Últimas Notícias
Investing Pro 0
OFERTA Cyber Monday: Até -54% no InvestingPro+ GARANTA A OFERTA

Vale acerta ao traçar plano de longo prazo para divisão de Metais Básicos, diz BTG

Ações 08.09.2022 11:56
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.
 
Copper
+0,10%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
BVSP
-0,18%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
VALE3
+0,49%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
DCIOF3
+0,55%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
BPAC11
-0,61%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Ana Beatriz Bartolo

Investing.com - O BTG Pactual (BVMF:BPAC11) observa com bons olhos a atenção que a Vale (BVMF:VALE3) planeja direcionar para a divisão de Metais Básicos nos próximos anos, com o objetivo de atender a tendência de aumento sobre a demanda desses produtos. Apesar dos detalhes sobre como esse segmento será desenvolvido, o valor potencial que pode ser desbloqueado pela empresa é interessante, segundo o banco digital.

Às 11h50, as ações da Vale subiam 0,20%, a R$ 63,80. No mesmo horário, o Ibovespa ganhava 0,09%, a 110.861 pontos. 

A visão da Vale sobre Metais Básicos foi compartilhada durante o Investor and Analyst Tour da companhia em Sudbury, Canadá.

Segundo o BTG, a administração da Vale vê a divisão de Metais Básicos como “altamente desvalorizada” pelo mercado no momento. No momento, a empresa estuda formas de destravar valor na unidade, mas ainda não decidiu o modelo.

A ideia é transformar a divisão na plataforma de crescimento da Vale, com o negócio de minério de ferro continuando a ser a “vaca leiteira” da empresa. Por um lado, o BTG aponta que a empresa precisará acelerar o Capex para suas iniciativas de crescimento em metais básicos, ao mesmo tempo que os investidores também continuarão exigindo dividendos da Vale. 

“Em nossa visão, considerando um Ebitda de US$ 4,5 bilhões e um múltiplo EV/Ebitda de 7x (hipotético), o negócio de Metais Básicos seria avaliado em US$ 31,5 bilhões, com potencial de desbloquear  aproximadamente US$ 15 bilhões em valor (25% do valor de mercado atual), dado o múltiplo implícito de 3,5x nas ações da Vale”, calcula o BTG.

O banco digital considera a divisão de Metais Básicos como “um ativo único no mundo, pronto para alavancar as tendências de transição energética e sendo amplamente subvalorizado pelo mercado neste momento”.

O BTG mantém a indicação de compra sobre a Vale, com preço-alvo em US$ 25 nas ADRs negociadas nos Estados Unidos. 

Projeções para o mercado de Metais Básicos

A Vale estima que a demanda de níquel cresça de 4Mpta em 2021 para até  6,2Mtpa até 2030, o que será impulsionado principalmente pelo aumento na demanda de baterias para carros elétricos, crescendo a um CAGR de 24%. 

Além disso, a  Vale prevê um déficit relevante de 500-600ktpa nos mercados de níquel até 2030, já que não haverá oferta suficiente para atender a toda a demanda do mercado de baterias.

Sobre o crescimento de cobre, a Vale projeta que a demanda deve passar de 30Mtpa em 2021 para  37Mtpa até 2030, o que será amplamente impulsionado pelo crescimento das vendas de veículos elétricos (2021-2030 CAGR de 19,4%), mas também pelo aumento da produção de energia renovável (10% CAGR).

O déficit estimado pela Vale é de 3-4Mtpa para os mercados de cobre até 2030.

Tese de Investimentos: Vale a pena investir na Vale (VALE3)?

Guidance da Vale

Em relação às operações da Vale, o guidance da empresa aponta que a produção de níquel deverá atingir 230-245ktpa no médio prazo entre três e cinco anos, e no longo prazo, deve ficar próximo dos 300ktpa.

Os custos all-in do níquel, após os subprodutos e antes da sustentação, devem ficar em média US$ 12.300/t em 2022, mas devem cair para US$ 10.000/t no médio prazo. 

Já sobre o cobre, a produção está prevista em 390-420kt no médio prazo e 900ktpa no longo prazo. Os custos all-in de cobre estão estimados em US$ 4.000/t para 2022, mas também devem cair para US$ 2.300/t no médio prazo. 

Assumindo 220ktpa de produção de níquel e 420ktpa de produção de cobre, a Vale vê o Ebitda para os negócios da divisão de metais básicos variando de US$ 3,3-5,7 bilhões, com os preços do cobre variando de US$ 7.000-10.000 e níquel em US$ 18.000-20.000.

Vale acerta ao traçar plano de longo prazo para divisão de Metais Básicos, diz BTG
 

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
Comentários (1)
Aurino Silva Reis
Aurino Silva Reis 08.09.2022 12:14
Salvo. Ver Itens salvos.
Este comentário já foi salvo nos seus Itens salvos
VALE É VALE. OUTRO PATAMAR...
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail