Garanta 40% de desconto
🚀 Ações escolhidas por IA em alta. PRFT com alta de +55% em 16 dias. Não perca as ações de junho!Acessar lista completa

Dólar sobe junto com curva de Treasuries em meio a commodities fracas, Focus e fiscal

Publicado 23.04.2024, 06:47
© Jessica Bahia Melo  Dólar sobe junto com curva de Treasuries em meio a commodities fracas, Focus e fiscal
USD/BRL
-

Após dois pregões em baixa, o dólar opera em alta ante o real nesta terça-feira, 23, acompanhando os rendimentos dos Treasuries em meio à queda de commodities. O petróleo recuava perto por volta das 9h30 e o minério de ferro fechou em baixa de 1,91% na China.

Os investidores repercutem a piora nas projeções para IPCA, Selic, taxa de câmbio e relação dívida pública-PIB no boletim Focus, após mudança nas metas fiscais dos próximos anos e aumento das incertezas sobre corte de juros nos EUA neste ano e sobre o ciclo total de flexibilização da Selic no país.

MAIS DETALHES: Focus: Mercado enxerga Selic a 9,5% ao final do ano e eleva projeções

Há expectativa ainda pelos dados de arrecadação do governo federal em março (10h30). A expectativa mediana do mercado aponta para ganho real de 7,5%, a R$ 191,10 bilhões, após R$ 186,522 bilhões em fevereiro, segundo o Projeções Broadcast. Há expectativas também pela apresentação dos projetos do Perse, possivelmente hoje, e da reforma tributária ao Congresso, amanhã.

No exterior, após ganhar força com dados de PMIs da região mais cedo, a libra acelerou ganhos contra o dólar, avançando acima de US$ 1,24, em meio a comentários do economista-chefe do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Huw Pill. O dirigente expressou cautela em relação ao cenário macroeconômico do Reino Unido, afirmando que ainda não há "dados substanciais" para justificar alteração da política monetária no momento. Segundo ele, a redução dos juros pode estar mais próxima, mas a persistência da inflação gera riscos e exige manutenção prolongada do nível restritivo.

Com o período de silêncio dos dirigentes do Federal Reserve antes da reunião monetária da próxima semana, os investidores aguardam ainda dados de PMIs dos EUA em março (10h45) e balanços.

Às 9h34 desta terça, o dólar à vista subia 0,15%, a R$ 5,1754. O dólar para maio avançava 0,06%, a R$ 5,1785.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.