Últimas Notícias
0
Versão sem anúncios. Atualize sua experiência no Investing.com. Economize até 40% Atualize já

Petróleo cai pouco apesar de crescimento dos estoques

Commodities 22.07.2020 17:02
Salvo. Ver Itens salvos.
Este artigo já foi salvo nos seus Itens salvos
 
© Reuters.
 
LCO
-1,86%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 
CL
-1,83%
Adicionar/Remover de uma Carteira
Adicionar a uma lista de Favoritos
Adicionar posição

Posição adicionada com êxito a:

Dê um nome à sua carteira de investimento
 

Por Barani Krishnan

Investing.com - Os preços do petróleo caíam muito pouco nesta quarta-feira (22), apesar da inesperada alta nos estoques dos EUA, à medida que os touros avançavam com sua determinação de prolongar o rali de três meses do mercado e alcançar US$ 45 por barril no curto prazo.

“Parece que US$ 45 é a meta para os longos no mercado, embora haja preocupações da comunidade mais ampla de que, à medida que os preços subirem, veremos as perfuradoras norte-americanas voltando aos campos para aumentar a produção, já maior pela Opep a partir do próximo mês”, disse Gene McGillian, analista da Tradition Energy em Stamford, Connecticut.

"Se tivermos outra contenção econômica por causa da nova onda de infecções de coronavírus, certamente poderemos estar exagerando a esses preços".

O West Texas Intermediate, referência para o mercado futuro de petróleo nos EUA negociado em Nova York, caía apenas 11 centavos de dólar, a US$ 41,81 por barril. O índice chegou a cair 78 centavos de dólar no início da sessão, para US$ 41,14. Na terça-feira, o WTI atingiu uma máxima de quatro meses em US$ 42,40.

O Brent, referência mundial em petróleo negociada em Londres, caía 9 centavos, para US$ 44,23. O índice chegou a US$ 44,88 na terça-feira, máxima desde março.

O petróleo está em rali há três meses, passando de quase US$ 40 negativos para US$ 40 positivos.

A tendência de alta se manteve com os touros focados na recuperação da demanda por gasolina desde o levantamento dos bloqueios da Covid-19 em maio, apesar das ameaças de novas restrições por outra onda do vírus, que já infectou 4 milhões de norte-americanos e matou pelo menos 145.000 .

Além disso, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), liderada pela Arábia Saudita, e seus aliados, liderados pela Rússia, retirarão de agosto cerca de 2 milhões de barris dos 9,6 milhões de barris por dia dos cortes de produção cumpridos desde maio.

A queda nos preços de quarta-feira ocorreu depois que a Administração de Informação de Energia informou que os estoques de petróleo dos EUA cresceram em 4,9 milhões de barris na semana encerrada em 17 de julho. Os analistas esperavam uma queda de 2 milhões de barris.

O EIA disse que a alta no estoque ocorreu porque as importações de petróleo subiram em 373.000 barris na semana passada, enquanto as refinarias processaram menos petróleo em produtos combustíveis, como gasolina e diesel. O aumento reverteu em 67% a queda de 7,5 milhões de barris relatado pela EIA durante a semana terminada em 10 de julho.

O petróleo armazenado nas instalações de Cushing, Oklahoma, cresceu em 1,37 milhão de barris na semana passada, muito acima das expectativas de uma alta de 769.000 barris.

Do lado dos combustíveis, os estoques de destilados, em grande parte compostos por diesel, aumentaram em 1,1 milhão de barris em comparação com as expectativas de uma queda de 618.000 barris. Esse crescimento também anulou a queda da semana anterior de 453.000 barris.

Mas os estoques de gasolina caíram em 1,8 milhão de barris, estendendo a queda de 3,1 milhões da semana anterior e superando as previsões de um declínio de 1,4 milhão.

Além dos estoques, a produção de petróleo nos EUA subiu pela primeira vez em cinco semanas, crescendo cerca de 100.000 barris por dia na semana passada, atingindo 11,1 milhões de barris por dia.

Petróleo cai pouco apesar de crescimento dos estoques
 

Artigos Relacionados

Aneel mantém bandeira tarifária verde para outubro
Aneel mantém bandeira tarifária verde para outubro Por Reuters - 30.09.2022

(Reuters) - A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) informou nesta sexta-feira que a bandeira tarifária de outubro será verde, ou seja, sem cobrança adicional sobre o...

Adicionar comentário

Diretrizes para Comentários

Nós o incentivamos a usar os comentários para se engajar com os usuários, compartilhar a sua perspectiva e fazer perguntas a autores e entre si. No entanto, a fim de manter o alto nível do discurso que todos nós valorizamos e esperamos, por favor, mantenha os seguintes critérios em mente:

  • Enriqueça a conversa
  • Mantenha-se focado e na linha. Só poste material relevante ao tema a ser discutido.
  • Seja respeitoso. Mesmo opiniões negativas podem ser enquadradas de forma positiva e diplomática.
  • Use estilo de escrita padrão. Incluir pontuação e letras maiúsculas e minúsculas.
  • NOTA: Spam e/ou mensagens promocionais ou links dentro de um comentário serão removidos.
  • Evite palavrões, calúnias, ataques pessoais ou discriminatórios dirigidos a um autor ou outro usuário.
  • Somente serão permitidos comentários em Português.

Os autores de spam ou abuso serão excluídos do site e proibidos de comentar no futuro, a critério do Investing.com

Escreva o que você pensa aqui
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
Postar também no :
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Obrigado pelo seu comentário. Por favor, note que todos os comentários estão automaticamente pendentes, em nosso sistema, até que aprovados por nossos moderadores. Por este motivo, pode demorar algum tempo antes que o mesmo apareça em nosso site.
 
Tem certeza que deseja excluir este gráfico?
 
Postar
 
Substituir o gráfico anexado por um novo gráfico?
1000
A sua permissão para inserir comentários está atualmente suspensa devido a denúncias feitas por usuários. O seu status será analisado por nossos moderadores.
Aguarde um minuto antes de tentar comentar novamente.
Anexar um gráfico a um comentário
Confirmar bloqueio

Tem certeza de que deseja bloquear %USER_NAME%?

Ao confirmar o bloqueio, você e %USER_NAME% não poderão ver o que cada um de vocês posta no Investing.com.

%USER_NAME% foi adicionado com êxito à sua Lista de bloqueios

Já que acabou de desbloquear esta pessoa, você deve aguardar 48 horas antes de bloqueá-la novamente.

Denunciar este comentário

Diga-nos o que achou deste comentário

Comentário denunciado

Obrigado!

Seu comentário foi enviado aos moderadores para revisão
Cadastre-se com Google
ou
Cadastre-se com o e-mail