📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

'Não estamos aqui para dourar a pílula', afirma Tebet, sobre contas públicas

Publicado 12.06.2024, 13:34
Atualizado 12.06.2024, 16:41
© Reuters \'Não estamos aqui para dourar a pílula\', afirma Tebet, sobre contas públicas

A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, reconheceu nesta quarta-feira, 12, que o desafio para equilibrar as contas públicas "não é pequeno". A afirmação foi feita em audiência na Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional. "Não estamos aqui para dourar a pílula", afirmou, ao mostrar aos parlamentares uma apresentação sobre o arcabouço fiscal.

"Sem equilíbrio fiscal, não conseguimos atingir o social", declarou Tebet, ao defender que é necessário sanear as contas públicas para impulsionar os programas para as pessoas de baixa renda.

No começo da audiência, Tebet recebeu uma ligação do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, mas não pôde atender.

Revisão de gastos

A ministra do Planejamento voltou a defender uma revisão de gastos do governo. Durante a audiência, ela afirmou que, ao melhorar a qualidade do gasto público, o Executivo pode reduzir a pressão das despesas obrigatórias sobre o Orçamento.

"Pior do que gastar muito, Brasil gasta mal", declarou Tebet.

De acordo com a ministra, há no Brasil políticas públicas "extremamente necessárias e prioritárias" que, por outro lado, não são eficientes. Ela defendeu a revisão dessas medidas.

O foco da revisão de gastos no governo Lula, segundo ela, é de qualificação. Ela também rebateu críticas de que na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2025 não foi incluída uma ampla revisão de despesas. "Só colocamos aquilo que até abril estávamos realmente mexendo e aquilo que sabíamos que já tínhamos autorização da Junta Orçamentária e do presidente Lula", disse.

Um exemplo de revisão de gastos que está sendo feita, de acordo com a ministra, é o do "seguro-defeso", benefício a pescadores artesanais.

Segundo ela, 800 mil pessoas estão recebendo esses benefícios, mas a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) aponta apenas 250 mil pescadores artesanais cadastrados no País.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.