Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Petróleo e metais disparam em 2016 por cortes de produção e expectativa de demanda

Commodities 30.12.2016 12:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Tanques de armazenamento de petróleo em Oklahoma, no EUA

CINGAPURA (Reuters) - O petróleo, a borracha e alguns metais devem encerrar 2016 com fortes ganhos, recuperando-se de diversos anos de perdas, às custas de cortes de produção e expectativas de demanda mais forte.

Os contratos de referência do zinco, do vergalhão de aço e da borracha subiram cerca de 60 por cento neste ano, enquanto o petróleo Brent subiu mais de 50 por cento.

Os cortes de produção do petróleo anunciados pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), a demanda acima do esperado em importantes mercados de commodities na China e expectativas de maiores gastos com infraestrutura nos Estados Unidos, após a vitória do candidato republicano Donald Trump, impulsionaram os preços.

Olhando adiante, os preços do petróleo devem gradualmente subir em direção aos 60 dólares por barril até o fim de 2017, mostrou uma pesquisa da Reuters, mas os ganhos serão limitados pela força no dólar, por mais exportações de petróleo dos EUA e pela possibilidade de que alguns membros da Opep não cumpram seus cortes.

"Rápidos declínios de produção de países de fora da Opep e a decisão do grupo de reduzir a produção foram cruciais para a alta nos preços em 2016", disse o analista da Energy Aspects Nevyn Nah, enquanto o sólido crescimento na demanda também ajudou a sustentar os preços.

Já no mercado de metais básicos, o cobre segue no caminho de sua primeira alta anual desde 2012, enquanto os preços para o vergalhão de aço, utilizados na construção, subiram mais de 60 por cento neste ano. O zinco subiu para uma máxima de nove anos no último mês.

Nos metais preciosos, o ouro subiu mais de 9 por cento neste ano, encerrando três anos de perdas, com o mercado sendo sustentado por uma alta na demanda devido a incertezas econômicas e políticas.

(Por Naveen Thukral e Mark Tay; reportagem adicional de Muyu Xu e Swati Verma)

Petróleo e metais disparam em 2016 por cortes de produção e expectativa de demanda
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail