Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Vendas da GM nos EUA no 1º tri caem, mas superam a Toyota

Publicado 02.04.2024, 16:22
Atualizado 02.04.2024, 16:26
© Reuters. Carros novos em estacionamento no Porto de Richmond, na baía de São Francisco, na Califórnia
08/06/2023
REUTERS/Carlos Barria

Por Nathan Gomes

(Reuters) - A General Motors (NYSE:GM) divulgou nesta terça-feira queda nas vendas de veículos nos Estados Unidos no primeiro trimestre, devido à redução nas entregas para clientes comerciais, mas a montadora norte-americana conseguiu superar a rival japonesa Toyota.

As vendas da GM caíram 1,5%, para 594.233 unidades nos primeiros três meses do ano, enquanto a Toyota teve alta de 20%, para 565.098 veículos.

A GM disse no mês passado que seu negócio de frotas, que atende a clientes, incluindo empresas de aluguel de carros, estava enfrentando problemas de disponibilidade de vans e algumas picapes de médio porte.

No entanto, as vendas no varejo da GM aumentaram 6%, enquanto o estoque das concessionárias no final de março era de 534.479 veículos, acima dos 456.686 de dezembro.

Especialistas do setor sinalizaram pressão sobre preços devido ao aumento do estoque.

"Embora o desempenho das vendas e das despesas seja impressionante, ele está ocorrendo às custas da redução da lucratividade do lojista e do fabricante, à medida que os estoques de veículos não vendidos aumentam e as pressões competitivas se intensificam", disse Thomas King, presidente da divisão de dados e análises da J.D. Power.

O mercado espera que que os preço médio das vendas seja de 44.186 dólares em março, uma queda de 3,6% em relação ao ano anterior, de acordo com a J.D. Power.

A venda anualizada de março deve ser de 15,5 milhões de unidades, alta de 600 mil veículos em relação ao ritmo de um ano antes, mas uma ligeira queda em relação a fevereiro, de acordo com a Cox Automotive.

© Reuters. Carros novos em estacionamento no Porto de Richmond, na baía de São Francisco, na Califórnia
08/06/2023
REUTERS/Carlos Barria

Enquanto isso, os dados sobre as vendas de veículos elétricos reiteraram a redução da demanda. A líder de mercado Tesla (NASDAQ:TSLA) publicou declínio de vendas trimestrais pela primeira vez em quase quatro anos.

As vendas de carros elétricos a GM no primeiro trimestre caíram 20,5% sobre o mesmo período de 2023, para 16.425 unidades.

A Ford (NYSE:F), que deve divulgar vendas no final desta semana, disse no mês passado que a demanda por veículos elétricos é "muito menor do que o esperado pelo setor" e acrescentou que contará com a demanda por modelos híbridos "como uma parte importante dessa ponte nos próximos cinco anos".

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.