Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Renova Energia tem revés com negativa da Aneel para registro de 5,5 GW em projetos

Commodities11.02.2021 17:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Turbina de geração de energia eólica

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - A Renova Energia (SA:RNEW11), empresa de geração limpa que tem a Cemig (SA:CMIG4) como principal acionista e está em recuperação judicial, sofreu um revés nesta quinta-feira, ao ver rejeitados pedidos para o registro de 5,5 gigawatts em novos projetos junto à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O regulador negou registros de requerimento de outorga (DROs) solicitados pela Renova justamente devido à situação financeira da empresa, ao alegar que ela dificilmente conseguiria viabilizar os empreendimentos, enquanto poderia atrapalhar o avanço de outros projetos próximos de seus parques.

A decisão da Aneel deve impedir que a Renova consiga gerar recursos com a venda dos projetos, que mesmo em fase inicial poderiam despertar interesse no mercado devido a uma atual "corrida" por ativos de geração renovável que já possuam outorga ou estejam próximos, disse à Reuters o especialista Pedro Dante, sócio do Lefosse Advogados.

O governo do presidente Jair Bolsonaro aprovou no Congresso neste mês a medida provisória 998, que prevê retirada de alguns subsídios concedidos a ativos renováveis como usinas eólicas e solares. O benefício só será garantido para novos projetos que obtenham outorga em prazo de até 12 meses após a publicação da lei decorrente da MP.

"Esses projetos têm muito valor econômico por causa da manutenção desses benefícios. Temos visto grandes players comprando projetos que não estão nem em fase inicial, com esse olhar de manter os benefícios. Projetos ´greenfield´ aumentaram em valor de mercado", explicou Dante.

Com isso, há expectativa de que a Renova recorra da medida da Aneel, acrescentou o advogado, embora com a ressalva de que a decisão da agência foi "muito bem fundamentada".

Procurada, a Renova disse em nota que "vai analisar a decisão e avaliar alternativas para os próximos passos".

O pedido de registro de outorga ocorre em uma fase inicial dos projetos renováveis, quando os empreendedores possuem geralmente apenas acordos de arrendamento de terras e medições de vento ou sol na área onde eles serão instalados, disseram à Reuters duas fontes que trabalham com desenvolvimento de empreendimentos.

IMPACTO EM TERCEIROS

A Renova entrou com pedidos na Aneel entre outubro de 2019 e junho de 2020 visando outorgas para 163 usinas eólicas e solares, em total de 5,5 GW, segundo documento da Aneel visto pela Reuters.

Todos foram negados, conforme publicações no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

Em parecer, a procuradoria da Aneel defendeu que a emissão das chamadas DROs "não atende ao interesse público", uma vez que "a situação da Renova põe dúvida quanto a sua capacidade formal e material de implantar os empreendimentos".

No documento, a Aneel apontou ainda que a concessão dos registros à empresa poderia impactar terceiros, ao "inibir ou impedir" outras companhias de desenvolver projetos na região.

Uma região em que muitas DROs já foram emitidas é muitas vezes vista como "sobrecarregada", o que faz com que empreendedores evitem investir em novos projetos nessas áreas, segundo desenvolvedores, que falaram com a Reuters sob a condição de anonimato.

A Renova Energia entrou com pedido de recuperação judicial em outubro passado, quando acumulava dívidas superiores a 3 bilhões de reais.

(Por Luciano Costa)

Renova Energia tem revés com negativa da Aneel para registro de 5,5 GW em projetos
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail