🔮 Melhor do que Buffett? Nosso Preço-Justo achou essa joia com +42% 5 meses antes deleLibere o preço-justo

ANÁLISE-Economia em dificuldades aguarda vencedor das eleições no Reino Unido

Publicado 22.05.2024, 17:32
© Reuters.
GBP/USD
-

Por William Schomberg

LONDRES (Reuters) - Os vencedores da eleição britânica em 4 de julho terão que lidar com uma economia que parece presa em um ciclo de crescimento lento e com altos níveis de dívida limitando a capacidade do governo de estimular uma recuperação significativa. 

Após o golpe da crise financeira global entre 2007 e 2009, a sexta maior economia do mundo foi afetada pela decisão de deixar a União Europeia em 2016, a pandemia de Covid-19 e os aumentos do preço da energia e dos alimentos em 2022. 

O desempenho econômico do Reino Unido desde a crise de coronavírus foi o mais fraco entre as economias do G7, com exceção da Alemanha, que também foi fortemente atingida pelo salto dos preços de energia após a invasão da Rússia à Ucrânia. 

E a incapacidade do país de manter o ritmo de seus pares em termos de crescimento de produtividade contribuiu para um distanciamento de padrão de vida em comparação com outros países europeus. 

Pessoas com renda média no Reino Unido são 20% mais pobres que seus equivalentes na Alemanha e 9% na França, segundo pesquisa da Fundação Resolution, do Centro para Performance Econômica e da Fundação Nuffield.

O primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, sofrendo para reverter uma imensa desvantagem nas pesquisas de opinião, tentou animar os eleitores ao dizer que a economia está virando uma página após uma curta e superficial recessão no segundo semestre do ano passado. 

Em um discurso para anunciar a eleição, Sunak mencionou uma queda na inflação para quase 2%, segundo dados publicados nesta quarta-feira -- de um pico superior a 11% em 2022 -- como prova de que os seus planos estão funcionando. 

“Estabilidade econômica sempre foi apenas o começo”, disse. “A questão agora é como e em quem vocês confiam para transformar essa fundação em um futuro seguro para vocês, sua família e para o nosso país”. 

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu no primeiro trimestre de 2024 e a queda da inflação abriu a possibilidade de que o Banco da Inglaterra corte taxas de juros pela primeira vez desde 2020. 

Mas parece provável que a recuperação seja interrompida. O Fundo Monetário Internacional (FMI) projetou nesta semana crescimento de 0,7% em 2024 e 1,5% em 2025, bem abaixo da média de 2,75% de antes da crise financeira global. 

O Partido Trabalhista, principal legenda de oposição e liderando as pesquisas, culpa os conservadores, de Sunak, pelo que deve ser a primeira queda em padrão de vida entre uma eleição nacional e outra desde pelo menos os anos 1950.  

O líder trabalhista, Keir Starmer, afirma que transformará o Reino Unido na economia de crescimento mais rápido do G7 atraindo investimento privado que, segundo ele, foi retido por causa da turbulência política desde a votação do Brexit sob o comando dos conservadores. 

Em 2022, o investimento empresarial britânico ficou abaixo do seu patamar em 2016, em contraste com as outras economias do G7 que tiveram um aumento médio de 14% durante aquele período.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.