Garanta 40% de desconto
🚨 Os mercados estão em baixa. Descubra ações subvalorizadasDescubra ações agora mesmo

Vale deve decidir troca de presidente até 30 de janeiro

Publicado 25.01.2024, 17:13
Atualizado 25.01.2024, 17:41
Vale deve decidir troca de presidente até 30 de janeiro

O Conselho de Administração da Vale (BVMF:VALE3) deve decidir até a próxima 3ª feira (30.jan.2024) sobre a troca no comando da companhia. O colegiado deve convocar uma reunião extraordinária nos próximos dias para tratar da sucessão de Eduardo Bartolomeo, presidente da mineradora desde 2019 e que tem mandato até maio.

O governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem pressionado acionistas para emplacar o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega no posto. O cargo de CEO da Vale tem remuneração anual de R$ 59 milhões, o equivalente a um salário mensal de R$ 4,9 milhões.

Bartolomeo tem demonstrado desejo de seguir no cargo de CEO. Pode ser reconduzido. Mas, se a maioria do conselho optar por encerrar seu mandato, começa um processo de seleção do substituto, que passa por análises de conformidade e compliance internas.

O governo tem ampliado a ofensiva em prol do nome de Mantega. A missão ficou na incumbência do ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, que tem ligado para acionistas cobrando a indicação para o comando da companhia em troca do governo não criar obstáculos para projetos dessas empresas. Executivos têm visto a ação com um tom de ameaça.

Apesar da insistência de Lula, a missão não é das mais fáceis. A União tem uma pequena participação na mineradora. A Previ, fundo de previdência dos funcionários do Banco do Brasil (BVMF:BBAS3), tem 8,7% de participação no controle da Vale e duas cadeiras das 12 no Conselho de Administração. O governo decide a escolha da Previ, mas o peso é muito pequeno.

Anúncio de terceiros. Não é uma oferta ou recomendação do Investing.com. Leia as nossas diretrizes aqui ou remova os anúncios .

Para completar a maioria dos votos, o Planalto quer o apoio de outros acionistas privados ao nome de Mantega. É isso que Silveira tem pedido, usando como moeda de troca decisões sobre a atuação dessas empresas que passam pelo Executivo federal.

A própria Vale depende de decisões do governo, como na área de ferrovias –em que o governo Lula tem rediscutido valores pagos pela renovação dos contratos em 2019–, direito mineral e no processo de reparação do desastre de Mariana (MG), ocorrido em uma mina da Samarco, empresa que tem a Vale como acionista.

Estão na linha de tiro a japonesa Mitsui, o fundo de investimentos norte-americano BlackRock (NYSE:BLK), a Bradespar (BVMF:BRAP4) (empresa do Grupo Bradesco (BVMF:BBDC4)) e a Cosan (BVMF:CSAN3) –gigante com negócios nas áreas de açúcar, álcool, energia, lubrificantes e logística. Todas essas empresas são acionistas da Vale e têm investimentos no Brasil que dependem de regulação do governo.

Além das duas cadeiras da Previ no Conselho de Administração da Vale, 2 são da Bradespar, uma da Mitsui e outra é ocupada por um representante dos empregados da mineradora.

As outras 7 vagas são de conselheiros independentes, que representam os acionistas minoritários. São a maioria. Leia os nomes que integram o colegiado no infográfico abaixo:

CRÍTICA PÚBLICA

O recado foi recebido como mais uma demonstração da insatisfação de Lula com a atual gestão. Desta vez, pública e às vésperas de uma decisão do conselho.

A Vale não comentou a declaração do presidente, mas divulgou à imprensa um conjunto de ações que já foram desenvolvidas, como o acordo de medidas reparatórias assinado com o Estado de Minas Gerais em 2021 no valor de R$ 37 bilhões e acordos separados de indenização com 15.400 pessoas, com valor total de R$ 3,5 bilhões.

Anúncio de terceiros. Não é uma oferta ou recomendação do Investing.com. Leia as nossas diretrizes aqui ou remova os anúncios .

Também nesta 5ª, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), defendeu a indicação de Mantega publicamente. Em sua conta do X, a deputada federal disse que o ex-ministro “é um dos brasileiros mais injustiçados de nossa época” e que ele “foi alvo de mentiras e acusações falsas”. Afirmou ainda que “pouquíssimos brasileiros são tão qualificados” quanto Mantega para a Vale.

O ministro Alexandre Silveira foi procurado por telefone e mensagem pelo Poder360, assim como a assessoria do Ministério de Minas e Energia, que informou que não se pronunciará sobre o tema.

A Vale e seus principais acionistas também foram procurados pela reportagem, mas disseram que não vão comentar o assunto.

Leia mais em Poder360

Últimos comentários

O controle é privado.... Conselho irá decidir sobre indicações
O PT sendo PT. Esses caras não aprendem. Faltou estudo pra esse pessoal
olha que rachadinha gorda de 60 milhões hein?!
????
Esse pt e uma vergonha para o brasil , pqp o povo ter que acordar e tirar esse lixo de gente
Mula está comendo livre no pasto. Já nem tem vergonha de trazer os companheiros para o círculo do dinheiro.
Os pseudo-socialistas se empenhando para o Mantega receber a bagatela de 59 milhões de reais ao ano? Sem experiência no assunto, sem NADA feito no âmbito empresárial digno de visibilidade. Como eu digo, muito para os poucos, migalhas para os muitos. Essa é a liderança pseudo-esquerda burguesona que os seguidores baba ovo ficam aclamando. Se tivessem ideologia de fato, já teriam cobrado as mazelas daquilo que deveria lhe pertencer, a idelologia roubada. Mas como a hipnose é bem feita, continuam com foco nos reloginhos e pedrinhas enquanto os burguesões no poder, se fartam. A esquerda brasileira jamais será ideológica, é apenas idolatria e lacrativa. O POVO refém de um sonho ilusório e uma indepedência que nunca virá, justo daqueles que se postam como salvadores. Correto, o importante é não esquecer dos reloginhos e deixar os burguesões se fartarem.
Ou estão querendo fazer uma rachadinha com quase 5mi de salário mes do tranqueira
A chance do manteiga assumir como CEO da VALE é igual Brasil ter deficit ZERO em 2024 !
Nao vamos comentar.Mas,a faixa estará no subconsciente de todos…” volta pro ralo!”
Piada. Nunca trabalhou em uma empresa e querem indicar para ser presidente maior empresa do Brasil…..
Agora com essa multa a chance de ser o Mantega acabou
cachaceiro pé de cana se metendo onde não deve
e a rachadinha de 60 mi?
Um governo sério não faria esta chantagem declarada e oportunista contra qualquer empresa, especialmente com uma empresa privatizada / corporativo como a VALE.
Fez duplo fundo no 60 minutos é compra.
Retrocesso.
Chance zero kkk
A chance do Manteiga virar CEO da Vale é igual ter deficit Zero em 2024
ESSE MOÇO JÁ MOSTROU A SUA INCOMPETÊNCIA NO GOVERNO DILMA E, PELO JEITO, SÓ CONSEGUIRÁ ALGUM EMPREGO ATRAVÉS DE CHANTAGEM DO DESGOVERNO!
chantagem?? ameaça? olha e o que está parecendo..Brasil mostra sua cara..
Minino de vó vai deixar vovó.... PTralhada sempre querendo mete mão
Vamos colocar o Mantega, please !!!!
Na cadeia?
Esqueceu o desastre que foi o Sr. Mantega na economia?
Essa manteiga não serve nem para passar no pão.
Pressionaram a Vale para entrada do Mantega com uma pequena chantagem de 47 Bi . O mantega entrando isso ai sera zerado .
se o mantega entrar a vale vai pagar sozinha a multa bilionária. 5 anos no mínimo sem dividendos
Papai Noel 🎅 nunca sai de moda. Aceita que dói mais...
kkkkkkkkk
Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.