📖 Guia da Temporada de Balanços: Saiba as melhores ações escolhidas por IA e lucre no pós-balançoLeia mais

Petrobras indica Melgarejo como diretor financeiro; 4 mulheres integrarão diretoria

Publicado 14.06.2024, 15:57
© Reuters. CEO  da Petrobras, Magda Chambriard, em coletiva de imprensan27/05/2024nREUTERS/Ricardo Moraes
PETR3
-
PETR4
-

Por Marta Nogueira

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A presidente-executiva da Petrobras (BVMF:PETR4), Magda Chambriard, indicou o economista Fernando Melgarejo como novo CFO da estatal, além de mais duas novas diretoras, elevando o número de executivas na alta cúpula da empresa para quatro, informou a companhia em fato relevante nesta sexta-feira.

Melgarejo tem experiência de mais de 37 anos no conglomerado Banco do Brasil (BVMF:BBAS3) e desde 2022 é diretor de Participações da Previ, o fundo de previdência dos funcionários do banco.

O indicado para o cargo de diretor financeiro é ainda integrante do conselho de administração e do Comitê de Auditoria da Neoenergia (BVMF:NEOE3), preside o Conselho de Administração do Grupo Litel e é conselheiro curador da Fundação Banco do Brasil.

A diretoria Financeira e de Relacionamento com Investidores aguardava a indicação de um novo executivo desde o mês passado, com a saída de Sergio Caetano, destituído após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter decidido retirar Jean Paul Prates do comando da estatal.

Com a mudança no comando, o governo deu a Chambriard a missão de acelerar investimentos, em áreas como refino, gás natural e construção naval, considerando que a Petrobras tem o papel de ser impulsionadora de empregos e renda no Brasil.

Chambriard indicou ainda a matemática Renata Baruzzi para liderar a diretoria de Engenharia, Tecnologia e Inovação, e a geóloga Sylvia dos Anjos como diretora de Exploração e Produção.

Elas substituirão os diretores Carlos José do Nascimento Travassos e Joelson Falcão Mendes, que permanecerão nas posições até a aprovação das novas diretoras pela governança corporativa da empresa.

Em nota a clientes, o Goldman Sachs (NYSE:GS) afirmou que a indicação de Melgarejo pode ser considerada como uma surpresa pelos investidores, que falaram positivamente do atual diretor financeiro interino, Carlos Alberto Rechelo.

Por outro lado, a nota do banco elogiou as indicações das duas diretoras, pontuando que são funcionárias de longa data na Petrobras e "destacam sólida formação acadêmica, técnica e profissional (que pode ser considerada positiva pelos investidores)".

O Goldman destacou ainda que a ausência de mudanças na diretoria que cuida de refino "pode sugerir continuidade na política de preços de combustíveis".

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) ressaltou a indicação de mais mulheres para compor a diretoria da Petrobras, afirmando que Sylvia dos Anjos e Renata Baruzzi têm "reconhecida competência".

Elas se juntam a Clarice Coppetti e a Magda Chambriard na diretoria, afirmou a FUP, que destacou ainda Rosângela Buzanelli, representante dos trabalhadores no Conselho de Administração da companhia.

"Uma equipe de mulheres com grande capacidade técnica e sensibilidade humana...", disse o coordenador-geral da FUP, Deyvid Bacelar, em nota, ressaltando que nunca houve tantas mulheres em cargos da alta cúpula da Petrobras, o que mostra também "comprometimento" da gestão com a diversidade de gênero.

Anjos estava aposentada pela Petrobras e tem mais de 42 anos de experiência na área de exploração e produção. Já Baruzzi ingressou na petroleira há 38 anos, onde atualmente gerenciava área de Gestão Integrada da Logística.

Foram as primeiras mudanças realizadas por Chambriard na diretoria executiva da companhia após tomar posse no mês passado.

© Reuters. CEO  da Petrobras, Magda Chambriard, em coletiva de imprensa
27/05/2024
REUTERS/Ricardo Moraes

A Petrobras não indicou nesta sexta-feira mudanças para os diretores Mauricio Tolmasquim (Transição Energética), Claudio Schlosser (Comercialização), Mario Spinelli (Governança), William França (Processos industriais) e Clarice Coppetti (Assuntos Corporativos).

Mas afirmou no fato relevante que "demais eventuais indicações serão comunicadas tempestivamente ao mercado".

(Por Marta Nogueira)

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.