Garanta 40% de desconto
🚨 Mercados voláteis? Descubra joias escondidas para lucros extraordináriosDescubra ações agora mesmo

Agricultura vê certificação sanitária como fator-chave para alta da exportação

Publicado 23.02.2024, 14:43
Atualizado 23.02.2024, 18:11
© Reuters Agricultura vê certificação sanitária como fator-chave para alta da exportação

São Paulo, 23 - As exportações brasileiras de produtos agrícolas foram impulsionadas em 2023 pela adoção do serviço especializado de certificação sanitária, avaliou o Ministério da Agricultura em nota. O Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal da Secretaria de Defesa Agropecuária executou novos procedimentos, permitindo ao governo certificar requisitos de segurança alimentar para China, Marrocos e países membros do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG).

Na nota, o ministério destaca as exportações de 270 toneladas de castanhas, nozes e amêndoas em 2023 para os países árabes do CCG, sendo 32 toneladas de castanha de caju para Omã, 16 toneladas de castanha do Brasil e 18 toneladas de noz-pecã para a Arábia Saudita.

Além da certificação sanitária, a Agricultura também citou a promoção comercial por adidos agrícolas e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) como fator a contribuir para a expansão do comércio internacional, incluindo aumento significativo nas exportações de café em grãos (10,6 mil toneladas) para a Indonésia e de pimenta-do-reino e óleo de soja bruto (16 mil toneladas) para Marrocos no ano passado. O País também enviou 48 mil toneladas de polpa cítrica peletizada para a China.

"O autocontrole implementado em algumas cadeias tem possibilitado ao ministério realizar a certificação sanitária, agregando mais confiabilidade aos produtos exportados", afirmou, na nota, o diretor do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal do Ministério da Agricultura, Hugo Caruso.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.