Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Mais detalhes

Petrobras abre em queda após governo dizer que não haverá repasse imediato

Ações17.09.2019 10:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Petrobras abre em queda após governo dizer que não haverá repasse imediato de preços

Investing.com - Na abertura da sessão desta terça-feira na bolsa paulista, as ações da Petrobras (SA:PETR4) iniciam com perdas, refletindo a decisão do estatal de não mexer nos preços dos combustíveis, em um primeiro momento, bem como à queda do petróleo nos mercados internacionais.

Por volta das 10h15, as ações da Petrobras (SA:PETR4) recuavam 1,64% a R$ 27,60, depois de avançar 4,39% na véspera. No mesmo momento, o barril do tipo Brent recuava 1,59%, ou US$ 1,09, a US$ 67,92. Já o WTI cedia 1,21%, ou US$ 0,76, a US$ 61,91.

Na noite de ontem, o presidente Jair Bolsonaro e a Petrobras (SA:PETR4) disseram que a petroleira não planeja aumentar de imediato os preços dos combustíveis em resposta ao ataque a instalações de petróleo da Arábia Saudita, indicando que a estatal pode afrouxar temporariamente as regras de preços de mercado.

As incertezas de quando o aumento será repassado aos consumidores e o tempo que o governo e a estatal estão dispostos a esperar é a grande dúvida do mercado, o que pode afastar o interesse de investidores nas operações de venda das refinarias, uma vez que, mais uma vez, o país não teria uma política de preços transparente.

Em entrevista à TV Record, Bolsonaro disse que foi informado pelo presidente da Petrobras (SA:PETR4), Roberto Castello Branco, que, apesar de os preços dos combustíveis estabelecidos pela empresa seguirem os valores internacionais, a recente alta do petróleo é "atípica".

Pouco após a divulgação da entrevista de Bolsonaro, a Petrobras (SA:PETR4) divulgou um comunicado informando que não irá ajustar os preços dos combustíveis por ora, mas que observará as condições de mercado nos próximos dias e tomará uma decisão sobre preços no momento adequado.

"A Petrobras (SA:PETR4) decidiu por acompanhar a variação do mercado nos próximos dias e não fazer um ajuste de forma imediata. A empresa seguirá acompanhando o mercado e decidirá oportunamente sobre os próximos ajustes nos preços", disse a estatal, ressaltando que suas práticas hoje não preveem periodicidade definida para os reajustes.

No ano passado, ainda sob a gestão do presidente Michel Temer, o governo pressionou a Petrobras (SA:PETR4) a mudar sua política de preços para os combustíveis em resposta a uma greve de caminhoneiros, o que levou o então presidente da empresa, Pedro Parente, a deixar o cargo.

Com Reuters.

Petrobras abre em queda após governo dizer que não haverá repasse imediato
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (27)
Arnaldo Farias
Arnaldo Farias 17.09.2019 18:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
a bomba cai e já querem aumento sem saber o tamanho do estrago
Samuel Cunha
Samuel Cunha 17.09.2019 15:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O que pensar de alguns artigos da Reuters? Nao vi, nao ouvi e tenho ctz q o Presidente nao deu uma unica palavra sobre controlar precos dos comvustiveis. Risiculo
Pablo Campos
Pablo Campos 17.09.2019 12:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O que tem de asneira, comentários sem sentido algum, pessoas sem qualquer preparo e sem estudo aqui no portal é incrível.
Ederaldo Semioni
Ederaldo Semioni 17.09.2019 12:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se acostuma, reflexo da educação e formação,, lembra das leis aprovadas nós governos pe tra lhas ,, alunos não podiam reprovar, cotas nas universidades, bom se ver algumas universidades federais por aí,, Só Jesus na causa,,,,kkk
Samuel Cunha
Samuel Cunha 17.09.2019 12:46
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Concordo plenamente. Aqui tem um bocado de petista desempregado torrando o dinheiro que roubou durante a era Tetista
Saulo Maicon
Saulo Maicon 17.09.2019 12:29
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
governo comunista...
Adailton Chagas
Adailton Chagas 17.09.2019 12:27
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
queda absurda
william franco
william franco 17.09.2019 12:07
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
em nota o Petrobras já indicou que deve haver um aumento no preço dos combustíveis, porém ainda não indicou quanto e quando....
Odair Sim
Odair Sim 17.09.2019 12:05
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Pelo que li o Bolsonaro foi comunicado e replicou...a decisão de espera é da própria Petrobrás...
H.R. L.
H.R. L. 17.09.2019 12:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Esse governo não defende o livre mercado? Deixa rolar, que diferença faz se a alta é atípica ou não, livre mercado é LIVRE. E depois que privatizarem? Quem decidirá o preço será o mercado, sem regulação do governo.
Diego Brugnera
Diego Brugnera 17.09.2019 12:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
livre mercado = concorrência única empresa = monopólio enquanto à única empresa não existe livre mercado!!!
H.R. L.
H.R. L. 17.09.2019 12:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Esse governo não defende o livre mercado? Deixa rolar, que diferença faz se a alta é atípica ou não, livre mercado é LIVRE. E depois que privatizarem? Quem decidirá o preço será o mercado, sem regulação do governo.
Fabio Piloto
Fabio Piloto 17.09.2019 11:39
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É ótima a atitude de esperar por melhores informações antes de decidir algo que afeta todo um país. Ainda não está claro o impacto e confio tototalmente na atual gestão da estatal que está transformando para o bem a empresa.
Alexandre Ferreira
Alexandre Ferreira 17.09.2019 11:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se aumentam reclamam se espera está errado...Essa mídia brasileira não sabe o que quer!!!
Heleno Cardoso
Heleno Cardoso 17.09.2019 11:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
sabe sim, a mídia brasileira quer tumultuar, confundir, atrasar o Brasil.
Juliano Detzel
Juliano Detzel 17.09.2019 11:16
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Grande golpe dos senhores do petroleo
Laercio Lando
Laercio Lando 17.09.2019 11:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
está certo! não confundam as coisas, foi um caso esporádico que deve ser avaliado com cuidado. na euforia apenas vamos desvalorizar a nossa estatal!
João Carlos Nascimento
João Carlos Nascimento 17.09.2019 11:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aqueles q criticam, são os mesmos q apoiaram a política da Dilma e do PT para a Petrobrás. Este aumento é atípico, deve se esperar um pouco para tonar qq decisão. Está correta a decisão.
João Carlos Nascimento
João Carlos Nascimento 17.09.2019 11:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aqueles q criticam, são os mesmos q apoiaram a política da Dilma e do PT para a Petrobrás. Este aumento é atípico, deve se esperar um pouco para tonar qq decisão. Está correta a decisão.
Anderson Dorneles
Anderson Dorneles 17.09.2019 11:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A "queda" nas ações da Petrobras tem mais a ver com a frustração na alta do preço do barril do petróleo, que passada a "histeria", já esta em queda de 3%.
Matheus Piedade
Matheus Piedade 17.09.2019 11:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
o problema é que mesmo a Petrobras mantendo os distribuidores estao subindo.
Diego Brugnera
Diego Brugnera 17.09.2019 11:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
pze, como vamos ter políticos honestos se alguns empresários são desonestos? Não é o politico q vira ladrão e sim o ladrão que vira politico.
André Luiz Espíndola
André Luiz Espíndola 17.09.2019 10:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Um ABSURDO, enquanto ficarmos com protecionismo, nunca sairemos da situação que nos encontramos. O MUNDO todo aumentou os combustíveis e só o Brasil que não. Brincadeira. Enquanto o governo se meter na gestão da Petro, ela não vai andar, e só não quebra, pois o governo fica colocando grana quando dá ruim. Privatiza logo, só assim ainda iremos ter algum ganho com os impostos que ela irá gerar para os cofres públicos.
José Castro Neto
José Castro Neto 17.09.2019 10:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se aumentaram foi por pura especulação e se aproveitar do momento. Vc leu na matéria que o barril recuou ? Então por qual motivo se aumentar?? Não vi como protecionismo a medida, apenas evitar oscilações bruscas por um fato isolado no mercado.
José Castro Neto
José Castro Neto 17.09.2019 10:54
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se aumentaram foi por pura especulação e se aproveitar do momento. Vc leu na matéria que o barril recuou ? Então por qual motivo se aumentar?? Não vi como protecionismo a medida, apenas evitar oscilações bruscas por um fato isolado no mercado.
Daniel Jalmusny
Daniel Jalmusny 17.09.2019 10:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Política correta.. e se tivesse aumentado os 20% que subiu sexta? teria que baixar 10% no outro dia? E se o preço alto não impactou na Petrobrás, por que repassar instantaneamente?
Daniel Jalmusny
Daniel Jalmusny 17.09.2019 10:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
As ações da PETR4 acompanharam o preço do Petróleo Brent quando subiu e quando baixou.. Não vi impacto da decisão de Bolsonaro na política de preços da Petrobrás
Sebastião Aberto Maia
Sebastião Aberto Maia 17.09.2019 10:53
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Aqueles que querem o reajuste imediato dos combustíveis são aqueles que querem afundar, ainda mais, o país. Com o aumento imefiato haveria insatisfação do povo, e risco de greve dos caminhoneiros!
Ederaldo Semioni
Ederaldo Semioni 17.09.2019 10:51
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Especulação da grande pra forçar a alta do petróleo e pegar mtos trouxas,,, subiu 12% ontem cai 8% hj,,, o grito é livre,,,, se aumentam criticam ,, se não,, do msm jeito,, por aí,,
Ronaldo Cajares
Ronaldo Cajares 17.09.2019 10:45
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
É o mínimo que a empresa deve fazer. Demonstrar ao mundo que somos independentes nas ações praticadas nessa seara. A história do ataque ao campos Khurais e a refinaria não está totalmente clara. Sem falar nos reflexos nos mercados que podem ser paleativos. Não há, de fato, uma autoridade constatando a autenticidade dos fatos (alteração artificial do preço da comodite): Cadê os lideres da OPEP para avaliar a veracidade desse ataque. Muito está em jogo: sob isso pesa: 1°acusação infundada ao Irã(que ja vinha sendo pressionado pelos EUA); 2° preço da conodite inflado artificialmente 3° pânico aos mercados 4°estranho um país riquissimo como a Arabia não ter defesa bélica alguma no produto base da sua economia (ataques furtivos de rebeldes é efetivo). É muito estranha esta história. Ponto para a Petrobras mas, uma andorinha só não faz verão. Então, se, posteriormente haver alteração dos preços pela Petro o recado está dado: a história do ataque rebelde não está sendo convincente ao mercado.
Edy Tonel
Edy Tonel 17.09.2019 10:44
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Se os combustíveis fossem reajustados imediatamente, os esquerdopatas o criticariam da mesma forma.
Jck Flack
Jck Flack 17.09.2019 10:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Olha olha os mimizentos comprados em petro a 28,00 . Kkkkk
Laercio Lando
Laercio Lando 17.09.2019 10:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
E os bancos no sentido contrario, aproveitando a liquidez dos "mimizentos". hahaha
Everton Barretta
Everton Barretta 17.09.2019 10:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bozo querendo interferir na política de preços da Petrobras é piada
Gledson Lopes
Gledson Lopes 17.09.2019 10:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Prefere que as açoes caiu e a empresa se desvalorize ou uma greve dos camioneiro novamente para o colapson acontecer?
Marco Tulio Frota
Smigol 17.09.2019 10:38
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Vai absorver o prejuízo, senão o BOZO demite o presidente da Petrobras. Tudo que PETR ganhou em um dia, val perder em dobro !!!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Declaração de Riscos: Fusion Media would like to remind you that the data contained in this website is not necessarily real-time nor accurate. All CFDs (stocks, indexes, futures) and Forex prices are not provided by exchanges but rather by market makers, and so prices may not be accurate and may differ from the actual market price, meaning prices are indicative and not appropriate for trading purposes. Therefore Fusion Media doesn`t bear any responsibility for any trading losses you might incur as a result of using this data.

Fusion Media or anyone involved with Fusion Media will not accept any liability for loss or damage as a result of reliance on the information including data, quotes, charts and buy/sell signals contained within this website. Please be fully informed regarding the risks and costs associated with trading the financial markets, it is one of the riskiest investment forms possible.
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail