Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Receita do setor de máquinas recua em janeiro na base anual, diz Abimaq

Publicado 28.02.2024, 15:34
Atualizado 28.02.2024, 16:36
© Reuters.

Por Patricia Vilas Boas

SÃO PAULO (Reuters) - O faturamento do setor de máquinas e equipamentos manteve tendência de queda em janeiro, após fechar 2023 com declínio de 11% e recuar 22,4% em dezembro ante mesmo mês em 2022, mostraram nesta quarta-feira dados da Abimaq, associação do setor.

A receita líquida total do setor em janeiro recuou 21,7% ante o mesmo mês do ano passado, a 16,4 bilhões de reais. Já a receita líquida interna registrou queda de 28,5% na mesma base de comparação, para 11,1 bilhões de reais.

O setor teve quedas na receita líquida total em todos os meses de 2023 na base anual. Em janeiro do ano passado, o recuo ano a ano foi de 6,4%.

Segundo o analista de economia e estatística da Abimaq, Leonardo Silva, a desacelaração nos investimentos é atribuída em grande parte às taxas de juros ainda elevadas, além de uma indústria "caminhando ainda de lado".

"Apesar da gente ver um ciclo de queda (nos juros), ainda está em um patamar muito elevado se a gente comparar com alguns períodos anteriores", disse Silva a jornalistas.

"A gente está vendo uma dificuldade de financiamento e o mercado, de forma geral, acaba respondendo comprando menos máquinas". Silva acrescentou que o desempenho de janeiro também é, tradicionalmente, mais fraco em comparação ao todo.

Apesar da forte queda na receita do mês, Silva destacou que o segmento de máquinas para de bens de consumo não duráveis teve crescimento, com geração de emprego e recomposição da renda das famílias.

Já "os demais setores, ligados à indústria de transformação, ligados a componentes, infraestrutura, construção civil, máquinas agrícolas, vêm tendo uma diminuição no decorrer desse período", uma vez que dependem de mais investimentos ou maior financiamento.

O consumo aparente de máquinas e equipamentos no mês passado recuou 17,7% frente a um ano antes, para 22,9 bilhões de reais, com desaceleração da atividade nos diversos setores da economia e falta de competitividade da indústria local, disse a Abimaq.

© Reuters. Linha de montagem de fábrica da Renault em São José dos Pinhais (PR)
02/08/2012
REUTERS/Rodolfo Buhrer

O nível de utilização de capacidade instalada da indústria caiu para 71,1% no período, 4,4% abaixo do nível observado no final de 2023, de 74,4%, afirmou a entidade.

As exportações e importações, por outro lado, subiram ambas 7,3% em janeiro versus o mesmo mês em 2023, para, respectivamente, 1,1 bilhão e 2,3 bilhões de dólares.

A Abimaq prevê crescimento de 3,5% na receita do setor no acumulado de 2024, mas "essa melhora ainda não vai ser suficiente para reverter a perda que a gente teve", disse Silva.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.