Últimas Notícias
Investing Pro 0
⏰ Reaja mais rápido ao mercado com notícias em tempo real Iniciar

UE fecha acordo sobre lei que impede importação de bens ligados a desmatamento

Commodities 06.12.2022 21:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters. Vista aérea de área desmatada da floresta amazônia em Mato Grosso 28/07/2021 REUTERS/Amanda Perobelli
 
KC
-1,54%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
CC
+3,09%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
LCc1
-0,08%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
ZS
+0,10%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
DCPc1
-0,62%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar aos favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Kate Abnett e Jake Spring

BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia concordou nesta terça-feira com uma nova lei para impedir que empresas vendam para o mercado da UE commodities ligadas ao desmatamento em todo o mundo, o que poderia atingir o comércio de carne bovina, soja e café.

A lei exigirá que as empresas apresentem uma declaração de diligência mostrando que suas cadeias de suprimentos não estão contribuindo para a destruição de florestas antes de venderem mercadorias para a UE --ou poderão enfrentar multas pesadas.

"Espero que esta regulamentação inovadora dê impulso à proteção das florestas em todo o mundo e inspire outros países", disse o principal negociador do Parlamento Europeu, Christophe Hansen.

O desmatamento é uma das principais fontes de emissões de gases de efeito estufa que impulsionam a mudança climática e estará em foco em uma conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre biodiversidade nesta semana, na qual países buscarão um acordo global para proteger a natureza.

Negociadores de países da UE e o Parlamento Europeu fecharam o acordo sobre a lei nesta terça-feira.

Ela se aplicará à soja, carne bovina, óleo de palma, madeira, cacau e café, e a alguns produtos derivados, incluindo couro, chocolate e móveis. Borracha, carvão e alguns derivados de óleo de palma foram incluídos a pedido dos parlamentares da UE.

As empresas precisarão mostrar quando e onde as commodities foram produzidas e informações "verificáveis" de que não foram cultivadas em terras desmatadas após 2020.

O não cumprimento pode resultar em multas de até 4% do faturamento de uma empresa em um Estado-membro da UE.

Países afetados pelas novas regras, incluindo Brasil, Indonésia e Colômbia, dizem que elas são onerosas e caras. A certificação de fornecimento também é difícil de monitorar, especialmente porque algumas cadeias podem abranger vários países.

No Brasil, o país responsável pelo maior desmatamento, alguns defensores do meio ambiente elogiaram a lei, mas também disseram que ela não foi longe o suficiente. A lei não estendeu a proteção como era esperado a "outras terras arborizadas", mas não são florestas densas e fechadas.

Isso significa que 600 mil quilômetros quadrados do Cerrado --a fronteira de expansão agrícola que mais cresce no Brasil-- não estariam sujeitos à lei, de acordo com o Instituto Cerrados, sem fins lucrativos. Essa é uma área quase tão grande quanto a Ucrânia.

"A União Europeia acha adequado consumir produtos vinculados à perda da savana mais biodiversa do mundo? Isso não parece inteligente", disse Yuri Salmona, diretor do Instituto Cerrados.

A UE disse em um comunicado que verificará se deve adicionar proteções para "outras terras arborizadas" em um ano e outros ecossistemas críticos em dois anos.

Grupos de brasileiros e europeus também criticaram sua exigência de que as empresas provem que respeitam os direitos dos povos indígenas --mas apenas se esses direitos já estiverem legalmente protegidos no país produtor.

Procurado, o Ministério das Relações Exteriores do Brasil respondeu referindo-se a uma declaração anterior de que estava preocupado que a proteção ambiental pudesse ser usada como pretexto para a imposição unilateral de restrições discriminatórias ao comércio. A pasta afirmou que aguarda a publicação do texto integral da lei para uma análise mais aprofundada.

A associação de exportadores de café do país, Cecafé, disse respeitar as preocupações ambientais globais, mas teme que o progresso da indústria em direção à produção sustentável não esteja sendo devidamente reconhecido.

Os países da UE e o Parlamento Europeu precisam agora aprovar formalmente a legislação. A lei pode entrar em vigor 20 dias depois, após os quais as grandes empresas têm 18 meses para se adequar e as pequenas empresas 24 meses.

Os países membros da UE serão obrigados a realizar verificações de conformidade abrangendo 9% das empresas que exportam de países com alto risco de desmatamento, 3% de países de risco padrão e 1% de países de baixo risco.

A UE disse que trabalharia com os países afetados para aumentar sua capacidade de implementar as regras.

(Reportagem de Kate Abnett em Bruxelas e Jake Spring em São Paulo; reportagem adicional de Roberto Samora e Ana Mano)

UE fecha acordo sobre lei que impede importação de bens ligados a desmatamento
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (14)
LEANDRO NASCIMENTO
LEANDRO NASCIMENTO 07.12.2022 7:13
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Nao precisamos vender para a europa nao representar quase nada da nossa exportação
LEANDRO NASCIMENTO
LEANDRO NASCIMENTO 07.12.2022 7:12
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Mas e as areas deles que foi tudo desmatado! E eles tem que parar de roubar nossos florestar desfaçado com esse ONGs Bande de VGBD
Guilherme Francisco
Guilherme Francisco 07.12.2022 6:00
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Europa tem que parar de roubar os ipês da Amazônia isso sim.
dh portanova
dh portanova 07.12.2022 5:11
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Estão dando um tiro no próprio pé! Com essa política globalista a Europa está quebrada e vai demorar a se recuperar. Esses representantes da UE são muito ruins em suas decisões! O mundo precisa é reaquecer o mercado global e não restringir novos negócios ou deixar de fortalecer os já existentes acordos comerciais! O mundo ainda não se recuperou da pandemia e estão querendo restrição! Muito burros!
EWERTON MARCUZZO
EWERTON MARCUZZO 07.12.2022 3:32
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Evidentemente que os eua são os mais beneficiados - de novo! - pelas restrições.Rússia não tem mais tanto interesse na europa, haja vista que o futuro está na Asia.
Lucas Luis da Silva
Lucas Luis da Silva 07.12.2022 3:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
A Europa é realmente uma aberração: a França explora colônias pelo África e outros continentes, a Alemanha e outros europeus tem como base energética a queima de carvão. Comparado ao Brasil sua matriz energética polui 10 vezes mais. Já sofrem com dificuldade de obter energia dos russos, e agora dobram a aposta com seus fornecedores de alimentos. Estão querendo o que? Morrer de fome? E essa ONG Cerrados? Querem mais é quebrar o agronegócio brasileiro. É só avaliarem seus financiadores e saberão quais são seus reais interesses.
Acos Aler
Acos Aler 06.12.2022 14:47
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Fiquem tranquilos pessoal o Lula tá chegando pra salvar as mazelas do Brasil com MST, e Índios canhoteiros.
Ivanildo Araújo
Ivanildo Araújo 06.12.2022 14:08
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
SERÁ QUE ELES VÃO SE COLOCAR CONTRA A EXTRAÇÃO DE OURO E OUTROS MINÉRIOS DA AMAZÔNIA?
Marco Antonio Maluf Soler
Marco Antonio Maluf Soler 06.12.2022 14:06
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
deveríamos exigir isso deles também antes de importamos vinhos, queijos e azeites.
Angelo Lattari
Angelo Lattari 06.12.2022 9:43
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
Tem que impedir que os países que aderirem a estas novas leis possuam negócios, fábricas, escritórios de representação, etc, aqui no Brasil !! Já que eles querem endurecer a guerra econômica vamos  também fazer como a Rússia  >>>>>  parar de ter relações econômicas e comerciais e industriais  com eles !!!
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail