Libere dados premium: até 50% de desconto InvestingProGARANTA JÁ SUA OFERTA

Daimler espera quedas no terceiro trimestre da Mercedes devido à falta de chips

Publicado 02.09.2021, 12:14
Atualizado 02.09.2021, 16:57
© Reuters. Produção de veículo da Mercedes-Benz em fábrica da Daimler em Rastatt, Alemanha 
04/02/2019
REUTERS/Kai Pfaffenbach
GM
-
GMCO34
-
MBGYY
-

Por Victoria Waldersee

BERLIM (Reuters) - A montadora de carros de luxo Daimler disse nesta quinta-feira que espera vendas significativamente menores no terceiro trimestre em sua unidade da Mercedes, devido à escassez global de semicondutores, tornando-se a mais recente em uma série de fabricantes a ter suas receitas afetadas.

Montadoras desde o grupo norte-americano General Motors (NYSE:GM) ao indiano Mahindra cortaram a produção e projeções devido à falta de fornecimento de chips, acentuada pelo ressurgimento da Covid-19 em polos de produção chave de semicondutores na Ásia.

“Com o fechamento de fábricas em fornecedoras de semicondutores na Malásia e outros locais, o desafio ficou ainda maior agora, então nossas vendas no terceiro trimestre provavelmente serão notavelmente menores do que no segundo trimestre”, disse o presidente-executivo da Daimler, Ola Kaellenius, à semanal Automobilwoche em uma entrevista.

Kaellenius não especificou como a produção seria afetada pela escassez. A montadora cortou horas de trabalho em julho em fábricas na Alemanha e na Hungria por causa da falta de fornecimento de chips. A Daimler não estava disponível para comentário em um primeiro momento.

A General Motors disse nesta quinta-feira que a escassez de chips e as restrições contra Covid-19 estavam atrasando a produção, com a empresa recorrendo a reparos e envio de veículos inacabados às concessionárias.

Ainda assim, Kaellenius afirmou que estava confiante de que a Daimler estava mais bem preparada do que antes da pandemia para os problemas com a cadeia de abastecimento. “Tornamos nosso negócio muito mais flexível e impermeável”, disse, acrescentando que os consumidores estavam acostumados a esperar por produtos muito procurados.

A Daimler estendeu contratos em seus serviços de leasing para aliviar as preocupações dos clientes esperando seus pedidos de novos carros, disse o CEO.

A Daimler não mexeu na sua projeção de margem de lucro para o ano em julho, após relatar ganhos melhores que o esperado no segundo trimestre. Como a General Motors, afirmou naquela época que estava preparando os veículos inacabados tanto quanto poderia para estar pronto para encaixar os chips quando eles chegassem.

© Reuters. Produção de veículo da Mercedes-Benz em fábrica da Daimler em Rastatt, Alemanha 
04/02/2019
REUTERS/Kai Pfaffenbach

Kaellenius evitou prever um fim para a escassez, pontuando que problemas de fornecimento, como os lockdowns na Malásia, eram impossíveis de serem previstos. “O que é importante é que existe a demanda por carros”, disse. “Em algum momento, o problema do chip será resolvido.”

A Daimler deve relatar seus ganhos no terceiro trimestre em 29 de outubro.

(Reportagem de Riham Alkousaa e Victoria Waldersee)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.