Libere dados premium: até 50% de desconto InvestingProGARANTA JÁ SUA OFERTA

Hedge funds gigantes têm ganhos em abril, apesar da volatilidade

Publicado 17.05.2024, 12:07
XAU/USD
-
US500
-
AMZN
-
NVDA
-
GC
-
HG
-
CL
-

Por Nell Mackenzie e Summer Zhen

LONDRES/HONG KONG (Reuters) - Grandes hedge funds globais prolongaram em abril o forte desempenho do primeiro trimestre, a despeito de o mês ter sido turbulento para os mercados de ações em todo o mundo em meio a mudanças nas expectativas de política monetária.

O Citadel, de Ken Griffin, viu seu Fundo Wellington subir 2% em abril, elevando seus retornos este ano para 7,8%. Suas outras estratégias, incluindo uma estratégia global de ações, também registraram ganhos em abril e no quadrimestre, disse uma fonte familiarizada com o assunto.

A Millennium Management, do rival Izzy Englander, subiu 1,1% em abril e 4,8% até agora neste ano, de acordo com uma nota do HSBC Alternative Investment Group. Um fundo flagship da gigante Schonfeld Strategic Advisors encerrou abril com ganho de 0,5%, subindo 6,8% no acumulado do ano.

Esses fundos tiveram um desempenho melhor que a média. O Índice Composto Ponderado de Fundos HFRI, que acompanha uma série de estratégias de hedge funds em todo o mundo, registrou um declínio de 0,6% em abril.

Os hedge funds de ações monitorados pelo fornecedor de dados HFR caíram, em média, 1,6% no mês passado, indicando que os grandes hedge funds foram mais capazes de navegar o período mais negativo no mercado.

O S&P 500, uma das referências do mercado acionário norte-americano, caiu 4% em abril, liderando as perdas no mês, com investidores reduzindo o risco devido a preocupações de que as taxas de juro devem permanecer elevadas durante mais tempo e as tensões no Oriente Médio vão escalar.

Ainda assim, a volatilidade do mercado criou oportunidades para hedge funds  que assumem posições tanto de alta como de baixa. 

O fundo global de negociação de títulos em dificuldades e descontados, Shiprock Capital Management, obteve um retorno de 4,7% em abril, elevando o total até agora este ano para 18%.

Alguns investidores capitalizaram a recuperação de megacaps nos EUA como a Nvidia (NASDAQ:NVDA) e Amazon (NASDAQ:AMZN).

A Cinctive, com sede em Nova York, subiu cerca de 2% em abril e cerca de 9% no acumulado do ano, com o desempenho impulsionado principalmente por ações, incluindo tecnologia e finanças, de acordo com uma fonte familiarizada com o assunto.

Além disso, uma recuperação nas matérias-primas, desde o ouro e o petróleo até o cobre, também ajudou o desempenho dos hedge funds, afirmaram participantes no mercado.

No entanto, nem todos os hedge funds tiveram um bom mês. Os principais fundos do Exodus Point, com sede em Nova York, e do Marshall Wace, com sede em Londres, caíram 0,2% e 0,5%, respectivamente, em abril, mas subiram 1,9% e 7,4%, respectivamente, no ano até agora, de acordo com uma carta de investidores e uma fonte.

(Reportagem de Summer Zhen e Nell Mackenziem, com reportagem adicional de Carolina Mandl)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.