Garanta 40% de desconto
🚀 6 ações que subiram +25% no 1º tri selecionadas pela nossa IA. Quais ações vão subir no 2º tri?Não perca a lista completa

China planeja sanções aos CEOs da Boeing Defense e Raytheon por vendas de armas à Taiwan

Publicado 16.09.2022, 17:22
Atualizado 16.09.2022, 17:25
© Reuters.

PEQUIM (Reuters) - A China irá impor sanções aos presidentes-executivos da Boeing Defense e da Raytheon (NYSE:RTX) (BVMF:RYTT34) por seu envolvimento nas últimas vendas de armas dos Estados Unidos à Taiwan, disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores nesta sexta-feira.

As sanções contra o presidente-executivo da Boeing Defense, Ted Colbert, e o chefe da Raytheon Technologies, Gregory Hayes, são uma resposta à aprovação do Departamento de Estado norte-americano em 2 de setembro da venda de equipamentos militares para Taiwan.

Essas vendas incluem 60 mísseis antinavios e 100 mísseis ar-ar, os quais os principais fornecedores, respectivamente, são Boeing Defense, uma divisão da Boeing, e a Raytheon.

Colbert e Hayes serão sancionados "para proteger a soberania e os interesses de segurança da China", disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Mao Ning, citando o envolvimento deles "nessas vendas de armas".

Mao não detalhou o que as sanções implicariam ou como elas seriam aplicadas. Nenhuma das empresas vende produtos de defesa para a China, mas ambas têm negócios robustos de aviação comercial no país.

A China já havia sancionado a Raytheon, a Boeing Defense e indivíduos não especificados envolvidos na venda de armas para Taiwan.

Um porta-voz da Raytheon não comentou. A Boeing (NYSE:BA) (BVMF:BOEI34) não comentou imediatamente, mas na quinta-feira disse que planeja vender alguns aviões que havia reservado para companhias aéreas chinesas, já que as tensões geopolíticas atrasaram as entregas.

(Por Eduardo Baptista; reportagem adicional de Mike Stone e David Shepardson)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.