Últimas Notícias
Investing Pro 0
PROMOÇÃO prorrogada Cyber Monday: Até -60% no InvestingPro+ GARANTA A OFERTA

Taxas de juros caem com IPCA-15, apesar do tom duro da ata do Copom

Ações 27.09.2022 18:35
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
Taxas de juros caem com IPCA-15, apesar do tom duro da ata do Copom

Os juros futuros encerraram a terça-feira com queda em todos os vencimentos, especialmente nos intermediários que melhor refletem as expectativas para o próximo ciclo da Selic. Devolveram parte dos prêmios acumulados nas últimas sessões estimulados pelo IPCA-15 de setembro, que veio perto do piso das projeções e com leitura benigna dos preços de abertura.

A ata do Copom repetiu o tom duro do comunicado, mas não conseguiu demover o mercado da ideia de alívio da Selic nos próximos meses, mantidas na curva as apostas de corte já no primeiro semestre de 2023. A melhora do câmbio também favoreceu a trajetória das taxas. O leilão de NTN-B, mesmo com risco bem maior do que o anterior, foi absorvido sem sustos.

O destaque da sessão foi o contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2025, tanto em termos de variação de taxa quanto em volume - nesta terça foi o mais negociado, com quase 700 mil contratos. A taxa caiu de 11,827% no ajuste de segunda-feira para 11,59%, uma diferença de mais de 20 pontos-base. O DI para janeiro de 2024 encerrou a sessão regular em 12,78%, de 12,948% na segunda, e o DI para janeiro de 2027, em 11,545%, de 11,688%.

O economista-chefe do Banco Original, Marco Antonio Caruso, destaca que a curva já abriu com "gap" grande, dada a avaliação de que a ata não mudou a percepção de espaço para queda da Selic nos próximos meses, mesmo com os dirigentes tendo sinalizado que o ciclo de baixa não está no horizonte. "A ata repetiu um comunicado que já havia sido ignorado", afirmou.

No documento, o Copom reitera que vai perseverar na desinflação e no processo de ancoragem das expectativas. Na sequência da ata, veio a deflação de 0,37% do IPCA-15, abaixo da mediana (-0,20%) e perto do piso das estimativas (-0,39%), segundo pesquisa do Projeções Broadcast. Em 12 meses, a inflação já está abaixo de 8% (7,96%). Entre os preços de abertura, a média dos núcleos, preços livres, de serviços e serviços subjacentes vieram aquém do esperado.

O conjunto dos dados, na avaliação de Carlos Macedo, especialista em alocação de investimentos e sócio da Warren, auxilia o Banco Central em sua estratégia de manutenção da taxa de juros para observar a defasagem da política monetária. "É inegável que o pior da inflação já passou e que há arrefecimento marginal. A dúvida está em qual será a velocidade de queda da inflação nos próximos meses diante de uma atividade econômica aquecida internamente", comentou.

Justamente a percepção de um hiato do produto mais estreito é considerado na ata entre os riscos altistas para a inflação, assim como as incertezas sobre os juros globais e advindas do cenário fiscal. Pelo lado baixista, são mencionadas a possibilidade de manutenção das desonerações tributárias em 2023 e a queda das commodities.

Na curva, a precificação é de manutenção da Selic em 13,75% até o fim do primeiro trimestre do ano que vem, com chances de corte de 0,50 ponto porcentual aparecendo a partir de maio, segundo a Greenbay Investimentos. O economista-chefe, Flávio Serrano, informou que a curva embute cortes de cerca de 270 pontos-base ao longo do ano que vem, com Selic fechando em 11,05%.

Com relação ao leilão de NTN-B, houve teve demanda integral pelo lote de 2,150 milhões, concentrado no vencimento mais curto (2025), de 1,250 milhão. A oferta foi muito superior à de 800 mil da semana passada, com o DV01 (risco para o mercado) saltando de US$ 311 mil para US$ 1,02 milhão, conforme a Necton Investimentos.

Taxas de juros caem com IPCA-15, apesar do tom duro da ata do Copom
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (5)
Neto Paes
Neto Paes 28.09.2022 0:03
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Paulinho Guedes rules 🚀🚀🚀🚀🚀🚀Voto útil no Bolsonaro, dia 2 é 22Os inúteis votem no ladrão. 🖕🤡🖕
Manuel Netto
Manuel Netto 27.09.2022 20:09
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
O primeiro turno é só para deputados e senadores. O terceiro mês com deflação menor que 30% e imposto récorde para o mês.22💀💀
John Luiz
John Luiz 27.09.2022 19:40
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
varejo se lascou mesmo assim .... manipulação do capiroto
José Artur Medina
José Artur Medina 27.09.2022 19:19
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tom duro da ata do copom???Tom duro é elevar os juros!!!
Marcos Alberto De Oliveira Alberto
Marcos Alberto De Oliveira Alberto 27.09.2022 19:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Bolsonaro O mito 🇧🇷👍👍🙏🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷lula ! ladrão cachaceiro vagabundo. bandido ! comunista .
GLAYTON DS
GLAYTON DS 27.09.2022 19:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
"o mito" que tolinho vc.... kkkkkkkkkk
Ronaldo Santos
Ronaldo Santos 27.09.2022 19:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
a falta de educação de um derrotado.
Rui Gonçalves
Rui Gonçalves 27.09.2022 19:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
@marcos, qual a relação do tema com seus comentários?Se tem tanta convicção, abre um artigo e tenha informações concretas para defender a tese.A forma que coloca aqui infelizmente é dos 90% da população, falar aos altos apenas.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail