Últimas Notícias
Garanta 40% de desconto 0
🔎 Confira as ProTips completas de NVDA e descubra riscos e retornos DESCONTO de 40%

Novos títulos da Argentina recuam em meio a preocupação dos investidores com questões cambiais

Publicado 22.09.2020 08:26
Salvo. Ver Itens salvos.
Esse artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. (Blank Headline Received)

Por Walter Bianchi e Hernan Nessi

BUENOS AIRES (Reuters) - Os títulos internacionais recém-emitidos da Argentina voltaram a cair, com os investidores avaliando os riscos crescentes para a recuperação econômica do país e as reformas de mercado necessárias após a implementação de controles de capital mais rígidos na semana passada.

Os novos títulos, emitidos no início do mês após uma reestruturação bem-sucedida de uma dívida de 65 bilhões de dólares, têm recuado desde então, em linha com as perdas registradas em alguns dos eurobônus no dia.

Os rendimentos dos títulos se acentuaram para cerca de 13,5%, ante patamar de cerca de 11% quando foram emitidos pela primeira vez, disseram operadores na segunda-feira.

A fraqueza ressalta a preocupação dos investidores com o país sul-americano produtor de grãos, apesar de sua reformulação das dívidas externa e local, com foco recentemente em medidas de aperto dos controles cambiais e restrição do acesso já limitado a dólares.

O banco central da Argentina limitou o acesso pessoal e corporativo à moeda estrangeira na semana passada em uma tentativa de conter uma queda perigosa nas reservas argentinas. Isso fez com que muitos bancos comerciais suspendessem totalmente as vendas em dólares à medida que se adaptam às novas regras.

Novos títulos da Argentina recuam em meio a preocupação dos investidores com questões cambiais
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por esse motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir esse gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar esse comentário

Diga-nos o que achou desse comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail