessoais dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Registrar-se com Google
ou
Registrar-se com o e-mail