Garanta 40% de desconto
⚠ Alerta de Balanço! Quais ações estão prontas para disparar?
Veja as ações no nosso radar ProPicks. Essas estratégias subiram 19,7% desde o início do ano.
Não perca a lista completa

Órgão de supervisão de armas químicas culpa Estado Islâmico por ataque na Síria em 2015

Publicado 22.02.2024, 17:39
Atualizado 22.02.2024, 17:40
© Reuters. Etiquetas da Opaq são vistas dentro de uma casa danificada em Douma, Damasco, na Síria
23/04/2018
REUTERS/ Ali Hashisho

AMSTERDÃ (Reuters) - A Organização para a Proibição de Armas Químicas (Opaq) identificou nesta quinta-feira militantes do Estado Islâmico no Iraque e no Levante (EIIL) como os prováveis responsáveis por um ataque com armas químicas em Marea, na Síria, em 1º de setembro de 2015.

Há “motivos razoáveis para acreditar que, em 1º de setembro de 2015, durante ataques contínuos com o objetivo de capturar a cidade de Marea, unidades do EIIL usaram mostarda de enxofre”, disse a organização.

A equipe de Investigação e Identificação da Opaq concluiu que 11 indivíduos que entraram em contato com uma “substância preta e maliciosa” encontrada em projéteis no local do ataque sofreram sintomas consistentes com exposição à mostarda de enxofre.

A equipe estabeleceu que a carga química foi lançada por artilharia de áreas sob o controle do EIIL, disse.

“Nenhuma outra entidade possuía os meios, os motivos e as capacidades para usar mostarda de enxofre como parte de um ataque em Marea em 1º de setembro de 2015”, acrescentou.

© Reuters. Etiquetas da Opaq são vistas dentro de uma casa danificada em Douma, Damasco, na Síria
23/04/2018
REUTERS/ Ali Hashisho

Investigações anteriores da Opaq concluíram que o governo sírio usou o agente nervoso sarin em um ataque em abril de 2017, lançou cilindros de gás em prédios residenciais na cidade síria de Douma, controlada por rebeldes, em 2018 e utilizou cloro como arma repetidas vezes.

A Síria nega o uso de armas químicas e culpou militantes do Estado Islâmico pelo uso de gás mostarda.

(Reportagem de Bart Meijer)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.