🚀 Ações escolhidas por IA em alta. PRFT com alta de +55% em 16 dias. Não perca as ações de junho!Acessar lista completa

China aprova listagem nos EUA da startup Pony.ai, de veículos sem condutores

Publicado 24.04.2024, 17:06
© Reuters China aprova listagem nos EUA da startup Pony.ai, de veículos sem condutores

O regulador do mercado mobiliário da China deu aval para que a startup Pony.ai, de veículos sem condutores, realize listagem nos Estados Unidos, em um sinal de que Pequim relaxa os controles para companhias que buscam levantar capital no exterior. A companhia planeja emitir até 98,2 milhões de ações ordinárias na Nasdaq ou na New York Stock Exchange (Nyse), afirmou a Comissão Regulatória de Ativos da China em seu site, no fim da terça-feira, 23. Fundada em 2016 no Silicon Valley e com um hub importante em Fremont, na Califórnia, a companhia com foco em veículos conduzidos de modo automático lançou um serviço de robotáxi em cidades chinesas, entre eles Pequim, Xangai, Shenzhen e Ghangzhou. Em agosto passado, ela disse que iria se unir à Toyota, que tem investido centenas de milhões de dólares na Pony.ai desde 2019, para a produção em massa de robotáxis na China.

A aprovação da listagem ocorre após o regulador chinês ter dito que planejava apoiar listagens no exterior por companhias de tecnologia do país para ajudar que elas se financiassem. Ela também disse que apoia a listagem de importantes companhias chinesas em Hong Kong.

A postura marca uma mudança em comparação com anos recentes, nos quais várias companhias chinesas desistiram da presença nas bolsas dos EUA, em meio a tensões bilaterais crescentes com o país e enquanto Pequim apertava regras para listagens no exterior. No último ano, a China passou por uma saída de fluxo de investimento estrangeiro, enquanto lidava com perda de fôlego da economia, a piora no setor imobiliário e um sentimento mais fraco dos consumidores.

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.