🚀 Ações escolhidas por IA em alta. PRFT com alta de +55% em 16 dias. Não perca as ações de junho!Acessar lista completa

Lira diz que reforma tributária pode ter dois relatores ou dois grupos de trabalho

Publicado 24.04.2024, 11:49
Lira diz que reforma tributária pode ter dois relatores ou dois grupos de trabalho

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou, nesta quarta-feira, 24, que estão na mesa duas alternativas para os parlamentares a partir das propostas que forem apresentadas pelo Ministério da Fazenda sobre a regulamentação da reforma tributária.

A informação foi dita em um debate com empresários da Confederação de Associações Empresariais e Comerciais do Brasil (CACB), na capital federal.

Segundo o deputado, uma das opções é designar dois relatores, um para cada projeto de regulamentação, caso o governo de fato apresente dois textos. A outra possibilidade é de que a Câmara crie dois grupos de trabalho, com seis parlamentares cada, para discutir as regras.

Perguntado sobre a tributação para empresas do setor de tecnologia e inovação, Lira assegurou que haverá solução para casos imprescindíveis que envolvam regimes excepcionais, mas disse que a reforma terá restrições. Segundo ele, a preocupação é "premente" com "setores vitais para o desenvolvimento do País".

"O problema é a reforma virar um metrô. É fácil dizer sim, difícil é dizer não", disse Lira, que se referiu à reforma tributária como uma "Kombi". "Na Kombi, só cabem oito pessoas, e não 800. E todo mundo quer entrar."

O presidente da Câmara também disse aguardar que a reforma tributária continue com segurança jurídica após a aprovação da regulamentação. Ele comentou que "muitas vezes a reforma foi desacreditada", mas salientou que não cansa de elogiar as novas regras porque a reforma "trará frutos a este País".

Lira fez as declarações na data em que se prevê a apresentação das propostas pelo Ministério da Fazenda. A reforma tributária foi aprovada no ano passado, e o próximo passo é regulamentar temas como a cesta básica nacional, o cashback de impostos, e o "imposto do pecado".

Os textos devem tramitar inicialmente na Câmara e, em seguida, ser submetidos à análise dos senadores.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.