Libere dados premium: até 50% de desconto InvestingProGARANTA JÁ SUA OFERTA

Ações têm terceira queda semanal consecutiva com alta de rendimentos de títulos

Publicado 06.10.2023, 14:02
Atualizado 06.10.2023, 14:05
© Reuters. Bolsa de Frankfurt, na Alemanha
06/10/2023
REUTERS/Equipe
UK100
-
FCHI
-
DE40
-
ES35
-
IT40
-
IBE
-
IT40
-
MDAXI
-
SDAXI
-
PSI20
-
CACS
-
CACMD
-
PSINR
-
TRPSI20
-
PTIN
-
V1XI
-
IBEXC
-
IBEXS
-
IBEXCP
-
FTT1X
-
FTITLMS
-
FTITLMS3010
-
FTWIBRAL
-
GDAXIEX
-
FXXPc1
-
STOXX
-
FTEU1
-
FTEU3
-
FTEUEB
-
PSI20c1
-
ZALG
-
ENX
-

Por Sruthi Shankar e Siddarth S e Shristi Achar A

(Reuters) - As ações europeias avançaram nesta sexta-feira ao final de uma semana turbulenta, acompanhando os ganhos de Wall Street, mas registraram perdas semanais, enquanto um relatório de empregos dos EUA mais forte do que o esperado indicou que os juros podem permanecer elevados por mais tempo, o que impulsionou os rendimentos dos títulos.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,82%, a 444,93 pontos, com um avanço também dos índices de Wall Street. Mas o STOXX 600 caiu pela terceira semana consecutiva.

O índice de referência atingiu uma mínima em seis meses mais cedo nesta semana, com os rendimentos dos Treasuries e dos títulos da Europa subindo para picos em vários anos, sob a expectativa de que os custos dos empréstimos permanecerão mais altos por um período mais longo.

Dados mostraram que a criação de vagas de trabalho fora do setor agrícola dos EUA aumentou em 336.000 empregos no mês passado, quase o dobro da previsão de 170.000 dos economistas consultados pela Reuters.

Os rendimentos do Treasury de dez anos atingiram picos em 16 anos, enquanto os retornos dos títulos da zona do euro subiam após os dados de emprego dos EUA.

"O relatório do setor de trabalho reforçou a convicção dos investidores de que talvez a alta (dos juros) por mais tempo ainda não esteja totalmente precificada, de modo que os rendimentos dos títulos subiram, o que pesou sobre o desempenho", disse Andrea Cicione, chefe de pesquisa da TS Lombard.

A maioria dos principais subsetores europeus terminou em alta. O setor de varejistas subiu 2,3%, na liderança dos ganhos, impulsionado por um salto de mais de 6% na Zalando, depois que investidores correram para comprar as ações a preços mais baixos, na esperança de resultados resilientes no terceiro trimestre, em meio a um setor de varejo fraco.

As ações de tecnologia refletiram o sentimento de Wall Street e ganharam quase 2%.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,58%, a 7.494,58 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,06%, a 15.229,77 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,88%, a 7.060,15 pontos.

© Reuters. Bolsa de Frankfurt, na Alemanha
06/10/2023
REUTERS/Equipe

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,16%, a 27.810,61 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,85%, a 9.235,80 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,43%, a 5.888,35 pontos.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.