Últimas Notícias
Investing Pro 0
PROMOÇÃO prorrogada Cyber Monday: Até -60% no InvestingPro+ GARANTA A OFERTA

Balanços Corporativos dos EUA Devem Balizar a Direção das Bolsas

Por Haramoto Resumo do Mercado18.04.2013 07:25
br.investing.com/analysis/balan%EF%BF%BD%EF%BF%BDos-corporativos-dos-eua-devem-balizar-a-dire%EF%BF%BD%EF%BF%BD%EF%BF%BD%EF%BF%BDo-das-bolsas-6992
Balanços Corporativos dos EUA Devem Balizar a Direção das Bolsas
Por Haramoto   |  18.04.2013 07:25
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
 
Silver
-0,02%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
PM
-1,79%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
MS
-2,56%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
IBM
+0,06%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
UNP
+0,04%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
PPG
-1,89%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
ÁSIA: A maioria dos mercados asiáticos recuaram nesta quinta-feira, após um conjunto de fracos lucros corporativos americanos arrastar as ações em Wall Street. Ações em Hong Kong fecharam em queda pela quinta sessão consecutiva, embora as ações chinesas do continente se sustentaram, apoiadas nos dados econômicos mostrando uma melhora no fluxo de investimentos estrangeiros direto, que subiu para 12.400 milhões dólares em março e 5,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

Nikkei do Japão e Kospi da Coréia do Sul terminaram em queda de 1,2% cada, S&P/ASX 200 da Austrália caiu 1,6%, TAIEX de Taiwan perdeu 0,2% e Hang Seng de Hong Kong caiu 0,3%. Contrariando a tendência regional, Xangai Composite Index encerrou 0,2% maior após sessão volátil.

As ações de propriedade avançaram após pesquisa mostrar que os preços de novas moradias em março subiram em 68 das 70 maiores cidades chinesas, mesmo nível observado em fevereiro, apesar das recentes medidas de aperto sobre o setor imobiliário. As ações da China Overseas Land & Investment subiram 1,6% e China Resources Land ganhou 2,3% em Hong Kong, enquanto China Vanke subiu 0,4% em Shenzhen.

Vários exportadores e empresas com uma exposição global recuaram. A empresa de automação industrial Fanuc perdeu 2,3% e a fabricante de câmera Nikon recuou 2,1% em Tóquio. As ações da Prada cairam 1,5% em Hong Kong e Hyundai Motor encolheu 2,1% em Seul.

Setor de recursos ficaram sob a pressão de venda, seguindo a queda do petróleo e metais. A mineradora BHP Billiton caiu 4,4% em Sydney, a produtora de ouro Zijin Mining perdeu 1,8% em Hong Kong e 0,6% em Xangai. A siderúrgica Posco recuou 1,4% em Seul.

Algumas ações de empresas de tecnologia da cadeia de suprimento da Apple sofreram perdas após as ações da fabricante do iPhone cair abaixo de 400 dólares, em consequência da previsão de uma receita fraca da empresa de chips Cirrus Logic.

LG Display perdeu 4,8% em Seul e Hon Hai Precision Industry recuou 1,3% em Taipei, enquanto a prestadora de serviço móvel Softbank perdeu 1,6% em Tóquio.

EUROPA: Os mercados europeus sobem num pregão agitado nesta quinta-feira. O Stoxx Europe 600 avança 0,57%, depois de uma sequência de quatro dias de queda.

As ações da Nestlé são destaque negativo no pan-índice perdendo 1,7%, após reportar vendas do primeiro trimestre abaixo das expectativas, devido desaceleração da demanda na Europa, América e mercados emergentes.

Akzo Nobel afunda 4,2%, com a empresa de tintas e revestimento após anunciar que o ambiente econômico continua sendo um desafio e postar queda na receita e lucro operacional.

Em contrapartida, ações da Debenhams do Reino Unido disparam 9,2%, após a varejista registrar um aumento de 2,7% no lucro do semestre e disse que ganhou participação de mercado, tanto no setor têxtil, quanto em outros setores.

Dentre os índices específicos de cada país, o índice CAC 40 da França avança com a gigante do petróleo Total subindo 1%, monitorando os preços do petróleo mais altos. A cadeia de supermercados Carrefour cai 0,9%, após postar uma queda nas vendas no primeiro trimestre, afetada negativamente pelo câmbio. Fora do índice principal em Paris, a fabricante de bebidas Rémy Cointreau sobe 1,4%, depois de postar um aumento de 16% nas vendas no ano.

O índice DAX 30 da Alemanha sobe, com Infineon Technologies avançando 3,2%. No Reino Unido o índice FTSE 100 também avança. GlaxoSmithKline sobe 2,7%, depois que Food and Drug Administration dos EUA aprovou a droga Breo Ellipta, para o tratamento de doença pulmonar obstrutiva crônica.

Ações da GKN avançam 2,4%, após a empresa de engenharia anunciar que espera que 2013 seja um ano de bons progressos, apesar de relatar uma queda no lucro antes de impostos no primeiro trimestre.

A mineradora de metais preciosos Fresnillo avança 2,1% após relatar um aumento de 2,6% na produção de prata no primeiro trimestre e disse que continua "confiante de que todos os projetos atuais continuam atraentes". A siderúrgica russa Evraz avança 1,8%, depois de postar um aumento de 11% na produção do trimestre.

Outras empresas do setor avançam. Anglo American sobe 0,7% e Rio Tinto sobe 0,8%, com o avanço dos preços de metais. Empresas de petróleo também se beneficiam da alta das commodities, com os preços do petróleo subindo acima de US$ 87 por barril. BG Group ganha 1,20% e Royal Dutch Shell avança 0,58%.

Em uma nota mais pessimista em Londres, as ações da fabricante de bebidas Diageo perdem 1%. A empresa disse que os principais mercados emergentes estavam mostrando fracas tendências de consumo e postou uma desaceleração nas vendas.

O Instituto Nacional de Estatística anunciou que as vendas em março caíram 0,7% em relação a fevereiro, em grande parte devido ao tempo frio. No primeiro trimestre de 2013 as vendas subiram 0,4% no comparativo anual.

EUA: Google, IBM, Microsoft, Morgan Stanley e Verizon estão entre os grandes nomes que devem relatar seus balanços.

AGENDA DE HOJE:

EUA:
10h30 - Initial Claims (número de pedidos de auxílio-desemprego);
12h00 - Leading Indicators de Março (Índice de Indicadores Antecedentes que compreende 10 índices já divulgados no país como pedidos de auxílio-desemprego, custo de mão-de-obra e permissões para construção e que resumem a situação da economia americana e servem como prévia para o desempenho do nível da atividade);
12h00 - Philadelphia Fed Index de abril (indicador responsável por mensurar a atividade industrial no estado).

AGENDA DA PRÓXIMA SESSÃO

EUROPA:
Current Account de Fevereiro (saldo da conta corrente na Zona do Euro);
ALEMANHA: German PPI (indice de inflação);
REINO UNIDO: Não está prevista a divulgação de indicadores econômicos
EUA: Não está prevista a divulgação de indicadores econômicos

ÍNDICES MUNDIAIS (7h10):

ÁSIA
Austrália: -1,60%
Nikkei: -1,22%
Hang Seng: -0,27%
Xangai Composite: +0,17%

EUROPA
London - FTSE: +0,43%
Paris Cac 40: +0,73%
Frankfurt - Dax: +0,36%
Madrid IBEX: +1,02%
Milão MIB 40: +0,92%

COMMODITIES
BRENT: +1,04%
WTI: +1,26%
OURO: +1,25%
COBRE: -0,78%
NÍQUEL: +0,36%
SOJA FUTURO: +1,10%
ALGODÃO FUTURO: -0,29%

INDICES FUTUROS
Dow: +0,32%
SP500: +0,29%
NASDAQ: +0,30%

BALANÇOS CORPORATIVOS:

EUA: Alliance Data, Baxter, Freeport-McMoRan, Morgan Stanley, Nokia, PepsiCo, Philip Morris International, Pool, PPG Industries, Sherwin-Williams, Snap-On, Sonoco Products, Union Pacific, Verizon, AMD, First Financial, Google, IBM, Microsoft

Observação: Este material é um trabalho voluntário e gratuíto, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. Atenção para o horário da disponibilização dos dados desse relatório.
Balanços Corporativos dos EUA Devem Balizar a Direção das Bolsas
 

Artigos Relacionados

Balanços Corporativos dos EUA Devem Balizar a Direção das Bolsas

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail