🚀 Ações escolhidas por IA em alta. PRFT com alta de +55% em 16 dias. Não perca as ações de junho!Acessar lista completa

Dada a largada na temporada de balanços americana, o que esperar?

Publicado 12.04.2024, 18:30
© Investing.com
US500
-
BAC
-
GS
-
GOOGL
-
AMZN
-
MS
-
PG
-
UAL
-
NFLX
-

Investing.com – A temporada de balanços americana teve início na última sexta-feira (12), com a divulgação de indicadores financeiros de grandes instituições financeiras como JPMorgan Chase & Co (NYSE:JPM), Wells Fargo (NYSE:WFC), Citi (NYSE:C) e BlackRock (NYSE:BLK). Na semana de 15 a 19 de abril, outros nomes de destaque apresentam dados, como Goldman Sachs (NYSE:GS), Bank of America (NYSE:BAC), Morgan Stanley (NYSE:MS), United Airlines (NASDAQ:UAL), Netflix (NASDAQ:NFLX) e Procter & Gamble Company (NYSE:PG).

CONFIRA: Calendário da Temporada de balanços

“Os bancos iniciaram na sexta de manhã a temporada de balanços apresentando um panorama misto. Apesar de crescimento de LPA (lucro por ação) em média acima do esperado até agora, a expectativa da manutenção da taxa de juros na casa dos 5,5% ao menos até junho levou a uma reprecificação dos lucros futuros, sob a expectativa de menores lucros no segmento de bancos de investimento”, avalia Thomas Monteiro, estrategista-chefe do Investing.com.

Monteiro afirma que investidores devem estar atentos não apenas aos números reportados agora, mas, principalmente, ao chamado future guidance (orientação futura). “Em ambientes assim, não é raro ver empresas batendo expectativas em todos os bottom-lines, mas caindo devido a um guidance negativo”.

Monteiro acredita que a temporada deve ser razoável para boa na média para as empresas listadas em Wall Street, mas “certamente longe do crescimento médio de lucros na casa dos dois dígitos tal qual reportado no último quarto”, indicando algo próximo de 5% frente ao ano anterior para as empresas do S&P 500. Entre os motivos, estariam uma base de comparação forte e dificuldades em segmentos como construção e energia, que devem ver quedas mais aprofundadas, em sua visão.

Tecnologia e comunicações devem apresentar maiores crescimentos de lucros, em meio ao boom de inteligência artificial (IA) e crescente atividade de M&As, mas o estrategista considera que haverá mais escrutínio sobre os lucros relacionados a AI diante de robustos investimentos realizados.

Quer saber quais ações americanas para adicionar no portfólio e bater os mercados? Assine o InvestingPro e tenha acesso a preço-justo estimado para milhares de ações, além de carteiras recomendadas para que seus ganhos sejam superiores aos índices! Assine com até 40% OFF e tenha um desconto adicional com o cupom INVESTIR.

Entre os fatores que pesaram na última temporada de balanços e que merecem atenção redobrada nesta, ainda conforme Monteiro, estão a falta de crescimento no mercado de publicidade e o achatamento da curva de crescimento da demanda por veículos elétricos.

“No primeiro, é provável que os juros persistentemente altos obriguem empresas de largo porte como Google (NASDAQ:GOOGL) e Amazon (NASDAQ:AMZN) a buscarem ainda mais diversificação nos seus portfólios de oferta. No segundo, corremos o risco de ver a corrida por inovação no segmento jogada para ainda mais longe devido a um achatamento de margens geral”, conclui o especialista.

Segundo o Bank of America (BofA), o foco dos investidores agora se volta para os lucros, diante de um cenário macroeconômico considerado misto, mas com tendências mais positivas frente ao quarto trimestre, e expectativas baixas. Os estrategistas do banco estimam uma batida nos lucros de 4%.

O foco estará direcionado à demanda, com possível alta nos lucros impulsionados possivelmente por maiores volumes, de acordo com o BofA, além da alavancagem operacional.

“Acreditamos que a próxima etapa do ciclo ascendente de lucros será liderada pelo volume. A alavancagem operacional deverá impulsionar ainda mais as margens à medida que demanda se recupera”, mencionando como possíveis beneficiados setores como energia, consumo discricionário, industriais, tecnologia e materiais.

“Embora a economia de serviços esteja a mostrar sinais de fraqueza (por exemplo, restaurantes), a normalização dos gastos com bens versus serviços é uma configuração saudável para os lucros”, completam.

Os analistas do Bank of America enxergam um ciclo de investimentos saudável à frente tanto de IA quanto de outros megaprojetos, além de melhoria na expansão de dividendos nesta temporada, mencionando início de dividendos de empresas de tecnologia.

Fôlego renovado?

Após pressões no mercado acionário com dados de inflação nos Estados Unidos acima do esperado e uma série de revisões de instituições financeiras sobre o início do ciclo de cortes de juros pelo Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos Estados Unidos), investidores estão em busca de novos catalisadores.

O Goldman Sachs espera que os resultados corporativos, sustentados por um crescimento econômico robusto americano, devem ser o principal propulsor para as ações. O GS avalia que companhias que possuem com maior alavancagem operacional tendem a ter uma expansão mais acelerada de seus lucros, diante de possíveis altas em suas margens de lucro.

**

Precisa de ajuda para navegar nos mercados? InvestingPro é para você!

Seja você busca conquistar orientações sobre investimentos ou procura por ferramentas que permitam escolher as ações corretas do Ibovespa ou dos mercados globais por conta própria, o InvestingPro tem algo a oferecer.

Você encontrará estratégias de IA, indicadores exclusivos, dados financeiros históricos, notícias profissionais e muitos outros serviços para sempre manter uma vantagem nos mercados e saber quais ações comprar e quais evitar.

E os leitores de nossos artigos têm por tempo limitado um desconto especial nas assinaturas Pro e Pro+ de 1 e 2 anos, graças ao código promocional INVESTIR a ser inserido na página de pagamento.

Inscreva-se agora! E não esqueça o código promocional "INVESTIR", válido para assinaturas Pro e Pro+ de 1 e 2 anos!

Recursos do InvestingPro - Use o cupom INVESTIR para um desconto adicional



Veja como aplicar o cupom no vídeo abaixo:

Últimos comentários

Instale nossos aplicativos
Divulgação de riscos: Negociar instrumentos financeiros e/ou criptomoedas envolve riscos elevados, inclusive o risco de perder parte ou todo o valor do investimento, e pode não ser algo indicado e apropriado a todos os investidores. Os preços das criptomoedas são extremamente voláteis e podem ser afetados por fatores externos, como eventos financeiros, regulatórios ou políticos. Negociar com margem aumenta os riscos financeiros.
Antes de decidir operar e negociar instrumentos financeiros ou criptomoedas, você deve se informar completamente sobre os riscos e custos associados a operações e negociações nos mercados financeiros, considerar cuidadosamente seus objetivos de investimento, nível de experiência e apetite de risco; além disso, recomenda-se procurar orientação e conselhos profissionais quando necessário.
A Fusion Media gostaria de lembrar que os dados contidos nesse site não são necessariamente precisos ou atualizados em tempo real. Os dados e preços disponíveis no site não são necessariamente fornecidos por qualquer mercado ou bolsa de valores, mas sim por market makers e, por isso, os preços podem não ser exatos e podem diferir dos preços reais em qualquer mercado, o que significa que são inapropriados para fins de uso em negociações e operações financeiras. A Fusion Media e quaisquer outros colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo não são responsáveis por quaisquer perdas e danos financeiros ou em negociações sofridas como resultado da utilização das informações contidas nesse site.
É proibido utilizar, armazenar, reproduzir, exibir, modificar, transmitir ou distribuir os dados contidos nesse site sem permissão explícita prévia por escrito da Fusion Media e/ou de colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo. Todos os direitos de propriedade intelectual são reservados aos colaboradores/partes fornecedoras de conteúdo e/ou bolsas de valores que fornecem os dados contidos nesse site.
A Fusion Media pode ser compensada pelos anunciantes que aparecem no site com base na interação dos usuários do site com os anúncios publicitários ou entidades anunciantes.
A versão em inglês deste acordo é a versão principal, a qual prevalece sempre que houver alguma discrepância entre a versão em inglês e a versão em português.
© 2007-2024 - Fusion Media Limited. Todos os direitos reservados.